10 dicas para se dar bem com o enteado

Para o enteado, o novo parceiro de sua mãe ou do seu pai é mais uma pessoa que ele não deseja na família, ou…

Para o enteado, o novo parceiro de sua mãe ou do seu pai é mais uma pessoa que ele não deseja na família, ou não espera que ela esteja presente. Isso significa que aceitação não será nada fácil e muito menos agradável. Por isso, o começo da relação com o enteado pode ser traumatizante, se feita de maneira errada. Pensando nisso, selecionamos 10 dicas para se dar bem com o enteado.

Todos os filhos devem ser tratados da mesma forma. (Foto: divulgação)

Lidando com o enteado

A adolescência é uma fase que gera muitos desafios, até mesmo para os pais mais experientes, podendo ser ainda mais difícil. Quando você encontra um novo amor e decide se casar com uma pessoa que tem filhos, essa relação pode ser muito dificultosa no início.

A relação de aceitação da criança, adolescente e até mesmo jovem pode ser muito complicada, afinal, eles não estão acostumados com um estranho chegando e roubando o espaço da casa que antes era só deles. Porém, com alguns cuidados é possível conquistar o respeito dos filhos do namorado com algumas atitudes.

É preciso ser verdadeira na relação com o enteado. (Foto: divulgação)

10 dicas para se dar bem com o enteado

1. Procure demonstrar carinho e atenção verdadeira pelo enteado. Tentar passar algo forçado pode piorar ainda mais as coisas;

2. Através da conversa, defina com clareza o papel de cada membro da família. Dessa forma, é possível deixar claro que você não irá tomar o lugar de pai ou mãe;

3. Mantenha o papel dos pais dos enteados. Deixe que eles exerçam a função de educa-los e tudo mais;

4. O lugar da mãe ou do pai é essencial, jamais tente ocupar. Isso só fará com que o enteado te odeie mais ainda;

Leia Também:  Entenda o que faz o cabelo ficar branco

5. Não estabeleça separação entre os filhos, como “os meus”, “os seus” e “os nossos”. Todos devem ser tratados da mesma forma perante a família;

6. Unir os filhos de casamentos diferentes, é sempre o melhor no começo. Caso isso não dê certo, será preciso mudar para ver quem irá morar com quem;

7. Mantenha o ciúme controlado, caso venha a aparecer;

8. Respeite o tempo do enteado e o limite para a aproximação;

9. Você não deve representar uma ameaça para ele e sim uma nova sensação de agregação;

10. Tenha muito cuidado para não passar ressentimentos e culpas de relações anteriores para esse novo momento.

Tratar bem o enteado é uma atitude de amor e carinho. (Foto: divulgação)

O novo casamento com uma pessoa que possui filhos pode trazer alguns problemas na hora da adaptação. É preciso saber como conviver com o enteado para que não haja conflitos. Aposte nas dicas de como se dar bem nessa relação e melhore o convívio familiar.

Top