5 maneiras evitar bolhas nos pés

Você está procurando 5 maneiras evitar bolhas nos pés? A maioria das bolhas nos pés resulta da reação da pele a um determinado tipo de atrito…

Você está procurando 5 maneiras evitar bolhas nos pés? A maioria das bolhas nos pés resulta da reação da pele a um determinado tipo de atrito – seja com o sapato, a meia ou até mesmo o chão, caso daqueles que resolvem fazer longos percursos descalços sem estar acostumados. Com o atrito, a epiderme se descola da derme e sobe. O espaço é preenchido por um líquido que escapa dos vasos da derme e, se for incolor, ajuda na cicatrização.

5 maneiras evitar bolhas nos pés - Existem diversas maneiras de cuidar dos seus pés e evitar as doloridas bolhas (Foto: Divulgação)

 5 maneiras evitar bolhas nos pés

Confira abaixo 5 maneiras de evitar bolhas nos pés:

1) Prepare-se antes de longas caminhadas

Antes de sua caminhada, planeje bem para que seus pés estejam intactos e relaxados no dia da partida. Antes de sair de casa, certifique-se de que seus pés estejam limpos e bem acomodados no calçado.

2) Invista num tênis confortável e de qualidade

Dependendo do terreno, é necessário que você utilize calçados de solado mais firme, para que seus pés não fiquem se entortando pelo caminho quando você pisar em pedras, raízes e buracos. Se isso acontecer, é provável que você se canse muito mais rápido e não aprecie o passeio como poderia. Os solados firmes evitam também as torções, dores nas costas e pernas.

Cuide dos seus pés, não use sapatos muito apertados ou desconfortáveis por um longo periodo de tempo (Foto: Divulgação)

3) Cuidado com o tamanho do calçado

Seu calçado deve estar confortável. Isso significa que ele não pode estar justo e nem largo demais. Experimente o calçado e avalie. O ideal é que seus dedos não fiquem colados no bico do calçado, evitando que você ganhe de presente algumas unhas roxas, dedos doloridos e bolhas.

Leia Também:  Pacotes Viagens Carnaval Florianópolis 2016

4) Amarração

Parece coisa boba, mas a amarração faz uma diferença muito grande na hora de evitar bolhas. É importante que seu tornozelo fique bem firme na parte de trás do calçado, evitando que escorregue para frente entrando em atrito em diversas partes do seu pé.

5) Evite meias de algodão
As meias de algodão encharcam facilmente e seguram a umidade. Com as meias úmidas, a pele amolece e permite que a fricção cause bolhas. Abuse das meias de lã ou tecido sintético

 

Compre tênis adequados para para corrida, caminhada ou outros exercícios físicos quando for fazê-los (Foto: Divulgação)

O que não fazer com as bolhas

Além de saber as 5 maneiras evitar bolhas nos pés, é importante saber o que não fazer para piorá-las:

  •  Não estoure a bolha de qualquer maneira. O ideal é que você tenha agulha fina esterilizada ou esterilize-a na hora, furando a bolha e costurando-a com uma linha, também fina, para que a pele não cole e se encha de fluido novamente.
  •  Jamais tire a pele solta. Você criará uma ferida extremamente dolorida e com maior risco de contaminação.
  •  As pomadas ajudam na cicatrização mas não curam de um minuto para outro. Então, em alguns casos, é melhor voltar antes da hora do que sofrer por dias a fio.
  •  Se voltar não for uma opção, coloque um pequeno pedaço de gaze exatamente em cima de onde a bolha se formou e isole tudo com um pedaço grande de esparadrapo. Certifique-se de que o esparadrapo não vai soltar no local de fricção e que não haja costuras e dobras nele. Isole uma área bem maior do que a área da bolha.
  •  Se a bolha estiver suja de lama ou algo semelhante, desinfete-a antes de fazer qualquer curativo e limpe seu calçado por dentro antes de voltar a caminhar.
Leia Também:  Dieta com farelo de aveia

Como tratar bolhas no pé

Veja abaixo algumas dicas para tratar bolhas no pé:

1. Mantenha limpo. Isto é especialmente importante se a bolha rebenta. As bolhas precisam de tempo para sarar e você não quer provocar uma infecção, complicando as coisas ainda mais. Lave as bolhas suavemente com água morna e sabão.

2. Descanse. Se têm uma bolha causada pelos sapatos de correr, experimente sapatos diferentes ou então descanse uns dias ou até mesmo uma semana. Evite a actividade que causou a bolha, dando tempo para se curar. Se você abusar, como eu fiz, não só irá piorar a situação como também fazer com que demore mais tempo a sarar.

3. Acalme com camomila. Pode embeber uma saqueta de chá de camomila em água morna e aplicar na bolha como se fosse uma compressa. Ajuda a acalmar a dor.

Existem diversas receitas caseiras para cuidar dos pés (Foto: Divulgação)

4. Experimente aloé. Aloé vera acalma a pele danificada e ajuda a curar a bolha.

5. Trate com vitamina E Vitamina E ajuda a pele a curar mais rapidamente e previne cicatrizes.

6. Mergulhe. Tome um banho quente com bastantes sais para ajudar a acalmar a bolha, o que também ajuda a reduzir o inchaço, drenando-o naturalmente. Aviso: Se a bolha rebentou, os sais podem provocar ardor!

Top