10 dicas para fazer seu filho dormir sozinho

O lugar da criança é na cama e no quarto dela. Essa atitude deve ser aplicada desde cedo, ainda bebê. Quanto mais tempo a…

Por Editorial MDT em 27/11/2012

O lugar da criança é na cama e no quarto dela. Essa atitude deve ser aplicada desde cedo, ainda bebê. Quanto mais tempo a criança dormir no meio do casal, mais difícil será de mudar esse costume. Os pais podem fazer com que a criança durma sozinha através de algumas atitudes aplicadas aos poucos. Confira 10 dicas para fazer seu filho dormir sozinho.

A criança deve ser ensinada desde pequena a dormir sozinha. (Foto: divulgação)

Aprendendo a dormir sozinho

Muitos pais encontram dificuldades para fazer o filho dormir sozinho. Realmente não é uma tarefa tão simples assim, principalmente quando ele foi acostumado a dormir na cama ou no quarto dos pais. Quando a criança dorme na mesma cama com os pais, mais difícil será depois para que ela aprenda a dormir sozinha.

O que a maioria dos pais pensa é que com o tempo a criança irá se acostumar a dormir sozinha, porém é preciso permitir que ela se desenvolva. É claro que é uma situação muito dolorosa olhar para a criança e ver que está com medo e chorosa, mas é necessário conversar com calma com ele e explicar que não há porque ter medo.

A mãe pode ficar com a criança até que ela durma. (Foto: divulgação)

Veja também dicas para fazer a criança dormir 

10 dicas para fazer seu filho dormir sozinho

1. A partir dos seis meses de idade já é possível deixar a criança dormir sozinha. Porém, é preciso levar algumas vezes para as trocas e mamadas noturnas. Esse é o momento mais indicado para que ela aprenda a dormir no seu próprio quarto.

2.  Os pais devem revezar durante a noite, pois não é uma tarefa tão fácil levantar no meio da noite, com sono e cansado.

3. Se a criança já está acostumada a dormir com os pais, é o momento de mudar essa situação. A rotina pode ajudar nesse processo, portanto imponha horário para a criança dormir e vá preparando o ambiente para que isso aconteça. Apague algumas luzes, desligue a TV e feche as janelas.

4. Estabeleça regras para que elas possam ser cumpridas. Não adianta dizer a criança que ela deve dormir, mas a casa continua agitada.

5. Não deixe a luz do quarto da criança acessa, se precisar use o abajur e tomadas iluminadas. Dessa forma o ambiente fica mais seguro caso a criança levante no meio da noite.

6. A hora de dormir deve ser um momento muito agradável. Os pais devem contar historinhas ou conversar sobre o dia até que a criança durma.

7. Essa mudança não deve acontecer de forma traumática. O ideal é que os pais fiquem deitados com a criança os primeiros dias até ela dormir, depois sentados e por fim ficar somente na porta para dar boa noite. Dessa forma, os pais vão saindo de cena aos poucos e a criança não pensará que está sendo abandonada.

8. Os pais devem colocar limites e não ceder as manhas da criança. Ceder alguma vez por motivo de doença ou frio, a criança aprende que os pais irão ceder sempre.

9. Quando a criança acorda no meio da noite e pede para dormir com os pais, o mais sensato é investigar o que está acontecendo.  Se ela estiver doente, o adequado é receber os cuidados no quarto dela. Se estiver com medo, o indicado é dar um passeio pelo quarto com ela mostrando armários e gavetas, olhar embaixo da cama para que ela veja que não há o que temer.

10.  Os pais podem deixar o filho dormir eventualmente com eles, mas é necessário deixar claro que é por tempo determinado e que depois ela voltará para a cama dela.

A criança não deve dormir junto com os pais na mesma cama. (Foto: divulgação)

Veja também hora do sono, técnicas para fazer a criança dormir 

Os pais devem começar desde cedo a ensinar os filhos que devem dormir no seu próprio quarto, pois dessa forma a adaptação dele será mais rápida. Eles devem estabelecer rotinas diárias para que a criança aprenda que está na hora de dormir. Isso deve ser feito aos poucos para que não se torne uma situação traumática para ela.

Top