Adega em casa, como montar

Com o aumento no número de apreciadores de vinhos pelo Brasil, surge a necessidade de montar uma adega em casa. O espaço tem como…

Por Isabella Moretti em 15/03/2012

Você não precisa ter um porão para montar a sua adega em casa.

Com o aumento no número de apreciadores de vinhos pelo Brasil, surge a necessidade de montar uma adega em casa. O espaço tem como objetivo garantir o bom armazenamento das garrafas de bebida, preservando o sabor e o aroma. Em alguns casos, a adega se transforma em uma área descontraída dentro de casa, sendo perfeita para receber os amigos.

Ter adega em casa é um sonho que pode se tornar realidade e nem requer tanto dinheiro como se imagina. Há possibilidades de projetos para todos os bolsos e gostos, que levam em conta principalmente o espaço disponível na residência para montar a nova divisão ou ‘cantinho’ de convivência.

O imóvel não precisa ter um porão para que a adega seja projetada, muito pelo contrário, ela pode ser montada até mesmo no corredor residencial. Atualmente a área para armazenar vinhos apresenta dimensões menores, de até mesmo um metro quadrado. As versões mais compactas acompanham as novidades que surgem no mercado e agregam novas tecnologias

☰ CONTEÚDO

Dicas para montar adega em casa

Adega compacta, instalada em um cantinho da sala.

Um lugar para a adega

O primeiro passo para construir uma adega em casa é escolher o lugar. Prefira uma área convidativa e acessível para esta nova divisão, afinal, a armazenagem de vinhos no porão já se transformou em coisa do passado. A adega climatizada é montada principalmente em espaços integrados, sendo complemento para a sala de jantar ou estar.

É importante ressaltar que a adega não pode ficar em um ambiente que atrapalhe o seu funcionamento, como por exemplo, um lugar exposto ao sol e vulnerável ao calor. Temperaturas elevadas interferem na refrigeração das bebidas. Na montagem de um espaço aconchegante que inclui lareira, é preferível instalar a adega com pelo menos 50 centimetros de distância por causa do calor.

O tipo de adega ideal

Antes de elaborar o projeto da adega, é importante conhecer quais os tipos possíveis e seus respectivos sistemas de funcionamento. A adega climatizada aparece como a melhor opção para adequar a temperatura e conservar os vinhos sem oscilações.

O sistema de climatização é favorável, por exemplo, para o morador que planeja montar a adega em um cantinho vago na sala de estar. Para não precisar interferir na temperatura de toda área social, recomenda-se um armário refrigerado planejado. Existem também pequenas adegas climatizadas disponíveis a venda nas lojas, com preços mais acessíveis do que uma peça sob medida.

Adega climatizada

As garrafas de vinho precisam ser mantidas na temperatura ideal, ou seja, de 15 e 18 graus célsius para os tintos e entre 10 e 12 graus para os brancos. A posição horizontal das garrafas também ajuda a conservar o vinho, que mantém contato direto com a rolha.

Para surpreender os amigos com o seu cantinho de degustação de vinhos, vale a pena apostar em um balcão de madeira e banquetas para garantir boa acomodação a todos.

Agora que você já sabe como montar adega, surpreenda a todos com o seu projeto.

Top