Absorvente interno: mitos e verdades

Absorvente interno: mitos e verdades

Editorial MDT 28/12/2012 Bem Estar

Muitas mulheres utilizam o absorvente interno, devido a sua praticidade. No entanto, a grande maioria delas, possuem dúvidas a respeito do produto, incluindo a sua forma de uso. Devido a isso, conheça alguns mitos e verdades sobre o absorvente interno.

Saiba como utilizar o absorvente interno.

Conheça alguns mitos e verdades sobre o absorvente interno. (Foto: divulgação)

  • O uso do absorvente interno é contraindicado às mulheres virgens – mito

Mulheres que nunca tiveram relação sexual podem usar absorventes internos, sem apresentar nenhum problema. São diversos os tamanhos do produto existentes no mercado que variam conforme o nível do fluxo menstrual (menor, médio e maior), sendo indicado o uso do menor tamanho pelas mulheres virgens, no início da sua utilização.

  • Utilizar o absorvente interno pode incomodar – mito

O absorvente interno permanece alojado na parte superior da vagina que não tem sensibilidade igual à pele. Dessa forma, o seu uso não apresenta nenhum incômodo à mulher. No entanto, caso a mulher apresente algum desconforto, é necessário avaliar a forma de uso, pois ela pode estar utilizando o produto forma incorreta.

  • É proibido dormir com o absorvente interno – mito

É ideal que o absorvente interno seja trocado no mínimo, a cada quatro horas e, no máximo, a cada oito horas, obviamente, a depender do fluxo menstrual. Devido a isso, o uso do absorvente interno durante a noite não é contraindicado.

  • O absorvente pode ser utilizado na praia ou na piscina – verdade

O absorvente interno é muito confortável e conveniente, podendo ser utilizado dentro da água. Além disso, são extremamente úteis para a realização de outras atividades físicas, como spinning e musculação.

O absorvente interno é muito utilizado, devido a sua praticidade. (Foto: divulgação)

  • A mulher pode não encontrar o absorvente interno – mito

Diferente do que muitas pessoas pensam, a vagina não possui comunicação com os órgãos abdominais. Assim, ao colocar o absorvente interno dentro da vagina, ele não tem como extraviar ou se perder no corpo da mulher, sendo seu uso muito seguro.

  • O absorvente interno é anti-higiênico – mito

O absorvente interno é composto por algodão na parte externa e de uma camada de gel, na parte interna. Assim, é importante que a mulher tenha cuidados de higiene, como lavar as mãos, antes de manusear o produto. Uma forma de evitar algum tipo de infecção local.

  • Se a mulher se esquecer de trocar do absorvente, ela pode desenvolver infecção – verdade

É preciso ressaltar que tanto o absorvente interno, quanto o externo devem ser trocados regularmente. Esta atitude evita a produção odores, assim como o desenvolvimento de infecções.

Tanto o absorvente interno, quanto o externo devem ser trocados regularmente. (Foto: divulgação)

O absorvente interno faz parte da realidade de muitas mulheres. Apesar do seu grande uso, existem muitas dúvidas a respeito do produto. Após conhecer um pouco mais sobre os mitos e verdades do absorvente interno, basta utlizá-lo e obter os benefícios da sua praticidade.

Saiba como escolher o absorvente interno.

Outros artigos

Banco Itaú Curitiba Agências

08/09/2010

Banco Itaú Curitiba Agências

Itaú é um banco em que presta serviços bastante eficientes e que também visam sempre ajudar os seus clientes a terem acesso a mais facilidades mediante a algumas...

Minas Shopping Lojas e Telefone

15/07/2015

Minas Shopping Lojas e Telefone

Um shopping além de proporcionar compras para quem visita traz também um pacote que inclui lazer e alegria. O Minas Shopping fica localizado em Belo Horizonte - Mina...