10 fitoterápicos e os seus benefícios

Cada dia mais os remédios fitoterápicos, feitos com plantas, estão sendo usados no tratamento de vários problemas. Porém, será que eles funcionam realmente? Saiba…

Por Editorial MDT em 22/03/2013

Cada dia mais os remédios fitoterápicos, feitos com plantas, estão sendo usados no tratamento de vários problemas. Porém, será que eles funcionam realmente? Saiba mais sobre o assunto e confira 10 fitoterápicos e seus benefícios para saúde.

Existem muitas espécies de plantas com poder fitoterápico. (Foto: divulgação)

A Fitoterapia

A preparação dos medicamentos fitoterápicos é feita com matérias-primas como caules, raízes, folhas, flores, frutos e sementes. Segundo especialistas, o Brasil possui uma flora medicinal muito abundante e diversificada no planeta, com aproximadamente 55 mil espécies registradas. A quantidade de plantas é muito grande, mas é necessário que seja feito o uso correto dessas substâncias para tratar as doenças.

A fitoterapia ajuda no combate de doenças infecciosas, disfunções metabólicas, alergias, distúrbios psicológicos e muitos outros. Os especialistas afirmam que os medicamentos fitoterápicos podem se usados desde recém-nascidos até idosos. Entretanto, o uso não pode ser indiscriminado. Consultar o profissional de saúde essencial.

Apesar das plantas parecem inofensivas, algumas pode ser tóxicas e quando usadas de forma inadequada podem fazer mal. É preciso suprir somente o que o organismo precisa. As doses erradas podem causar desequilíbrio no organismo.

Os fitoterápicos devem ser consumidos sob orientação de um especialista. (Foto: divulgação)

Veja também plantas que dão energia e fortalecem o corpo 

10 fitoterápicos e seus benefícios

1. Alcachofra: indicada para má digestão e não deve ser usado por pessoas com problemas de vesícula. É indicado também para pessoas com hepatite grave, falência hepática e câncer;

2. Camomila: muito eficaz no tratamento de cólicas intestinais. Indicado para tratamento de distúrbios leves de ansiedade;

3. Carqueja: muito usado no tratamento da má digestão;

4. Capim-cidreira: trata-se de uma planta usada para tratar cólicas intestinais e uterinas. Além disso, pode ser usada em quadros leves de ansiedade e insônia;

5. Cavalinha: esse fitoterápico é muito eficaz para tratar a retenção de líquidos;

6. Eucalipto: indicado para gripes e resfriados para desobstruir as vias respiratórias. Trata-se de um excelente auxiliador no tratamento de bronquite e asma;

7. Guaraná: muito benéfico para o tratamento de fadiga, atuando como estimulante;

8. Espinheira-santa: indicado para tratar má digestão, pirose e gastrite, previne ulceras por uso de anti-inflamatórios;

9. Guaco: muito eficaz no tratamento de gripes e resfriados, bronquite alérgica e infecciosa, atuando com expectorante;

10. Maracujá: indicado para quadros leves de ansiedade e insônia. Não deve ser utilizado com medicamentos sedativos e depressores do sistema nervoso.

Os fitoterápicos são grandes aliados da saúde. (Foto: divulgação)

Veja também fitoterápicos, benefícios e desvantagens 

Os medicamentos fitoterápicos são grandes aliados da nossa saúde. Eles devem ser usados na medida certa para evitar possíveis complicações. O mais indicado é consultar um especialista no assunto para indicar as doses corretas. Aposte no uso dos fitoterápicos e cuide bem da sua saúde.

Top