10 escolhas de moda que arruínam a saúde

Separamos 10 escolhas de moda que arruínam a saúde mas com certeza existem outras tendências que infelizmente afetaram de alguma forma a saúde de quem…

Separamos 10 escolhas de moda que arruínam a saúde mas com certeza existem outras tendências que infelizmente afetaram de alguma forma a saúde de quem a seguiu. Há um lado da moda que pode até prejudicar as pessoas: é tentar segui-la a todo custo, pondo em risco a própria saúde. E como isso pode acontecer? Com os pés ou tornozelos machucados por sapatos de saltos altíssimos, bolsas pesadas que causam lesões nos braços e ombros e por aí vai.

10 escolhas de moda que arruínam a saúde - O brinco pesado é uma das tendências da moda bastante prejudiciais a orelha (Foto: Divulgação)

 10 escolhas de moda que arruínam a saúde

Veja abaixo 10 escolhas de moda que arruínam a saúde:

Calça jeans de cintura baixa – Depois que a calça jeans de cintura baixa começou a fazer sucesso, muitas mulheres notaram ter “duas cinturas”. Outras também reclamam dos pneuzinhos que se formaram acima da cintura pela calça ser bastante apertada. Esta deformação está muito presente na atualidade, principalmente nas meninas jovens e é causada pelo uso da calça jeans de cintura baixa. Um estudo comprovou que as mulheres têm procurado pelo procedimento de lipoaspiração muito mais nas ancas (onde fica o pneuzinho) do que no culote, região na qual é fisiologicamente mais provável ter acúmulo de gordura no corpo feminino.

O salto alto já é conhecido pelos seus malefícios (Foto: Divulgação)

Skinny Jeans –  As calças skinny por serem muito justas podem causar Meralgia Parestétisca que pode ser causada pela compressão do nervo cutâneo femoral lateral da coxa. O sintomas mais comum são queimadura, ardor ou diminuição da sensibilidade. Os homens que usam calças skinny pode também ver a sua produção de espermatozóides reduzir, devido ao excesso de calor acumulado na zona pélvica.

Leia Também:  Itens de maquiagem para levar em viagem

Rasteirinhas muito “rasteiras”- A rasteirinha, como já diz seu nome, é muito lisa o que confere muito impacto aos membros inferiores na hora de caminhar. Sobrecarregando assim ossos dos pés e tornozelos.

Roupa intima de renda-  Embora seja muito sexy, a roupa íntima de renda não é indicada para o uso diário. Os tecidos sintéticos e as bordas irregulares podem causar irritação e até mesmo candidíase.

Calças skinny ou apertadas demais podem deformar o corpo (Foto: Divulgação)

Sapatilhas de plástico -As sapatilhas de plástico podem cortar os pés ou causar muitas bolhas. O plástico faz um atrito na parte superior do pé e esse atrito fica gerando bolhas e posteriormente causa calos. O ideal é usar com moderação.

Sapatilhas de ballet –  Sapatos raros ou sapatos de ballet não oferecem o amortecimento ou apoio necessário para o pé, podendo provocar dores no calcanhar e gerar fascite plantar. Isto refere-se a uma inflamação da fáscia plantar, um tendão que liga o osso do calcanhar aos dedos.

Brincos grandes e pesados – Embora estejam quase sempre na moda, os brincos grandes acabam pesando e rasgando a orelha com o tempo.  Além de serem perigosos, pois podem se enganchar em um lenço por exemplo e rasgar o lóbulo da orelha.

Saltos altos – Provavelmente uma das piores coisas que você pode fazer para o seu alinhamento corporal é usar salto alto.  É muito importante lembrar que a lesão é cumulativa: isso não acontece geralmente durante a noite. Pode levar semanas, meses ou anos de movimento alterado para aparecer um desconforto, como cãibras nas panturrilhas e pés, dor nas costas e quadris.

Gravata – Gravatas raramente são lavadas, embora sejam usadas diariamente. Por isso podem ser um grande veículo de transmissão de germes. A dica é pulverizar a gravata com spray germicida ou lavar com mais frequência.

Leia Também:  Dicas para cuidar das sobrancelhas

Botas rasas forradas com pelo – A falta de apoio nesse tipo de calçado pode provocar fascite plantar, tendinite ou stress no pé. Deve ser evitado quando sabe que vai caminhar longas distâncias.

As gravatas podem ser uma grande fonte de germes (Foto: Divulgação)

Moda que faz mal a saúde

É preciso ficar atenta para o que realmente importa, que é o seu bem-estar, e não levar tudo que se vê em um editorial de moda a sério. É importante também saber que a frequência que você usa os itens citados que é em muitos casos o que define se irá fazer mal ou não. Não é necessário abdicar o salto alto, por exemplo, mas saber usá-lo é fundamental para o bem da sua saúde e bem estar. Tudo na vida é equilíbrio e agora que você ja conhece  10 escolhas de moda que arruínam a saúde atente-se a dosar o uso de cada um desses acessórios.

Top