Bem Estar

Vigorexia: principais sintomas

A vigorexia é um distúrbio de autoimagem ainda não muito conhecido, que consiste na realização de práticas esportivas, na maioria das vezes musculação, de forma contínua e exagerada a fim de obter um corpo com músculos bem definidos e bastante hipertrofiados. Entenda melhor esse problema e conheça os principais sintomas de vigorexia.

Entenda por que o vício da musculação pode ser perigoso para a saúde.

Mesmo que esteja em ótima forma física, o paciente se acha magro e tem vergonha do corpo. (Foto: divulgação)

Entendendo a vigorexia

A vigorexia apresenta maior incidência entre os homens, mas também pode ocorrer no público feminino. Os pacientes portadores desse tipo de transtorno apresentam uma preocupação excessiva em ganhar massa muscular para ficar “bombado” a qualquer preço. Por isso que, apesar de geralmente serem pessoas bastante fortes, costumam passar várias horas praticando musculação, por se considerarem fracos.

Esse transtorno de imagem resulta em muita dor e até mesmo coloca em risco a saúde de seus portadores, pois por mais que malhem bastante, ainda costumam ter vergonha do próprio corpo, tendendo a procurar “soluções” perigosas, como o uso de esteroides e até mesmo aplicação de produtos que aumentam os contornos musculares.

Saiba o que é bodybuilding, seus benefícios e cuidados.

Pacientes com esse tipo de transtorno de imagem costumam exagerar na musculação. (Foto: divulgação)

Principais sintomas de vigorexia

Geralmente os pacientes portadores de vigorexia apresentam um quadro clínico bastante específico, decorrente da prática exagerada de musculação. Os principais sintomas de vigorexia são:

  • Insatisfação constante com a própria imagem;
  • Paciente se acha extremamente magro, apesar de estar em ótima forma física;
  • Vergonha de expor o corpo;
  • Uso de vários produtos simultaneamente, como suplementos alimentares e esteroides;
  • Ansiedade;
  • Depressão;
  • Irritabilidade;
  • Cansaço frequente e extremo;
  • Dor muscular generalizada;
  • Maior propensão a sofrer lesões musculares e articulares;
  • Insônia.

Todos os indivíduos que apresentarem dois ou mais dos sintomas de vigorexia devem dar uma parada nos treinos por pelo menos 2 semanas, afinal de contas, continuar malhando não trará nenhum tipo de benefício casos os músculos não estejam totalmente descansados.

Tratamento

A vigorexia é um transtorno que necessita de uma abordagem multiprofissional, sendo necessário o acompanhamento médico bem como o tratamento com psicoterapia e aconselhamento nutricional.

Conheça os sintomas de anorexia e saiba como identificar.

Portadores de vigorexia podem colocar a saúde em risco usando anabolizantes. (Foto: divulgação)

Algumas dicas que podem ajudar na recuperação muscular e minimizam a duração dos sintomas é dormir por tempo adequado, dar preferência para alimentos ricos em vitaminas e evitar a realização de exercícios continuamente, sempre respeitando o tempo necessário para restabelecimento da fibra muscular.

Recomendado para você

Serviços

Como tirar passaporte e visto para os Estados Unidos em 2017

Serviços

FGTS inativo 2017: extrato, calendário de saque e atualização de cadastro

Serviços

Porque devemos pagar o IPTU? 5 benefícios que você não sabe

Serviços

Alistamento Militar 2017: Inscrições, Datas

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *