5 dicas ao comprar carro usado

Apesar de todas as facilidades e modalidades de financiamentos oferecidas pelas montadoras, para a compra de carros zero quilômetro, muitas pessoas ainda preferem adquirir…

Apesar de todas as facilidades e modalidades de financiamentos oferecidas pelas montadoras, para a compra de carros zero quilômetro, muitas pessoas ainda preferem adquirir carros usados, devido a diversos fatores.

Comprar carro usado pode trazer alguns riscos (Foto: Divulgação)

Com a grande procura em todo o país, o mercado de veículos usados e seminovos permanece sempre aquecido, independente da época do ano, trazendo milhares de opções para os compradores, com carros para todos os gostos e bolsos.

No entanto, mesmo com toda essa oferta, comprar carro usado pode envolver alguns riscos, principalmente se você não prestar atenção em determinados fatores. Para ajudar a reduzir o risco de surpresas desagradáveis, preparamos 5 dicas ao comprar carro usado, que podem ser muito úteis na hora de fechar o negócio.

Teste o carro antes de comprá-lo

A melhor forma de conhecer aquele carro que você está querendo comprar é fazendo um test-drive. Ao testar o veículo, fique atento à sua parte mecânica, verifique se ele está fazendo algum barulho estranho durante o funcionamento do motor e aproveite também para dar uma olhada no estado geral do automóvel.

Rode o máximo que puder com o veículo, pois testes rápidos podem esconder alguns pontos negativos. Se possível, leve junto um mecânico de confiança e peça a ele uma avaliação completa do carro.

O comprador deve ter muita atenção para examinar os documentos do carro (Foto: Divulgação)

Dê preferencia aos carros de amigos

Quanto maior a proximidade com o dono, menor é o risco de ser enganado em uma compra. Além disso, caso apareça algum problema com o carro, logo após o fechamento do negócio, você saberá a quem reclamar. Outra vantagem é que certamente o seu amigo permitirá um test-drive mais completo com o veículo.

Verifique a documentação

Outra dica importante é sempre conferir a documentação do veículo, para saber se está tudo em dia e verificar se não se trata de um carro roubado. No site do Detran, você pode saber se a placa é verdadeira e checar possíveis pendências, como multas em aberto.

Também não se esqueça de verificar os números do chassi, dos vidros e da placa, comparando-os com os citados no documento. Na dúvida, contrate uma empresa de vistoria em veículos.

É preciso analisar o estado geral de conservação do veículo (Foto: Divulgação)

Examine o carro à luz do dia

Na hora de conhecer melhor o carro, prefira examinar o veículo à luz do dia, pois assim ficará mais fácil visualizar os detalhes da pintura e as presenças de amassados e outros tipos de imperfeições. Observe também a parte interna (estofados, volante, painel de instrumentos, tapetes, etc).

Desconfie de preços muito baixos

Para esconder determinados problemas, alguns vendedores optam por reduzir bastante o preço do carro usado, comercializando-o por valores bem abaixo da tabela. Ao se deparar com situações semelhantes, questione o motivo do desconto e desconfie sempre, pois o barato poderá sair caro no futuro.

Top