Album ‘Back to black de Amy Winehouse é o Mais Vendido do Século

O Album ‘Back to black’ de Amy Winehouse é o mais vendido do século, segundo informações da Official Chart Company, empresa da Inglaterra que…

Por Redacao em 01/09/2011

O Album ‘Back to black’ de Amy Winehouse é o mais vendido do século, segundo informações da Official Chart Company, empresa da Inglaterra que reúne as listas dos mais comercializados no Reino Unido. No dia 24 de agosto, foi verificado que o disco bateu a marca de 3,26 milhões de cópias. Até então, o título estava nas mãos de James Blunt, com seu cd Back to Bedlam, de 2005, que marcou a vendagem de 3,25 milhões e fora lançado um ano antes do disco dela.

Após a morte da cantora no dia 23 de julho deste ano, ‘Back to Black’ permaneceu em primeiro lugar das paradas de sucesso durante três semanas. O reconhecimento póstumo não para e esse dado do álbum ‘Back to black’ de Amy Winehouse ser o mais vendido do século só vem a confirmar isso.

As vendas desse álbum de Amy Winehouse já passaram a marca de 15 milhões de cópias no mundo inteiro. Em 2007, o disco foi escolhido como o álbum do ano e em fevereiro de 2008, levou a cantora a ser a primeira intérprete da Inglaterra a ganhar cinco Grammys.

Amy Jade Winehouse nasceu em Londres, no dia 14 de setembro de 1983. Além de cantora, ela era também compositora. Sua carreira começou no ano de 2003 com o single, Stronger Than Me, que atingiu a 71ª colocação na UK Singles Chart. Ele foi feito para fomentar seu primeiro disco, Frank, divulgado no dia 20 de outubro do mesmo ano.

Seu segundo álbum, Back to Black, hoje considerado o mais vendido do século, foi lançado no dia 6 de outubro de 2006, esse por sua vez com muito sucesso: ficou em 2º lugar na Billboard 200 e em 1º na UK Albums Chart. No Brasil e na França, por exemplo, ele obteve o certificado de diamante, que quer dizer que alcançou a marca de 1 milhão de cópias vendidas nos dois países.

No ano de 2008, Amy passou por diversas dificuldades relacionadas a sua saúde e ainda com a polícia, já que a cantora foi flagrada pelo jornal britânico The Sun consumindo crack. No mesmo ano, foi internada em uma clínica de recuperação de dependência química e também foi presa duas vezes por estar dirigindo alcoolizada e por agressão. Foi muito tempo envolvida com drogas e bebida e no ano de 2010, a cantora voltou a fazer tratamento, afastando-se um pouco do mundo da música.

No dia 23 de julho deste ano, Amy Winehouse foi encontrada morta em seu apartamento em Londres, por motivos que ainda não conhecidos. As últimas informações divulgadas pela família da cantora são de que não foram encontradas substâncias ilícitas nos exames feitos no corpo dela, apenas a presença de álcool. Deixou para trás uma carreira de sucesso e ainda muitas oportunidades de vencer a dependência das drogas. Por esse motivo, seu pai prometeu lutar contra as drogas abrindo um centro de reabilitação de desintoxicação, o que vai ajudar muita gente. Fãs de diversas partes do mundo estiveram na capital britânica para homenageá-la após a sua morte.

Top