31/12- Dia de São Silvestre

A Corrida de São Silvestre foi lançada em 1945 e de lá pra cá sempre foi desempenhada no último dia do ano. No princípio,…

Por Editorial MDT em 31/12/2011

Imagem: (Foto Divulgação)

A Corrida de São Silvestre foi lançada em 1945 e de lá pra cá sempre foi desempenhada no último dia do ano. No princípio, ela só trazia a participação de homens, os quais residiam em São Paulo, ponto onde ocorre a prova. Com o passar do tempo, todo o país foi liberado a participar. A autorização para atletas do mundo, no entanto, só foi dado em 1947.

Foi exatamente a partir do ingresso  de estrangeiros que os brasileiros passaram por uma período sem vitórias. João José da Silva foi o responsável por levar o país no lugar mais do pódio na década de 80. João da Mata (1983), Ronaldo da Costa (1994) e Emerson Iser Bem (1997) também foram os brasileiros que alcançaram o primeiro lugar na disputa.

A disputa feminina começou em 1975, porém foi só em 1995 que uma brasileira conquistou o triunfo. Carmem Oliveira foi a estrela daquele ano. Um ano depois, Roseli Machado também subiu ao pódio.

No início a distância da disputa não era definida, variava entre 6,5 e 8,5 km, porém em 1989, quando a Federação de Atletismo estabeleceu um padrão, a distância passou a ser única de 15 km. O que levou o evento a aparecer no calendário internacional do instituto.

Entre os destaques masculinos estrangeiros estão: Paul Tergat, do Quênia, o qual subiu ao pódio por cinco vezes, (1995, 1996, 1998, 1999 e 2000). E no feminino, Rosa Mota, de Portugal, a qual venceu o evento por seis vezes consecutivas, (1981,1982,1983,1984,1985,1986).

O início do século XXI, está sendo de prestígios para o País. Até o momento, os maiores destaques brasileiros são: Marílson Gomes dos Santos, o qual subiu ao pódio em 2003, 2005 e 2010 e Frank Caldeira campeão em 2006. As mulheres possuem três vitórias distintas com: Maria Zeferina Baldaia campeã em 2001, Marizete de Paula Rezende em 2002 e Lucélia Peres em 2006, ano que o Brasil ganhou no masculino e feminino.

Este ano o evento ocorre no sábado (31) às 15:00 na Avenida Paulista entre o Museu de Arte de São Paulo (Masp) e a Alameda Campinas.

Top