Menu
Você está em: MundoDasTribos > Sisutec 2016 Inscrições, vagas, cursos

O Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica oferece vagas em cursos técnicos gratuitos para quem participou do Enem.

Saiba mais sobre o Sisutec 2016 Inscrições, vagas, cursos. O Ministério da Educação está se preparando para lançar um novo processo seletivo da educação profissional e tecnológica. Leia a matéria e confira todas as informações a respeito da nova edição do programa, que oferece uma boa quantidade de vagas gratuitas em cursos técnicos de todo o país.

Sisutec 2016 Inscrições, vagas, cursos (Foto Ilustrativa)

Sisutec 2016 Inscrições, vagas, cursos (Foto Ilustrativa)

Gerenciado pelo Ministério da Educação (MEC), o Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) possibilita às instituições públicas e privadas de ensino superior e de educação profissionalizante disponibilizar inúmeras oportunidades de ingresso em cursos técnicos grátis.

A seleção acontece duas vezes por ano, sendo uma delas no início do primeiro semestre e a outra no início do segundo semestre, abrindo boas possibilidades para quem deseja incrementar o currículo.

Leia mais: Sisu 2016 Edital e inscrição

Sisutec 2016 Inscrições, vagas, cursos

O Sisutec contribui para a formação de novos trabalhadores (Foto Ilustrativa)

O Sisutec contribui para a formação de novos trabalhadores (Foto Ilustrativa)

Confira os tópicos abaixo e esclareça as principais dúvidas sobre Sisutec 2016 Inscrições, vagas, cursos:

Vagas Sisutec 2016

No início de março de 2016, o Governo Federal anunciou uma nova etapa do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego. Serão lançadas 2 milhões de vagas ao longo do ano, sendo que 372 mil vão contemplar os candidatos inscritos no Sisutec. Vale recordar que, em 2015, o Sistema de Seleção da Educação Profissional e Tecnológica realizou uma única edição para ofertar apenas Neste ano, o Sisutec oferece 83.641 vagas em 515 municípios.

Cursos gratuitos Sisutec 2016

Os cursos gratuitos Sisutec 2016 são destinados aos candidatos que participaram da edição 2015 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), ou seja, as notas do Enem 2015 serão utilizadas para a seleção dos novos alunos.

Trata-se de cursos técnicos grátis, na modalidade subsequente (o candidato deve ter concluído o ensino médio), ministrados por Institutos Federais, universidades, faculdades e instituições como o Senai, Senac, Sesi e Senar, entre outras, que são parceiras do governo federal no programa.

Os cursos grátis Sisutec abrangem diversas áreas do conhecimento (Foto Ilustrativa)

Os cursos grátis Sisutec abrangem diversas áreas do conhecimento (Foto Ilustrativa)

Saiba mais: Prouni inscrições e vagas 2016

A lista de cursos técnicos gratuitos Sisutec primeiro semestre de 2016 ainda não foi divulgada, mas deverá abranger qualificações de diversas áreas do conhecimento (alimentos, automotiva, química, vestuário, saúde, moda, mecânica, elétrica, etc). Em 2015, os cursos mais procurados no sistema foram: técnico em segurança do trabalho, técnico em logística, técnico em enfermagem e técnico em informática.

Inscrições Sisutec 2016

As inscrições para o Sisutec são feitas pela internet (Foto Ilustrativa)

As inscrições para o Sisutec são feitas pela internet (Foto Ilustrativa)

O Sisutec 2016 primeiro semestre deve ter as inscrições se iniciando em breve. Todo o processo de candidatura é gratuito e acontece através do site oficial do programa, www.sisutec.mec.gov.br. O candidato acessa o sistema com os dados de login do Enem, escolhe as opções de curso e aguarda a publicação das listas de chamada.

Cada candidato pode escolher até duas opções entre as vagas ofertadas pelas instituições participantes do Sisutec 2016, definindo a ordem de preferência e informando se deseja disputar as vagas destinadas à ampla concorrência ou às oportunidades do sistema de cotas.

