10 de dezembro – Dia da Declaração Universal dos Direitos Humanos

Todos sabemos que ver uma criança doente e sem tratamento médico, uma pessoa passando fome ou alguém sendo maltratado são coisas tristes e muito…

Imagem: (Foto Divulgação)

Todos sabemos que ver uma criança doente e sem tratamento médico, uma pessoa passando fome ou alguém sendo maltratado são coisas tristes e muito complicadas de aceitar. Essas situações são um ataque contra os direitos humanos!

Mas o que são direitos humanos? São os direitos fundamentais de uma pessoa, ou seja, é o direito a vida, a alimentação, a moradia, a educação, a livre expressão, não importando para isso a raça, cor, sexo, nacionalidade ou religião.

A Declaração Universal dos Direitos Humanos foi criada pela ONU (Organização das Nações Unidas) no dia 10 de dezembro de 1948 em resposta as brutalidades cometidas durante a Segunda Guerra Mundial.

Entre as brutalidades estavam os delitos empreendidos por nazistas, que atingiram judeus, comunistas e homossexuais e também as bombas nucleares lançada pelos Estados Unidos da America sobre as cidades de Hiroshima e Nagasaki, que resultou na morte de centenas de pessoas.

Através dela, que os vários países se empenharam a realizar um esforço para extinguir todas as formas de injúria a esses direitos. O princípio basilar desta declaração está explicito logo no início onde: “Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e direitos”. Fundamentada neste princípio a declaração veda a escravidão, a tortura e todas as formas de discernimento e agressão.

Observa-se que diversos problemas sociais de nosso cotidiano ferem os direitos humanos,como é o caso da fome, da falta de habilitação, de saneamento básico, da falta de segurança, o que nos faz pensar numa coisa: não basta ter direitos. Estes direitos precisam ser reconhecidos e colocados em prática.

Muitos acham que não podemos fazer nada, o que não é verdade. Todos podem lutar pela aplicação desses direitos fundamentais. Podemos protestar quando observamos algo ser violado, discutir e nos unir para transformar tudo o que queremos em realidade.

Top