14 de novembro: Dia Nacional da Alfabetização

No dia 14 de novembro comemora-se o Dia Nacional da Alfabetização. A data serve para refletir sobre a importância da leitura e da escrita,…

No dia 14 de novembro comemora-se o Dia Nacional da Alfabetização. A data serve para refletir sobre a importância da leitura e da escrita, além de lembrar a quantidade de pessoas analfabetas que existem no Brasil e a necessidade de investir em novas políticas para aumentar o acesso à escola.

A alfabetização é importante para o crescimento pessoal e para o desenvolvimento do país. (Foto:Divulgação)

Origem do Dia Nacional da Alfabetização

O dia 14 de novembro foi escolhido como o Dia Nacional da Alfabetização em virtude da criação do antigo Ministério da Educação e Saúde Pública, que aconteceu na mesma data. Esta iniciativa teve como uma das principais metas promover o ensino primário e combater o analfabetismo.

A importância da alfabetização

A alfabetização é à base da educação. Se as pessoas não são alfabetizadas, o país não consegue se desenvolver economicamente. O povo precisa saber como ler, escrever e interpretar para contribuir com o crescimento da nação e construção do conhecimento.

Além de ser uma política que favorece o desenvolvimento econômico do país, a alfabetização também contribui com a vida pessoal e profissional. Ao saber ler e escrever, a pessoa tem capacidade de investir na sua qualificação para o trabalho, desenvolve as habilidades cognitivas e tem mais condições de exercer a cidadania.

Ler, escrever e interpretar é essencial. (Foto:Divulgação)

Existem vários métodos de alfabetizar uma criança, que variam de acordo com o perfil dos alunos e os avanços tecnológicos que promovem mudanças na sociedade. O professor assume um papel essencial no percurso da aprendizagem, pois ele estimula as competências e habilidades em sala de aula.

Saiba mais: Curso de Alfabetização Gratuito

O analfabetismo no Brasil

Embora o Governo esteja apostando em programas de incentivo a Educação, a alfabetização de qualidade ainda não é uma realidade no país. De acordo com dados do IBGE, 12,9 milhões de brasileiros com mais de 15 anos de idade não sabem ler nem escrever. Do total de analfabetos no Brasil, 52,7% está concentrado na região Nordeste.

Leia Também:  Como revisar conteúdos para o ENEM 2016

Outro problema que tem comprometido a educação dos brasileiros é o analfabetismo funcional. Este termo se refere ao grupo de pessoas que sabem ler e escrever, mas não conseguem interpretar o conteúdo. Em 2011, o IBGE contabilizou 30,5 milhões de analfabetos funcionais com 15 anos ou mais no país.

52,7% dos analfabetos brasileiros estão no Nordeste. (Foto:Divulgação)

Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa

Reconhecendo o alto índice de analfabetismo no Brasil, a presidente Dilma Rousseff decidiu criar o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa. O projeto, que receberá recursos e apoio técnico do MEC, tem como objetivo alfabetizar as crianças até os 8 anos de idade.

Veja também: 2 de abril: dia internacional do livro infantil

Top