Ao final do processo de inscrição, o sistema seleciona os candidatos mais bem classificados em cada curso, levando em conta as notas do Enem. Posteriormente, os convocados têm um prazo para efetuar a matrícula diretamente na instituição. Quem não consegue garantir uma vaga pode contar com as vagas remanescentes da lista de espera, que são ocupadas sem a obrigatoriedade do Enem.

Veja também: PRONATEC 2016: inscrições, cursos e vagas

Cursos mais concorridos do Sisutec

Ao todo são nove cursos mais concorridos no sistema Sisutec, veja abaixo quais as opções disponíveis e o que propõe cada um:

 

 ✓Análises Clínicas

Curso técnico que prepara profissionais para diagnosticar diversas doenças ao fazer análises minuciosas do laboratório e também coletar sangue durante exames.

 

 ✓Técnico em Meio Ambiente

O curso prepara profissionais para coletar e interpretar dados relacionados ao controle ambiental.

 

 ✓Técnico em Logística

Curso forma profissionais para planejar e gerenciar instalações de logística em empresas.

 

 ✓Técnico em Informática

Curso prepara profissionais para lidar com todo o processo de manutenção e operação de computadores.

 

 ✓Técnico em Enfermagem

Formados no curso trabalham sob supervisão de um enfermeiro, prestando assistência em casos de maior complexidade.

 

 ✓Técnico em Radiologia

Profissional formado atua no processamento e manipulação de imagens analógicas e digitais de pacientes submetidos a exames radiográficos.

 

 ✓Técnico em Edificações

Profissional acompanha obras, elabora relatórios gerenciais e tudo mais que está ligado a construção de edifícios.

 

 ✓Técnico em Mecânica

Curso forma profissionais para atuar no desenvolvimento de projetos, controle de trabalhos da produção mecânica e realização de manutenção mecânica de máquinas.

 

 ✓Técnico em Eletrotécnica

Curso forma profissionais para trabalhar nas diferentes áreas da indústria, podendo atuar em materiais elétricos, mecatrônica, informática e telecomunicações, até utilidades domésticas.

 

Cursos mais buscados no Sisutec

 

Os cursos mais buscados no Sisutec são os relacionados acima que figuram na lista de mais concorridos do Sisutec, sendo eles: Análises Clínicas, Técnico de Meio Ambiente, Técnico em Logística, Técnico em Informática, Técnico em Radiologia, Técnico em Edificações, Técnico em Mecânica e Técnico em Eletrônica.

 

Perguntas frequentes do Sisutec

 

– O que é o Sisutec

 

Abreviação de Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica, o  Sisutec é o sistema informatizado, que tem como responsável por sua atuação o Ministério da Educação (MEC).Pelo Sisutec, instituições públicas e privadas que oferecem ensino profissional e tecnológico disponibilizam vagas gratuitas em seus cursos para os candidatos que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

 

O programa é mais uma forma de garantir a população carente  acesso a educação,especialmente ao ensino profissionalizante e técnico que oferece condições de trabalho no futuro e mudança de vida entre os estudantes abrangidos pelo sistema de estudo.

 

– Data provável de inscrições do Sisutec 2017

 

A data ou período de inscrições do Sisutec 2017 ainda não foi divulgado, mas é provável que ocorra até entre julho e o fim de agosto de 2016 para início em fevereiro de 2017, visto que em edições anteriores o período aberto para inscrições foi entre os meses de junho e julho. O resultado da primeira chamada deve ser divulgado ainda em julho, com a matrícula liberada para ser feita no mesmo mês.

 

A segunda chamada deverá ter resultado depois do encerramento do período de matrícula da primeira chamada,  e a lista de espera, com as vagas remanescentes, deverá ser liberada entre julho e setembro. O começo das aulas, normalmente, fica estipulado para o próximo semestre. Como em edições anteriores os prazos foram bastante similares, é provável que a edição 2017 tenha prazos parecidos aos antigos.

 

– Como saber quais instituições participam do Sisutec

 

A lista completa de instituições participantes do Sisutec fica disponível no próprio site do programa, o http://sisutec.mec.gov.br/, sendo atualizada a cada semestre letivo com as universidades, faculdades e instituições de ensino disponíveis. Pelo endereço é possível verificar quais instituições irão participar da edição e quantas vagas oferecidas estão disponíveis em cada entidade de ensino.

