22 de novembro – Dia do músico

Tocar um instrumento (seja violão, guitarra, baixo, bateria, bandolim e outros), compor ou cantar uma música, ser arranjador, regente e se dedicar à música…

Por Redacao em 22/11/2011

Tocar um instrumento (seja violão, guitarra, baixo, bateria, bandolim e outros), compor ou cantar uma música, ser arranjador, regente e se dedicar à música como forma de vida faz parte do lazer de muitos músicos profissionais que conseguiram trabalhar com algo que lhes dá prazer e que parece ter nascido com eles, afinal, ser músico está no sangue!

☰ CONTEÚDO

Preconceito

Embora seja uma profissão bonita e depois de alcançada a fama, seja cheia de glamour, os músicos sempre sofreram um tipo de discriminação por parte dos mais tradicionais na sociedade, especialmente em alguns anos atrás, eles eram vistos como vagabundos que nada tinham para fazer e, por isso, tocavam violão nas praças. Ser músico não era profissão e o artista acabava sendo o desgosto de uma família tradicional, poucas décadas atrás.

Hoje esse estereótipo vem mudando e o músico se profissionalizou, com cursos superiores e locais de estudos de música. Porém, esse aperfeiçoamento musical para a vida profissional, não muda o fato de que os músicos têm um talento nato.

Área de trabalho

Os músicos têm um campo vasto de trabalho, podendo se dedicar ao ritmo musical que eles mais se identificam, seja popular ou erudita e ainda se envolver em atividades culturais, recreativas, pesquisas, edição e reprodução de gravações. É comum ver músicos trabalhando por conta própria, como autônomos, porém há trabalhadores formais como os professores de música, por exemplo.

Origem da data – Santa Cecília

Em 22 de novembro o músico é lembrado de forma especial, se comemora o seu dia! Santa Cecília é considerada a padroeira dos músicos, por ter uma história interessante com música. Ela era uma jovem virgem que morava em Roma no século III, bastante dedicada à sua vocação cristã, ela gostava das missas queria viver em consagração a Deus, porém seu pai a obrigou a casar com Valeriano. Após o casamento ela contou ao seu esposo sobre a sua vontade de viver consagrada a Deus e conseguiu que ele respeitasse seu voto e se convertesse ao catolicismo, pois ela cantava para ele sobre a beleza da castidade.

Se por aqui passar algum músico, desejamos a eles um Feliz dia do Músico, muito inspirado e cheio de notas harmônicas e felizes para encantar e alegrar nossos ouvidos.

Top