Search

Tratamentos para Fobias

Google plus

A fobia é um medo irracional, exagerado e persistente, de algum objeto ou situação. A exposição ao estímulo fóbico constantemente causa ansiedade extrema, medo e podem acontecer ataques de pânico. A maioria dos fóbicos tem a noção de que este medo é demasiado, mas incontrolável.

Existem vários tipos de fobias específicas:

Tipo Animal ocorre devido ao medo de insetos e animais, em geral este tipo de fobia tem início na infância.

Tipo ambiente natural, causado por medo de objetos ou situações do ambiente natural como: tempestades, água, altura. Também têm inicio na infância.

Tipo sangue ocorre devido ao medo de injeções, sangue, ferimentos ou qualquer outro tipo de tratamento invasivo.

Tipo situacional causado por situações específicas, como medo de avião, pontes, túneis, locais fechados. Este subtipo é aparentemente similar ao ataque de pânico com agorafobia.

Os sintomas da Fobia são o medo excessivo descontrole e sintomas de ansiedade, causando taquicardia, sudorese, medo paralisante, sensação de que vai desmaiar, angústia, aversão, pânico, entre outros.

Uma pergunta que acredito que preciso deixar claro é quanto qual a diferença entre fobia e medo normal?

A fobia é um medo excessivo e irracional, desencadeado pela exposição ou antecipação de determinada situação ou objeto. As pessoas com fobias específicas percebem que seu nível de medo é excessivo, mas mesmo assim evitam qualquer exposição ao objeto ou situação temido. O medo é uma reação psicológica e fisiológica normal, em resposta a alguma ameaça ou perigo, ou à antecipação dos mesmos.

Não existe prevenção contra fobia o que pode ser feito é criar uma estrutura psicológica mais firme, pois uma criança criada com mais segurança, com mais amor, mais afeto, amparo, mais protegida adequadamente, mas sem exageros, ela se desenvolve psicologicamente de maneira adequado, estando menos sujeita às fobias do que outra criança com uma série de problemas, encrencas, de pais separados e outras questões, portanto uma insegurança na constituição psicológica é que vai determinar o aparecimento de fobias.

Quanto ao tratamento da fobia:

Os sintomas físicos podem ser tratados com o ajuda de medicamentos específicos. Há situações em que o primeiro remédio não produz resultado, mas isso não quer dizer que se trata de um caso incurável, basta procurar uma medicação que surtira melhor efeito. As medicações não devem ser interrompidas por conta própria, ou seja, a avaliação das dosagens e freqüência de administração deve ser realizada por médicos.

Quanto á síndrome do Pânico, que é uma das formas mais graves de fobia, é necessário uma abordagem farmacológica e psicoterápica no tratamento, os ataques de pânico podem ser controlados com medicamentos antidepressivos em baixas doses. Já os sintomas fóbicos raramente melhoram espontaneamente, mesmo após o controle das crises, necessitam de um controle psicoterápico.

Existem algumas estratégias que podem ajudar a ultrapassar as fobias, você pode aprender um pouco mais sobre o que é a fobia, perceber qual o seu tipo de fobia é o primeiro passo para ultrapassá-la. É importante que saiba que as fobias são comuns e não fazem de você um louco, elas são facilmente tratadas, mudar os seus pensamentos negativos pode ajudar também.

Mas é de fundamental importância procurar ajuda médica, nada como um profissional para lhe aconselhar o que fazer e como se tratar.


Google plus


Compartilhe suas ideias! Deixe um comentário...

Antes de enviar um comentário, verifique seu conteúdo. Comentários que violem os Termos de Uso e Condições de Navegação do Portal mundo das Tribos e as leis em vigor poderão ser removidos pelo Portal Mundo das Tribos, sem prejuízo da adoção das medidas legais cabíveis pelo Portal.

Política de privacidade
Termos de uso e condições do site


Top