 

– Como consultar a nota de corte do Sisutec passo a passo

 

As notas de corte do Sisutec são calculadas uma vez por dia, sendo que o cálculo realizado é feito da (menor nota para ficar entre os candidatos que têm maior potencial de serem selecionados) para cada curso de acordo com uma base sobre a quantidade de vagas disponíveis e no total dos candidatos inscritos naquele curso, por modalidade de concorrência.

 

É necessário lembrar que a nota de corte é somente uma referência para ajudar o candidato na busca e realização de sua inscrição, não sendo garantido que será escolhido para a vaga ofertada. O Sisutec não faz o cálculo automaticamente da nota de corte e ela muda seguindo a nota dos inscritos. A nota de corte é apenas divulgada pelo sistema a partir do segundo dia de inscrição.

 

No caso da classificação parcial mostrada ainda no período de inscrição no Sisutec, o candidato pode verificar, em seu boletim de inscrição sua classificação parcial liberada na opção de curso escolhido. O cálculo da classificação é feito com as notas dos candidatos que se inscreveram na mesma opção. Dessa forma, é somente uma referência e pode ser observada pelo aluno no período em que o sistema estiver aberto para as inscrições.

 

– Como me inscrever no Sisutec passo a passo

 

Para se inscrever no Sisutec (Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica) é preciso ficar de olho no período de inscrições do programa e ter, antes de tudo, participado da última edição do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).

 

A inscrição para o Sisutec é sempre realizada pela internet e deverá ser feita, com o número de inscrição e a senha do último Enem promovido no país. Dessa forma, se o candidato não se lembrar de seu número de inscrição ou de sua senha, deverá pesquisar esses dados diretamente na página do Exame Nacional.

 

Para quem tiver em mãos o número de inscrição do último Enem, basta entrar no site do Sisutec, o http://sisutec.mec.gov.br/, ir até inscrição e preencher os 3 passos que completam o cadastro. O primeiro é relacionado ao processo de pesquisa das vagas, busca que pode ser feita pelo nome do município, através do nome da instituição ou do curso.

 

No segundo passo, é preciso escolher uma das opções na qual quer concorrer como candidato e clicar na opção de “Escolher esta modalidade” para seguir em frente. Feito tudo isso, o terceiro e último passo para inscrição é confirmar os dados do curso que selecionou para concorrer no Sisutec, conferir a documentação exigida pela instituição para a matrícula, em caso positivo de aprovação, e clicar em “Confirmar minha inscrição”.

 

– Como participar do Sisutec? (regras)

 

Para participar do Sisutec é preciso ter prestado o último Enem e obtido nota maior do que zero ao realizar a avaliação. Quem estudou em escola pública durante o ensino médio ou teve bolsa de pelo menos 50% em escolas privadas também pode participar do Sisutec.

 

Metade das vagas oferecidas pelas instituições federais são direcionadas para alunos de famílias com renda igual ou menor a um salário mínimo e meio per capita, que tenham frequentado escolas da rede pública durante os estudos ou sido bolsista integral em escolas privadas.

 

O cálculo da renda per capita é feito ao somar toda a renda mensal bruta da família. O valor total que será mostrado como resultado deve ser dividido por cada membro da família  para chegar ao resultado do valor da renda per capita. Nesse cálculo entra não somente o salário, mas tudo que é pagou ou recebido aos entes componentes da família, como aluguel de casas, por exemplo.

 

– Tenho limites de cursos para me inscrever pelo Sisutec?

 

Na hora de fazer a inscrição, o candidato interessado pode escolher até duas opções, segundo seu critério pessoal de preferência entre as vagas disponibilizadas pelas instituições de ensino que participam do Sisutec.

 

Ao fazer sua inscrição o aluno também pode selecionar se prefere concorrer às vagas direcionadas para alunos que cursaram o ensino médio completo na rede pública ou em escolas particulares como bolsista integral; ou ainda se candidatar para vagas reservadas a pessoas de pele negra, parda e indígenas.

