Menu

Brasil

Atualizado em 23 de julho de 2008, às 11:31 por Carol Vergel ()
Você está em: MundoDasTribos > Tratamento para Cabelos Danificados pela Escova Progressiva

TratamentoparaCabelosDanificados 1 Tratamento para Cabelos Danificados pela Escova Progressiva

Quando a escova progressiva surgiu muitas mulheres se submeteram a ela, pois era a solução para conseguir cabelos lisos e fáceis de cuidar sem necessidade de perder um tempão com o secador. Mas, com o passar do tempo o resultado para muitas foram cabelos danificados ou estragados pela escova progressiva.

O problema está na escova progressiva que não são autorizadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) por conterem uma quantidade de formol além do permitido. Quando uma escova progressiva tem muito formol resulta em um afinamento excessivo dos fios, estes ficam quebradiços e perdem o brilho, segundo o cabeleireiro Junior Carvalho.

Para quem teve uma progressiva mal feita, a dica é não fazer mais nada sem antes consultar um bom cabeleireiro. Pois só um bom profissional poderá analisar seus fios, avaliar o tamanho do estrago e indicar o melhor tratamento.

Os tratamentos mais indicados são os que recuperam a queratina perdida dos fios, como, por exemplo, à cauterização e a plástica capilar, que trata cabelos frágeis e ressecados.

A plástica é uma cauterização com hidratação, que recupera a força e a maciez dos fios, mas é um tratamento novo no mercado que só deve ser feito por profissionais qualificados, segundo Junior.

Para quem prefere tratar do cabelo em casa terá um processo mais lento, mas é possível, veja as dicas do cabeleireiro Junior:

Cabelo com progressiva deve fugir de shampoos transparentes, que têm ação detergente, e de shampoos hidratantes demais porque o tratamento costuma deixar a raiz oleosa. Faça uma combinação com um condicionador hidratante para fios danificados e, uma vez por semana, faça uma máscara de hidratação profunda. Utilize produtos que tenham queratina na fórmula.

Conforme Junior, cortar as pontas também pode ajudar a resgatar os fios. Se os cabelos estiverem muito danificados, será necessário cortar um pouco mais na primeira vez. Depois, um corte a cada dois meses é o suficiente para retirar as partes mais estragadas sem mudar muito o comprimento.