Alergia a corantes de alimentos: sintomas, como tratar

Todo mundo acaba comendo algumas guloseimas, especialmente as industrializadas, como salgadinhos, biscoitos, sucos, sorvete, balas, goma de mascar e muitas outras. A indústria alimentícia…

Por Editorial MDT em 27/10/2013

Todo mundo acaba comendo algumas guloseimas, especialmente as industrializadas, como salgadinhos, biscoitos, sucos, sorvete, balas, goma de mascar e muitas outras. A indústria alimentícia tem se empenhado para agradar os gostos de um mercado cada vez mais exigente e é praticamente impossível excluir totalmente os alimentos industrializados do cardápio.

Os corantes alimentares são utilizados há décadas pela indústria alimentícia. (Foto: divulgação)

Uma forma simples, porém muito eficiente de deixar os produtos muito mais atrativos é através da adição de corantes, que tornam os alimentos industrializados mais atraentes aos olhos. O problema é que muitas pessoas podem ser intolerantes a esse tipo aditivo alimentar. Saiba mais sobre o assunto e conheça os sintomas e como tratar alergia a corante de alimentos.

Os corantes e as reações alérgicas

Os corantes alimentares são aditivos que utilizados há muito tempo pela indústria de alimento. Eles fazem parte de uma estratégia para deixar os produtos mais agradáveis ao consumidor, afinal de contas seria muito estranho tomar um suco de morango de cor amarelada, ou comer um salgadinho de milho de tonalidade marrom. Os corantes servem para deixar os alimentos e bebidas mais realistas e atrativos.

Infelizmente, entre todos os diferentes aditivos alimentares (corantes, conservantes e adoçantes), os corantes são os que mais causam problemas de saúde, principalmente desencadeando reações alérgicas.

Os alimentos coloridos se tornam muito mais atraentes. (Foto: divulgação)

Sinais e sintomas de reações alérgicas

A tartrazina, corante responsável por conferir uma coloração amarela aos alimentos e que pode estar cifrada no rótulo sob o código INS 102, é um dos corantes que mais causam problemas. Entre os principais sintomas de reação alérgica é possível destacar o inchaço, especialmente em volta dos lábios e olhos, mas que também pode afetar toda face, além do aparecimento de placas vermelhas pelo corpo, acompanhadas de coceira intensa.

Casos mais graves podem evoluir com sintomas importantes, como a falta de ar e dificuldade para respirar, decorrentes do edema de glote ou do comprometimento das próprias paredes das vias respiratórias. Em casos extremos ainda pode haver queda da pressão arterial, que pode resultar em morte.

Como tratar

A primeira medida para tratar pessoas alérgicas a corantes é evitar todo e qualquer produto que contenha o aditivo capaz de desencadear e reação. Infelizmente identificar o agente causador do problema não é uma tarefa fácil, e evitar o consumo de todos os produtos que contenha corante é praticamente impossível.

Até descobrir quais as cores de alimentos industrializados que devem ser evitadas, é possível fazer uso de medicação antialérgica por via oral, que geralmente é suficiente para tratar a grande maioria dos casos.

Situações mais graves, em que é possível perceber o acometimento do sistema respiratório, é fundamental procurar auxílio médico imediato, uma vez que esse tipo de reação pode evoluir de gravidade muito rapidamente e necessita do uso de medicação específica.

Os sintomas de alergia alimentar podem ser variados. (Foto: divulgação)

A alergia a corantes alimentares é um dos problemas causados pela maciça industrialização dos alimentos. Vale a pena conhecer os principais sintomas desse tipo de problema e assim tentar identificar o possível agente desencadeador do processo alérgico.

Top