Bem Estar

Uso do celular ao dirigir reduz 80% da atenção

Por Isah

O cérebro humano não consegue se concentrar em duas atividades ao mesmo tempo, por isso o uso do celular ao dirigir reduz 80% da atenção que o indivíduo deveria manter no trânsito. Este tipo de comportamento pode causar acidentes fatais, por isso deve ser evitado ao máximo.

Dirirgir e falar ao celular ao mesmo tempo interfere na concentração no trânsito. (Foto:Divulgação)

O perigo do celular no trânsito

De acordo com a Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet), uma pessoa leva cerca de quatro segundos para pegar o celular e mais cinco segundos para discar o número. Este tempo gasto corresponde a 125 metros de distância de falta de atenção no trânsito, numa velocidade de 50 quilômetros por hora.

Pegar o celular, teclar o número e falar são três atitudes arriscadas durante a direção. Quando o motorista faz isto, ele coloca em risco a sua própria vida e comete uma infração. O Código de Trânsito Brasileiro determina multa de R$ 85,12 para quem dirige falando ao celular, além de quatro pontos na carteira de habilitação.

O condutor que for pego usando celular recebe multa de R$ 85,12. (Foto:Divulgação)

A área do cérebro, chamada de lobo frontal, é responsável pela atenção devido a uma rede de neurônios que faz o indivíduo se concentrar naquilo que está fazendo.  Mas, ela só é capaz de desempenhar bem uma tarefa de cada vez.

Embora a distração no volante seja apenas de alguns segundos, este tempo é suficiente para que aconteça uma fatalidade. O tempo de reação do motorista fica reduzido, algo semelhante com que acontece com o seu cérebro ao dirigir sob o efeito do álcool. O perigo de acidente se torna ainda maior se a pessoa já sofre de algum transtorno de atenção.

Veja também: Dicas para dirigir na estrada

Os problemas do desvio de atenção

O celular dispersa a atenção do condutor do veículo de várias maneiras. Quando atende uma ligação ou envia um SMS, a pessoa que está dirigindo dificilmente olha para o retrovisor, pode acabar seguindo o trajeto errado e até ultrapassar a velocidade compatível com o tráfego.

Com o lobo frontal focado em outra tarefa, o motorista não consegue dirigir com toda a atenção que precisa. (Foto:Divulgação)

Falar ao celular e dirigir ao mesmo tempo faz com que o motorista tenha dificuldades para trocar as marchas e de assimilar a sinalização.

O Governo Federal criou um aplicativo chamado “Mãos no Volante” para incentivar o motorista a não atender o celular enquanto estiver dirigindo. Quando o aparelho recebe uma ligação, o app envia imediatamente uma mensagem de texto, informando que a pessoa está dirigindo e no momento não pode atender. O recurso é bem interessante, fácil de ser usado e estimula a segurança no trânsito.

Saiba mais: Mãos ao volante: Aplicativo para celular e Smartphone

Recomendado para você

Bem Estar

Decolar Passagens Aéreas Promocionais 2017

Bem Estar

Dicas para você ganhar dinheiro na Páscoa 2017

Bem Estar

Remédio caseiro para menstruação atrasada

Beleza

Hidratação Caseira para Cabelos Ressecados

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *