Alergia causada por insetos: o que fazer

É muito comum pessoas de todas as idades apresentarem alergia a picadas de insetos. Por isso, separamos os principais agentes causadores e as manifestações…

Por Editorial MDT em 13/03/2012

As alergias causadas por picadas de insetos podem ser leves, aprensentando uma simples coceira local.

É muito comum pessoas de todas as idades apresentarem alergia a picadas de insetos. Por isso, separamos os principais agentes causadores e as manifestações clínicas para que você possa lidar com essa situação tão comum.

☰ CONTEÚDO

1. Picada de hematófagos

Denominamos hematófagos os insetos que são sugadores, ou seja, ao picar, se alimentam do sangue da pessoa, inoculando no local da picada substâncias que podem desencadear reações alérgicas. Os mais comuns causadores desse incômodos são:

  • Pernilongos;
  • Pulgas;
  • Borrachudos;
  • Mosquito palha;
  • Mutucas;
  • Mosquito pólvora.

Na maioria das vezes, a localização das lesões dependerá do inseto responsável pela picada. Geralmente, os mosquitos provocam lesões em áreas expostas, como pernas, braços e face. Já as pulgas atingem as áreas cobertas como abdômen, nádegas e tronco.

Independente do local, a pessoa acometida poderá apresentar uma coceira local intensa, podendo, em alguns casos, levar a infecção da ferida, devido ao ato de coçar.

Diagnóstico

Nem sempre será possível determinar qual o inseto responsável pelo problema lesão através do exame clínico. Assim, para que haja um diagnóstico eficaz, o médico poderá solicitar alguns exames, como o teste alérgico e IgE específico.

Tratamento

O tratamento da alergia a picada do inseto hematófago se baseia em três critérios: a prevenção, o combate as manifestações e o combate a reação do organismo. Sabendo disso, conheça mais detalhado cada um deles.

  • Prevenção
    • Usar repelentes e inseticidas;
    • Usar telas em janelas;
    • Deixar os animais livres de pulgas;
    • Eliminar águas paradas.
  • Sintomático
    • Antihistamínico – antialérgico;
    • Limpar as lesões com soluções que previnem infecções (antissépticos).
  • Imunoterapia
    • Utilizados para diminuir a evolução da alergia.

O repelente é uma ótima maneira de manter os mosquitos longe.

2. Picada de himenópteros

Os himenópteros são os insetos capazes em inocular o veneno, responsáveis pela reação alérgica. Entre eles, podemeos citar:

  • Vespas;
  • Abelhas;
  • Formigas;

De forma geral, a reação alérgica à picada dependerá de cada individuo, levando em consideração a quantidade do veneno inoculado. As reações podem variar de simples irritações locais, até um choque anafilático.

Diagnóstico

Na maioria das vezes é possível diagnosticar o tipo de inseto responsável pela picada tendo como base a história clínica do paciente. Porém, quando isso não é possível, o médico pode dispor de testes cutâneos, assim como pesquisa de IgE específica ao veneno.

Tratamento

Como anteriormente mencionado, o tratamento nesse caso também é baseado em três critérios: prevenção, sintomático e imunoterapia.

  • Prevenção
    • Evitar locais com grande quantidade de insetos;
    • Evitar andar descalço;
  • Sintomático
    • Retirar o ferrão;
    • Usar corticoide;
    • Antihistamínicos;
  • Imunoterapia
    • Deve ser utilizada caso a reação esteja grave. 

Como proceder?

Muitas pessoas já sofreram com picadas de insetos, porém nem todas apresentam reações alérgicas graves. A atitude mais importante a se tomar diante de uma situação como essa é avaliar o grau de evolução. Caso a pessoa já tenha histórico de reações alérgicas graves, o ideal é procurar um pronto atendimento o mais rápido possível, pois a vida da pessoa pode estar em risco.

A melhor prevenção é evitar a picada do mosquito.

Top