5 maneiras de evitar enjoos na gravidez

A gestação é um período muito delicado e cheio de expectativas, especialmente para as mamães de primeira viagem, que desconhecem algumas das alterações pelo…

Por Editorial MDT em 06/01/2013

A gestação é um período muito delicado e cheio de expectativas, especialmente para as mamães de primeira viagem, que desconhecem algumas das alterações pelo qual o corpo feminino passará. Mal estar, cansaço e indisposição são alguns dos sintomas mais comuns desse período, isso sem contar nas náuseas, super frequentes e que costumam aparecer entre a 5ª e a 18ª semana gestacional. Confira 5 maneiras de evitar enjoos na gravidez.

Veja dicas de como lidar com os incômodos das gravidez.

As náuseas e vômitos são sintomas comuns entre a quinta e décima oitava semanas. (Foto: divulgação)

Por que os enjoos acontecem

Quase todas as mulheres experimentam a incômoda sensação das náuseas durante a gravidez. Os sintomas variam de intensidade e frequência de uma gestação para outra e é o resultado da junção de diversos fatores como os altos índices de gonadotrofina coriônica humana, que é um hormônio produzido no início da gestação, alterações da motilidade do trato gastrintestinal e aumento na produção de saliva materna.

5 dicas para evitar o enjoo

Alguns cuidados comportamentais podem ajudar a minimizar e até mesmo evitar as náuseas. Confira 5 dicas que ajudam a tornar a gestação menos incômoda.

Comer a cada três horas

Manter o hábito de comer a cada três horas é recomendado por diversos motivos. Em primeiro lugar esse costuma faz com que o organismo se habitue a receber alimento em horários pré-estabelecidos e, principalmente, evita os exageros durante as principais refeições. Quanto menos comida o estômago precisa digerir, mais rápido ele fica vazio e menores serão as náuseas e chances de vomitar.

O ideal é comer refeições leves e fracionadas. (Foto: divulgação)

Praticar exercício

É bastante recomendado que as gestantes realizem atividade física leve, como caminhada em terreno plano, capaz de favorecer a digestão, aliviar o estresse emocional e consequentemente proporcionar uma sensação de bem estar. Outra vantagem de realizar atividades relaxantes e prazerosas é o aumento na liberação de endorfinas, capaz de melhorar a disposição física e mental.

Evitar cheiros fortes

Uma das causas que desencadeia o enjoo em gestantes são os odores fortes. Por isso é importante tentar identificar o cheiro que causa o mal estar e procurar evita-lo ao máximo.

Evitar líquidos durante as refeições facilita a digestão. (Foto: divulgação)

Líquidos durante as refeições

A dieta ideal para quem sofre com náuseas deve ser seca e fracionada. Por isso é indicado evitar molhos e caldos na fase da gravidez em que esse sintoma é difícil de controlar. Outra desvantagem de ingerir líquidos durante a refeição é que se cria um bolo alimentar maior, dificultando ainda mais o esvaziamento gástrico, que é naturalmente mais lento na gestante.

Evitar alimentos com gosto forte

De acordo com os especialistas, todo alimento com sabor muito acentuado pode piorar as náuseas e até causar vômito. Por isso é indicado evitar alimentos como café, sardinha e determinados condimentos.

Veja alguns sucos capazes de ajudar com as náuseas gestacionais.

Algumas mudanças comportamentais tornam a gestação livre de problemas como os enjoos. (Foto: divulgação)

O enjoo durante a gravidez é um problema bastante comum entre as mulheres, que pode variar de uma gestação para outra e costuma durar até a 18ª semana. Felizmente é possível diminuir o mal estar, adotando algumas medidas comportamentais simples e muito eficientes.

Top