Menu

Brasil

Atualizado em 7 de abril de 2010, às 19:22 por Carol Vergel ()
Você está em: MundoDasTribos > Técnica de Massagem Shantala – Passo a Passo Shantala

massagemshantala Técnica de Massagem Shantala – Passo a Passo Shantala

Para quem não sabe a Shantala é uma técnica de massagem para bebês que foi desenvolvida por Fréderick Leboyer, e consiste em um momento diário de afeto em mãe e bebê.

A Shantala é uma massagem milenar indiana, e surgiu em Kerala no Sul da Índia, para especificar melhor a Shantala é a massagem que a Maya fazia em seu filho na novela Caminho das Índias. A técnica surgiu quando o médico francês estava de passagem pelo país e presenciou a cena de uma mãe numa calçada pública massageando seu bebê, e, o nome da massagem é Shantala porque recebeu o nome da mulher.
A técnica hoje é bastante usada pelas mães como forma de carinho e para acalmar os seus bebês.

Passo a passo massagem Shantala:

Sente-se no chão com as costas apoiadas na parede e as pernas esticadas. Aqueça as mãos na água morna ou friccionando-as com óleo vegetal puro.

Cada movimento feito deve ser repetido de três a dez vezes. Deslize as mãos espalmadas do centro do peito do bebê para as axilas e do centro do peito para os ombros.

Depois, com as mãos em X deslize uma mão do peito para o ombro esquerdo e a outra do peito para o ombro direito.

Envolva o braço do bebê com a mão, como se formasse um bracelete, e vá do ombro em direção ao punho.

A bra a mão do bebê com os seus polegares, indo desde a palma até os dedinhos.

Deslize toda a mão do bebê pela sua mão.

Segure cada dedinho fazendo uma massagem na ponta de cada um. Repita os movimentos no braço e na mão direita.

Com as mãos em concha, escorregue a lateral externa das mãos desde a base das costelas até o quadril.

Segure as pernas do bebê para o alto e use o antebraço para deslizar da costela ao quadril do bebê.

Envolva a perna do bebê formando um bracelete e vá desde a virilha até o tornozelo, alternando as mãos.

Com as duas mãos faça um movimento de vai e vem, desde a virilha até o tornozelo, ficando um pouco mais no tornozelo para estimular a circulação.

Movimente os seus polegares do centro do pé do bebê até os dedinhos.

Deslize toda a mão pelo pé do bebê.

Segure cada dedo, começando sempre pelo polegar, e massageie a pontinha de cada um deles. Repita os movimentos com a perna e o pé direito.

Depois vire o bebê de bruços no seu colo, deixando-o perpendicular às suas pernas e com a cabeça voltada para o seu lado esquerdo, mantenha as duas mãos espalmadas e faça movimentos de vai e vem, descendo da nuca ao bumbum e depois subindo.

Mantenha a sua mão direita no bumbum do bebê e deslize a mão esquerda com o polegar aberto, da nuca ao bumbum.

Depois volte o bebê para a posição inicial, junte os dedos no centro da testa do bebê e faça um semicírculo, contornando cada olho.

Volte para o centro da testa e faça outro semicírculo, indo em direção às maçãs do rosto. Por fim, faça semicírculos, indo até o queixo.

Com os polegares, suba desde a base do nariz até o centro da testa e volte, fazendo um movimento de vai e vem.

Segure as mãos do bebê, abra seus bracinhos e depois feche, cruzando-os e alternando o braço que fica por cima. O exercício ajuda a aliviar tensões nas costas e melhora a respiração.

Cruze as perninhas do bebê em posição de lótus, com os pés sobre o joelho oposto e o outro joelho sobre o outro pé, e leve-as em direção a barriga. Alterne as perninhas.

Para finalizar de um banho de imersão, em água morna, com apenas o rostinho e os ouvidos do bebê de fora, elimina as tensões que ainda possam existir no corpo dele e retira o excesso de óleo. Segure-o por baixo e deixe-o flutuar por entre cinco e dez minutos.

Depois desse “ritual” o bebê sentira mais calma e você também, experimente fazer essa massagem, vai adorar.