1º de outubro: Dia internacional da Terceira Idade

1º de outubro: Dia internacional da Terceira Idade

No dia 1º de outubro comemora-se o Dia Internacional da Terceira Idade. A data comemorativa se revela muito importante para homenagear os idosos, além…

Por Isabella Moretti em 01/10/2012

No dia 1º de outubro comemora-se o Dia Internacional da Terceira Idade. A data comemorativa se revela muito importante para homenagear os idosos, além de lançar novas políticas para respeitar e incentivar a inclusão das pessoas mais velhas na sociedade.

Os idosos merecem respeito e espaço na sociedade. (Foto:Divulgação)

Há diversos recursos que facilitam a vida do idoso atualmente, como os assentos exclusivos nos ônibus e as vagas nos estacionamentos. Entretanto, as pessoas que estão vivendo a terceira idade necessitam muito mais do que isto, elas precisam de respeito, proteção, carinho e valor.

Nos últimos anos, o número de idosos no Brasil cresceu significativamente. O IBGE faz ainda uma estimativa que, até o ano de 2025, haverá 33 milhões de brasileiros vivendo a terceira idade. Este número coloca o Brasil como o 6º país com a maior população de idosos do mundo.

Ao longo das décadas, os idosos conquistaram os seus direitos e hoje contam com leis que oferecem facilidades para o dia-a-dia. Por exemplo, a pessoa que está na terceira idade pode conseguir desconto de até 50% em atividades culturais, de lazer e de esportes. Também há penalidades para quem desrespeita o idoso ou abandona-o sem qualquer assistência.

Veja também: 27 de setembro: Dia do Idoso

Origem do Dia Internacional da Terceira Idade

O Dia Internacional da Terceira Idade foi criado pela ONU. (Foto:Divulgação)

O Dia Internacional da Terceira Idade foi instituído pela ONU (Organização das Nações Unidas) com o objetivo de difundir a necessidade de respeitar os mais velhos. A data foi decidida em uma Assembleia Mundial sobre Envelhecimento que ocorreu em 1982.

A vida na terceira idade

Embora haja quem diga que a terceira idade é a ‘melhor idade’, muitos idosos não veem desta maneira. Eles enfrentam a saúde debilitada e também precisam lidar com o envelhecimento do corpo, que perde aos poucos a beleza e cedem espaço para as rugas. Outro desafio enfrentado constantemente pelo idoso é a perda dos seus entes queridos.

A velhice é apenas uma fase da vida, por isso o idoso deve encará-la com bons olhos e procurar absorver o que há de melhor. Quem vivencia a terceira idade tem condições de ensinar os mais novos, pois a bagagem de experiência é enorme. Entretanto, o idoso também precisa acompanhar as mudanças e a evolução do mundo, para não se sentir tão solitário.

O idoso deve buscar meios de se sentir incluído na sociedade. (Foto:Divulgação)

Pesquisas já comprovaram que, quando o idoso sente solidão ou sensação de inutilidade, ele tem maiores chances de desenvolver uma doença, como hipertensão e fibromialgia.

Para melhorar a qualidade de vida, a autoestima e o bem-estar, a pessoa que vive a terceira idade deve praticar exercícios físicos, fazer exames regularmente, exercitar a cabeça, manter uma alimentação equilibrada e buscar meios de se sentir inserida em um grupo.

Saiba mais: Direitos dos Idosos no Brasil

Top