1,5 milhão de pessoas trocaram de operadora no último trimestre

De acordo com um levantamento feito pela Associação Brasileira de Recursos em Telecomunicações (ABR Telecom) houve no último trimestre (julho a setembro) 1,5 milhão…

De acordo com um levantamento feito pela Associação Brasileira de Recursos em Telecomunicações (ABR Telecom) houve no último trimestre (julho a setembro) 1,5 milhão de trocas de operadoras de telefonia fixa e móvel no Brasil. Essas pessoas apesar de terem mudado de operadora, resolveram manter o mesmo número de identificação.

O resultado também mostra que um percentual de 37% (cerca de 542 mil pessoas) realizaram migrações para assinatura de telefones fixos e 63 % (948 mil) tornaram-se usuários de telefones móveis. Desde o início deste ano até setembro, a instituição já registrou 4,1 milhões de transferências de operadoras efetivadas.

A portabilidade também é um número significativo segundo os dados da ABR Telecom. Desde a implantação do projeto de portabilidade em 1° de setembro de 2008 até o dia 5 de outubro de 2011, foram registradas mais de 12,1 milhões de transferências, sendo que 4,05 milhões (34%) atendendo usuários de telefonia fixa e 8,05 milhões (66%) de móvel.

A implantação da portabilidade teve uma grande evolução. O projeto apareceu como uma grande solução e não desapontou os brasileiros. Com o tempo a portabilidade tornou-se acessível em toda extensão do país. Exatamente no dia 2 de março de 2009 os 67 DDDs brasileiros já possuíam o benefício. A portabilidade é um direito de todos segundo a Anatel e os clientes devem sim utilizar – e até mesmo abusar.

Top