25% de concursos para professores em federais de SP terminaram vazios

A estabilidade do emprego e a remuneração para fazer pesquisa não tem sido suficiente para cativar docentes para as instituições federais da capital paulista.…

O valor inicial para um docente com doutorado, em dedicação exclusiva é de R$ 7.627 na rede federal.

A estabilidade do emprego e a remuneração para fazer pesquisa não tem sido suficiente para cativar docentes para as instituições federais da capital paulista. Segundo levantamento realizado, com base nos concursos docentes no ano passado, 1 em cada 4 processos foram finalizados sem nenhum aprovado.

No total, 59 concursos terminaram “vazios” por dois motivos: ou não houve inscritos ou os concorrentes não alcançaram as exigências estipuladas pelo concurso. Faltaram aprovados para seleções de várias áreas, como engenharia, saúde, psicologia e economia.

Leia mais: Rio de Janeiro ganha título de Patrimônio da Humanidade pela Unesco

Como comparação, o levantamento contabilizou na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) 1% de concursos “vazios” na época.

Faltam aprovados para seleções de várias áreas, como engenharia, saúde, psicologia e economia.

Os professores da rede federal alegaram que a falta de atratividade é reflexo da baixas remunerações e de uma carreira ruim. A área está em greve nacional há mais de um mês, com adesão de 95% das instituições, de acordo com o relatório.

O valor inicial para um docente com doutorado, em dedicação exclusiva é de R$ 7.627 na rede federal. Na Unesp, Usp e Unicamp, um professor em posto idêntico recebe RS 1.100 a mais, além de ter dispositivos que abreviam o aumento (como quinquênios).

Leia também: Nove ciclistas são hospitalizados pelo SUS diariamente em São Paulo

Reitores das federais admitem que as condições de seus profissionais não são as melhores, mas alegam que os cursos ficam “vazios” devido à escassez de doutores no país.

Leia Também:  Vagas de Emprego para Operadores de Call Center 2010

A rede federal necessita contratar porque está em ampla expansão no Estado. As matrículas praticamente dobraram entre 2007 e 2010.

Top