10 alimentos enlatados que devemos evitar

10 alimentos enlatados que devemos evitar

Conheça os 10 alimentos enlatados que devemos evitar.  Os alimentos enlatados podem por um lado serem bastante práticos e ajudar a economizar tempo na…

Por Redacao em 27/11/2014

Conheça os 10 alimentos enlatados que devemos evitar.  Os alimentos enlatados podem por um lado serem bastante práticos e ajudar a economizar tempo na cozinha, porém eles podem ser prejudiciais a saúde por terem muitos conservantes, pouco valor nutricional e a presença da substância chamada bisfenol A usada na proteção interna das latas que está relacionada com problemas de saúde como doenças cardíacas, câncer, diabetes, entre outros.

Confira: Benefícios do Caldo de Cana para a Saúde

10 alimentos enlatados que devemos evitar - Alimentos enlatados podem ser bastante prejudiciais a saúde, saiba quais são considerados os piores (Foto: Divulgação)

10 alimentos enlatados que devemos evitar

Conheça os 10 alimentos enlatados que devemos evitar para ter uma boa saúde:

  • Frutas enlatadas

Frutas enlatadas como pêssego e figo vêm envoltas em uma calda de açúcar que aumenta o valor energético da fruta e a deixa menos saudável. Confira as diferenças:

  • Pêssego in natura (100 g) = 36 kcal X Pêssego enlatado (100g) = 100 kcal
  • Figo in natura (100 g) = 41 kcal X Figo enlatado (100g) = 205 kcal

Frutas em conserva podem apresentar metade do seu conteúdo de vitamina em comparação aos produtos frescos.

Leia mais: Dicas para uma gravidez tranquila e saudável

Prefira o extrato de tomate em outros tipos de embalagens (Foto: Divulgação)

  • Feijão
Os grãos armazenados na caixa pode ter um conteúdo de sódio em excesso. O sódio em demasia n no consumo diário está associado a mortes por infarto e AVC.
  • Tomates pelados
Tomates pelados, molhos de tomate e outros tomates preparados e conservados em lataspodem causar a liberação do BPA nos alimentos, devido ao  grau de acidez que entra em contato com os materiais que compõem as latas. O BPA tem sido associado a problemas neurológicos, reprodutivos, obesidade infantil e outras doenças.
Além disso os molhos e extratos de tomate devem ser evitados uma vez que, além de terem muita quantidade de sal, possuem realçador de sabor glutamato monossódico – ingrediente muito presente em alguns alimentos industrializados. Estudos já relacionaram o consumo de glutamato monossódico com dores de cabeça, aceleração dos batimentos cardíacos, dores no peito, dormência ou formigueiro, asma, entre outros sintomas
  • Ervilha
Esse tipo de produto deve ser evitado, pois possui quantidades elevadas de sódio.
  • Milho
Da mesma maneira que a ervilha, o milho enlatado deve ser evitado, pois possui grandes quantidades de sódio.
  • Carne enlatada
A carne processada e conservada estão entre os alimentos mais ligados ao risco de doença cardiovascular, hipertensão, obesidade e à maior parte das doenças do bem-estar. Além disso, neste tipo de produto são utilizados conservantes como nitrito de sódio, relacionado com a indução de alterações no DNA celular e indução de câncer, por isso estes produtos industrializados com muitos conservantes devem ser evitados
  • Sopas prontas
No Brasil, as pessoas não têm tanto o costume de consumir sopas enlatadas. As sopas prontas mais comuns são as instantâneas. Mas, tanto as sopas enlatadas como as instantâneas são ricas em sódio. As sopas prontas contêm quantidades insignificantes de fibras.
  • Sucos em latas
Sucos em latas devem ser consumidos com moderação pela presença do bisfenol-A – sustância que está relacionada com problemas de saúde, como doenças cardíacas, câncer, diabetes, entre outros. Além disso, esses sucos são ricos em açúcar.

Prefira as frutas in natura para ter os benefícios que elas podem trazer a sua saúde (Foto: Divulgação)

  • Atum
 Pesquisas mostram que os enlatados conservam as concentrações de Ômega 3, porém, perdem um pouco dos níveis de Vitamina D. Outro problema dos peixes enlatados está na presença do bisfenol-A, que está relacionada com diversos problemas de saúde.
  • Creme de leite
Assim como outros produtos enlatados, o creme de leite deve ser consumido com moderação pela presença do bisfenol-A. Além disso, ele é um produto rico em gordura saturada.

Dicas na hora de consumir enlatados

O milho enlatado é muito usado no dia a dia porém perde seus nutrientes nesse tipo de recipiente (Foto: Divulgação)

Existem algumas dicas que podem ajudar na hora que os 10 alimentos enlatados que devemos evitar não puderem ser evitados:

  • Frutas enlatadas: Evite o pêssego e o figo em calda. Dê preferência às frutas in natura. Ou cozinhe-as em um pouco de água com especiarias como cravo, canela e gengibre. Guarde em geladeira por até 3 dias.
  • Feijão: Quando você consumir feijões enlatados, lembre-se de lavá-los bem antes de esquentá-los ou usá-los para a sua preparação. De acordo com pesquisas escorrer e enxaguar os feijões enlatados, reduz o teor de sódio de 9 a 23%.
  • Tomates pelados: Prefira os tomates pelados ou purê de tomate em embalagens de vidro. O teor de bisfenol-A é menor. Para o molho a dica é cozinhar os tomates in natura com temperos mais naturais (manjericão, orégano, salsa, coentro, pimentas) e os armazene no freezer. Depois, basta utilizá-los nas preparações dos alimentos.
  • Atum – Descarte o óleo que vem na conserva.
  • Creme de leite – Uma sugestão é utilizar leite de amêndoas mais biomassa de banana verde no lugar do creme de leite em suas receitas.

 

Top