Menu
Você está em: MundoDasTribos > Tatuagens são problema para o Apple Watch

A Apple confirmou que as tatuagens podem atrapalhar o funcionamento do sensor de frequência cardíaca do seu relógio inteligente.
Por Andre -

Tatuagens são problema para o Apple Watch, de acordo com notícia divulgada pela famosa marca da maçã, que afirma que a arte corporal, adotada por milhões de pessoas em todo o mundo, pode atrapalhar o funcionamento do relógio inteligente.

Tatuagens são problema para o Apple Watch (Foto Ilustrativa)

Se você possui tatuagens, especialmente no braço e no pulso, e está pensando em gastar algumas centenas de dólares para adquirir o relógio inteligente da Apple, vale ficar atento a essa notícia, pois as tattoos podem interferir no funcionamento correto de algumas funções do dispositivo.

De acordo com a fabricante, as alterações permanentes ou temporárias na pele, como as tatuagens, podem afetar o desempenho do sensor de batimentos cardíacos do aparelho, além de atrapalhar também outros recursos do Apple Watch.

Tudo sobre o Apple Watch

Tatuagens são problema para o Apple Watch

A tinta das tatuagens pode atrapalhar o funcionamento do sensor de frequência cardíaca do Apple Watch (Foto Ilustrativa)

O motivo pelo qual as tatuagens atrapalham o funcionamento do Apple Watch é que a tinta e a saturação de algumas tattoos podem bloquear a luz do sensor de frequência cardíaca do relógio, tornando mais difícil o processo de obter leituras confiáveis.

Ainda de acordo com a Apple, as falhas estão ligadas ao sensor com luzes de LED verdes e fotodiodos (que são sensíveis à luz) do dispositivo, cuja função é medir a pressão e a frequência dos batimentos cardíacos. Determinadas tonalidades podem confundir o sensor, fazendo-o apresentar leituras erradas.

O relógio inteligente funciona em conjunto com as versões mais recentes do iPhone (Foto Ilustrativa)

Entenda o que é o Moto 360

Outro problema detectado pela empresa é que as tatuagens mais escuras também podem gerar problemas no smartwatch, impedindo-o de conseguir identificar o pulso do usuário. Dessa forma, o relógio acaba deixando de mostrar as notificações e pode até mesmo desligar.

Sobre o relógio inteligente da Apple

As tattoos também podem impedir a identificação do pulso do usuário, fazendo com o dispositivo desligue (Foto Ilustrativa)

Lançado recentemente, o relógio inteligente da Apple traz funções bastante interessantes, especialmente para quem já possui um iPhone. Conectado via Bluetooth ao iPhone 5 ou versão mais recente do smartphone, ele emite vários alertas sobre mensagens recebidas, notificações, chamadas, etc.

Além disso, o dispositivo também permite monitorar as atividades físicas, ajudando na melhora do seu desempenho, e ainda funciona como uma carteira virtual, para a realização de pagamentos via NFC, entre diversas outras funções.

Relógios inteligentes: quais são, preços

Há três modelos disponíveis atualmente, e o preço do Apple Watch parte de US$ 349,00 (o equivalente a R$ 1.073,94, pela cotação do dia 4 de maio de 2015).


RECEBA OS ARTIGOS VIA EMAIL