Ajude a Preservar a Memória com Alguns Alimentos

Nos dias de hoje em que bem estar e qualidade de vida estão no topo da lista de prioridades, nunca foi tão importante pensar nos alimentos consumidos no dia-a-dia. Nos últimos anos, o poder da alimentação foi um dos temas mais pesquisados e discutidos: nunca o ato de comer recebeu tanta atenção. Com inúmeros benefícios, as pessoas nunca pareceram tão animadas em tentar cuidar da própria saúde e melhorar sua qualidade de vida com algo além de remédios e suplementos de vitaminas.

Uma dessas melhorias tão desejadas tem a ver com a nossa memória. A ingestão de alguns alimentos dá uma ajuda e tanto para o nosso cérebro: alguns destes nutrientes tem até ação garantida na melhora do mal de Alzheimer. E quando mais cedo a pessoa for ao adotar uma dieta com tais elementos, a tendência é de que ela possa estar mais protegida com o decorrer dos anos.

Alimentos para o seu cérebro:

Uma boa alimentação para sua memória deve incluir:

– Gema de ovo: De acordo com a Revista Saúde, ela é riquíssima em colina – substância que participa da formação de novos neurônios e que ajuda na reparação de células cerebrais danificadas. – e também é a matéria-prima da acetilcolina, que se mostra fundamental para aprendizagem e memória. Uma única gema tem aproximadamente 130 mg de colina. O ovo também é fonte de proteínas e oferece muitas vitaminas do complexo B, que agem facilitado a comunicação entre os neurônios.

Peixes: Sobre eles a Revista Saúde informa que sua composição rica em ômega-3 melhora e preserva as funções cerebrais. Ainda ajudam com o fornecimento da vitamina D, que contribui com a renovação dos neurônios. Os melhores benefícios estão nos peixes de águas frias, como o caso do salmão, sardinha, atum anchova, arenque e cavala.

Maçã, kiwi, pêssego, uva e cebola: Segundo a revista Ana Maria o que eles tem a oferecer a memória é a fisetina. Essa substância tem o poder de favorecer o amadurecimento dos neurônios e estimular os mecanismos do cérebro associados a memória.

Frutas vermelhas e amarelas: Ricas em antioxidantes, elas combatem radicais livre e ajudam na memória por combater o envelhecimento celular. Amora, pitanga, morango, framboesa, tomate e melancia devem ter lugar garantido no seu cardápio assim como a cenoura, abóbora, manga e pêssego.

– Vegetais de folhas escuras: a Revista Saúde explica que estas são as principais fontes de ácido fólico, que é importantíssima na gravidez para a formação do sistema nervoso do feto e ainda ajudam a regular a conexão entre as células nervosas. Sem contar que são outros alimentos com boas doses de antioxidantes. Portanto coloque brócolis e espinafre na sua lista de compras.

Cereais integrais:  o mesmo veículo explica que grãos como aveia, arroz integral, cevada e massas a base de trigo integral são ricos com vitaminas do complexo B – como ácido fólico e vitamina B6, que possibilitam a troca de informações entre os neurônios.

E então? Pronto para encher seu carrinho de compras? Provavelmente sim, mas lembre-se que uma boa alimentação acima de tudo deve ser equilibrada. Não adianta se entupir com refeições sem planejamento. Pratique o equilíbrio e deixe todo o seu corpo se beneficiar de uma boa alimentação.

Reply