1º de novembro Dia do Sushi: prato tradicional da culinária japonesa

A culinária é uma arte em que apreciamos não só com o paladar, mas também com a visão e o olfato. Alguns pratos despertam…

Por Élida Santos em 01/11/2011

A culinária é uma arte em que apreciamos não só com o paladar, mas também com a visão e o olfato. Alguns pratos despertam ainda mais os sentidos humanos, como por exemplo, as comidas japonesas, em especial as muitas variedades de sushi, que hoje (1° de novembro), comemora os seus 200 anos de existência.

O Dia do Sushi é comemorado em nosso país somente há 10 anos, mas o prato é consumido não só pelos descendentes japoneses, muitas famílias brasileiras, de vez em quando, deixam de lado o arroz e o feijão para saborear um belo sushi. O que a maioria dos apreciadores do sushi não sabe é que esse prato nasceu de uma técnica de conservação do peixe cru que usava arroz e vinagre.

O prato é confeccionado tradicionalmente com molho de vinagre, que é usado para temperar o arroz. Os Sushimans adicionam na receita diversos tipos de peixes e frutos do mar. Os vegetais e as frutas possibilitam que os vegetarianos apreciem essa delícia da culinária japonesa. Para a refeição ficar completa o sushi pode ser servido com wasabi (raiz-forte que tem como base o gengibre) e molho de soja.

O prato produzido hoje sofreu algumas adaptações ao nosso estilo de vida, mas continua sendo altamente nutritivo, pois possui baixas taxas de gordura, carboidrato (que nos dá energia), minerais, vitaminas e ômega três, que é proveniente do peixe e frutos do mar. Acredita-se que em 1800, o sushi que consumimos atualmente (estilo fast-food) ficou conhecido como Edomae zushi, porque era produzido com peixes pescados em Edomae (Baía de Tóquio).

Cada tipo de sushi recebe um nome especial de acordo com os ingredientes e formato com o qual é confeccionado. A Batera, por exemplo, é um sushi que tem em sua composição tomate sweet, arroz prensado, cebolinha, cream cheese e kani. Outro tipo de sushi muito consumido pelos brasileiros é o Ikura, que consiste um bolinho de arroz enrolado em alga. Dentro dessa espécie de cone é acrescentado ovas de salmão.

Um dos pratos mais coloridos da cozinha japonesa é o Niguiri. O sushi nada mais é que a combinação de fatias de kani, manga, pepino e salmão. Tudo é devidamente preso por uma folha de algas. E para quem acha que o sushi é consumido somente cru, fica a dica. O Inarizushi é uma modalidade do prato que é servido quente, após ser frito. O sushi é composto por tofu recheado com arroz, que formam uma espécie de bolsa que é frita.

Ficou com água na boca? Então aproveita o Dia do Sushi para ter um almoço diferente sem precisar ter que ir a um restaurante oriental. Aprenda a fazer o Temaki de salmão, outro tipo de sushi que é uma delícia.

Ingredientes

  • 40g de arroz cozido, com textura de sushi, ou seja, mais “empapado” e com praticamente só com sal e vinagre.
  • 5g de cebolinha
  • ½ folha de alga marinha
  • 50 g de salmão fresco picado

Modo de fazer

Corte a folha de alga no sentido contrário às fibras, tomando cuidado para que ela não se rompa com o corte, que deve ser o mais delicado possível. Coloque a parte da folha mais brilhante em contato com a mão, distribua o arroz em uma das extremidades até a metade da alga.

Agora coloque o salmão misturado com a cebolinha no centro do arroz, de modo que o recheio crie uma espessura que permita enrolar a alga. Enrole a alga conforme o formato desejado. O Temaki pode ter tanto um formato de cone quanto de cilindro. Depois adicione molho de soja a gosto.

Top