Menu

Notícias

Atualizado em 30 de dezembro de 2012, às 20:08 por Élida Santos
Você está em: MundoDasTribos > Tumulto na apuração do desfiles das escolas de samba de São Paulo

Mocidade é a campeão, já Pérola Negra e Camisa Verde e Branco foram rebaixadas para o grupo de acesso.
397583 confusao e briga atrapalha apuracao das escolas de sao paulo 21212 1329854425654 564x430 Tumulto na apuração do desfiles das escolas de samba de São PauloTumulto interrompeu apuração (Foto: Divulgação)

Durante a apuração dos votos do desfile das escolas de samba se São Paulo a correria começou repentinamente, faltando apenas duas notas para a decisão da campeã da competição. Até então a Mocidade Alegre estava em primeiro lugar, precisando de apenas uma nota 9,9 para garantir a consagração como a melhor de 2012. Isso porque a segunda colocada, Rosas de Ouro, estava com dois décimos a menos no ranking geral até o momento.

O quesito Comissão de Frente tinha as notas anunciadas quando um dirigente da Império da Casa Verde, partiu para cima da mesa onde os representantes da Liga das Escolas de Samba estavam e arrancou das mãos do locutor que informava a pontuação a todos, e saiu em disparada, rasgando as fichas que continham as notas e justificativas dos jurados. Em segui pessoas com o uniforme da Gaviões de Fiel partiram em direção a grade que separava as torcidas dos troféus e da comissão da Liga.

397583 aW1hZ2Vucy8xMzI5ODUzODQ1aW1hZ2VtLmpwZw Tumulto na apuração do desfiles das escolas de samba de São PauloTiago Ciro Tadeu Farias rasgou as notas (Foto: Divulgação)

A confusão foi geral. Alguns integrantes da Camisa Verde jogaram fichas com votos para o ar, enquanto outros membros de escolas rivais chutavam as divisórias que estavam nas laterais da mesa de comando da apuração. A maior parte dos torcedores que protagonizaram a confusão estava usando os símbolos da Gaviões da Fiel. Como a torcida organizada era maioria no Sambódromo paulista, uma parte do local havia sido reservada para que eles pudessem acompanhar a divulgação dos votos longe das demais agremiações.

397583 incendio nos carros alegoricos comecou depois de cerca de meia hora da confusao mas foi controlado rapidamente 21212 1329854738148 pozk Tumulto na apuração do desfiles das escolas de samba de São PauloCarro alegórico em chamas depois de confusão (Foto: Divulgação)

“As escolas têm de saber perder. O jogo é jogado”, disse o presidente da Liga das Escolas de Samba, Paulo Sérgio Ferreira, sobre o lamentável episódio. A Polícia Militar iniciou a retirada de todos os torcedores que estavam acompanhando a apuração. Os primeiros a sair foram os membros da torcida organizada do Corinthians, que caminhavam em direção a quadra da escola. Porém, no caminho, alguns membros da torcida depredaram a lateral da passarela do samba e chegaram a atear fogo no carro alegórico da Pérola Negra.

 

Início da confusão

 

Antes da apuração dos votos começar os presidentes das escolas de samba foram convidados a participar de uma reunião para definir se as notas atribuídas por um jurado substituto valeria. Alguns membros das agremiações reclamaram de não serem avisados sobre a substituição anteriormente, porém a Liga das Escolas de Samba de São Paulo se justificou dizendo que havia encaminhado um e-mail para todos na quinta-feira de Carnaval.

Tiago Ciro Tadeu Farias, de 29 anos, membro da diretoria da Império da Casa Verde, alegou que na reunião que antecedeu a apuração a Liga prometeu parar o anuncio dos votos na metade e dizer a todos presentes que não iria rebaixar nenhuma escola nesse ano por causa do imprevisto com jurados. Porém, até aquele momento nada havia sido feito e sua escola poderia ser rebaixada injustamente.

Já os membros da Gaviões da Fiel justificaram a atitude vandalismo como uma represália as más notas atribuídas injustamente. Além disso, sentiram-se prejudicados pela troca do júri de ultima hora. Os depoimentos não sensibilizaram a policia paulista, que prendeu cinco torcedores da Fiel, mais o dirigente da Casa Verde.

Depois de horas de discussão e reuniões, a Mocidade Alegre foi eleita Campeão pela Liga, que utilizou o artigo 22 do regulamento, que permite a substituição das duas notas faltantes pela única avaliação informada no quesito. Pérola Negra e Camisa Verde e Branco foram rebaixadas para o grupo de acesso.

Veja abaixo a pontuação das escolas de samba até a confusão começar:

Posição Escola Pontuação
Mocidade Alegre 160
Rosas de Ouro 159,8
Vai-Vai 159,7
Mancha Verde 159,5
Unidos de Vila Maria 159,5
Acadêmicos do Tucuruvi 159,5
Tom Maior 159,3
Dragões da Real 159,3
Gaviões da Fiel 159,3
10º X-9 Paulistana 159,1
11º Império da Casa Verde 159
12º Águia de Ouro 158,6
13º Pérola Negra 158,1
14º Camisa Verde e Branco 156,9