20 de outubro: dia mundial da osteoporose

Dia mundial da Osteoporose. Dia 20 de outubro é o dia mundial da osteoporose. O objetivo desse dia é conscientizar a população sobre as…

Por Editorial MDT em 20/10/2011

Dia mundial da Osteoporose.

Dia 20 de outubro é o dia mundial da osteoporose. O objetivo desse dia é conscientizar a população sobre as formas de combate a essa doença. Desde 1997 é nessa data que são realizados eventos para comemorar o Dia internacional da osteoporose objetivando instruir pessoas no combate a doença.

O que é a Osteoporose

A osteoporose é uma doença caracterizada pela diminuição da massa óssea. Isso leva o osso a ficar mais fraco e frágil podendo quebrar mais facilmente, mesmo após pequenas quedas. Assim, a doença leva o indivíduo a sofrer várias fraturas.

O nosso osso é composto por colágeno, cálcio e outros mineiras. Durante toda a nossa vida esse tecido vivo está em constante atividade. O movimento ósseo consiste em degradação e reconstrução. Células chamadas osteoclástos vão reabsorvendo o osso enquanto as denominadas osteoblastos vão formando o tecido novamente.

Até os 35 anos a atividade de reabsorção e formação ósseas é equilibrada. Após essa idade, ou por outros fatores, ocorre um desequilíbrio entre os dois tipos de células, acarretando maior perda e menor recomposição de tecido ósseo. Dependendo da idade e do sexo da pessoa, a renovação óssea pode demorar de 2 a 10 anos para ocorrer.

O problema é muito sério, principalmente entre as mulheres acima de 65 anos, após a menopausa e idosos. Faturas ósseas são muitas vezes causa de internação da população idosa e podem acarretar óbito. No Brasil há mais de dez milhões de pessoas com osteoporose e, no mundo, esse número chega a duzentos milhões.

Tratamento

Para cada pessoa será feita uma orientação de tratamento individual, dependendo de cada caso. Podem ser utilizados alguns hormônios, reposição de cálcio e vitamina D. Fitoterápicos também podem ser utilizados. E, além dos medicamentos, é necessário prevenir as fraturas.

A suplementação de cálcio e vitamina D melhoram a densidade óssea, principalmente nos idosos.

Como prevenir

A osteoporose tem prevenção e tratamento, que são de excelentes resultados. Para diagnosticar a doença é preciso fazer um exame chamado densitometria óssea. É um procedimento muito fácil de ser feito e não dói. Com esse exame é possível diagnosticar muito precocemente a osteoporose, quando ainda há perda de apenas 1% da massa óssea. Dessa forma há como iniciar o tratamento o mais rápido possível evitando as consequências.

Pela radiografia só podemos perceber a doença quando 30% da massa óssea já foi perdida, por isso não é um exame de detecção precoce, mas também é muito utilizado devido sua fácil realização.

Principais fatores de risco

  1. Sexo feminino;
  2. Pele clara;
  3. Ter baixa ingestão de leite;
  4. Quem sofre de asma, artrite ou alergia;
  5. Fumantes;
  6. Tomar pouco sol;
  7. Quem faz ingestão excessiva de café e bebida alcoólica;
  8. Mulheres que fizeram cirurgia para a retirada do útero;
  9. Pessoas com problemas na glândula tireoide;
  10. Pessoas que utilizam regularmente alguns medicamentos como antiácidos, anticonvulsivantes, alguns diuréticos, heparina, corticoides.

Alimentos ricos em cálcio

  1. Leite;
  2. Iogurtes naturais com pouca gordura;
  3. Queijo ricota;
  4. Queijo suíço;
  5. Queijo provolone;
  6. Sardinha;
  7. Ostras;
  8. Ervilhas;
  9. Couve;
  10. Brócolis;
  11. Casca de ovo.

Top