 

Na fase de inscrição, o aluno candidato também pode alterar opções de curso que havia selecionado em um primeiro momento, pois será considerada como válida a última inscrição que confirmar no site dentro do período de inscrições.

 

No final da etapa de inscrição, o sistema do Sisutec escolhe de forma automática os estudantes que tem a maior e mais alta classificação em cada curso, seguindo as notas no Enem de cada um dos inscritos.

 

Serão classificados como selecionados apenas os estudantes escolhidos dentro do número de vagas oferecidas pelo Sisutec em cada curso, por modalidade de concorrência. Se a nota final do aluno permitir sua aprovação nas duas opções de curso ou vaga que ele escolheu, valerá automaticamente a primeira opção deixada como escolha na ficha de inscrição. Duas chamadas chamadas sucessivas serão realizadas. Para cada chamada, os alunos escolhidos contam com prazo estipulado para fazer a matrícula na instituição de ensino que o chamou e confirmar assim a ocupação da vaga.

 

– Posso me inscrever no Sisutec mesmo já tendo feito uma graduação?

 

 O Sisutec é um programa governamental que se direciona a estudantes já formados no ensino médio e que buscam capacitação profissional para ingressar no mercado de trabalho com status de nível profissional ou técnico. Na lista dos requisitos do programa é deixado claro que para participar o candidato deve ser de baixa renda, tenha cursado todo o ensino médio em escola da rede pública de ensino ou sido bolsista integral em instituições privadas do país.

 

Dessa forma, não é permitido que quem já tenha uma graduação no currículo se inscreva para o programa, pois o Sisutec busca dar oportunidades para quem nunca teve como estudar ou não teria outra alternativa para ingressar no ensino profissional e técnico.

 

– Qual a importância de ter um bom desempenho no Enem para o Sisutec?

 

A importância de ter um bom desempenho no Enem para o Sisutec é total, visto que a forma de inscrição e a única maneira de ingressar no ensino profissional e tecnológico através do programa é feito somente com a nota do estudante de sua participação na mais recente edição do Exame Nacional de Ensino Médio realizada pelo país.

 

Sendo assim, muitos estudantes acabam por focar diretamente seus esforços e estudos nas perguntas e modelos de provas de anos anteriores do Enem, pois dessa forma podem se preparar melhor para os testes que enfrentarão e todo o mundo de possibilidades que o Exame Nacional do Ensino Médio oferece. Além de permitir a inscrição no Sisutec, a participação e claro, o bom desempenho, proporcionam acesso ao cadastro no Sisu, Prouni, Fies, Ensino Técnico e concede certificação de ensino médio completo para quem teve de largar os estudos durante esses três últimos anos.

 

Outra importância de ter um bom desempenho ou uma boa nota no Enem é que a avaliação tem sido usada por muitas universidades do país no lugar de provas vestibulares.

 

Grande quantidade das instituições de ensino superior e técnico enxergam o Enem como importante método de seleção ou mesmo como uma parte do vestibular. As maneiras como a nota do exame são usadas para avaliação são bastante diversificadas: elas podem valer para fase única de avaliação, direcionadas para função da 1ª fase ou etapa do vestibular, usadas como parte da nota no processo seletivo ou também para preencher vagas remanescentes que estão na lista de grandes universidades, faculdades e instituições de ensino do país.

 

Após a liberação das notas e resultados do Enem, o MEC (Ministério da Educação) oferece suas instituições de ensino credenciadas, de forma online, boletim de desempenho dos estudantes, mostrado de acordo com a quantidade de vezes em que ele se inscreveu e que desejar informar a universidade. Em grande parte dos casos, é preciso que o estudante diga que sua opção é a de usar a nota do Enem no processo seletivo ou de inscrição no vestibular da instituição de ensino que escolheu.

 

– Qual a diferença de Sisu e Sisutec?

 

A principal diferença entre o Sisu e o Sisutec é que o primeiro oferece acesso a vagas de ensino superior, enquanto que o Sisutec se destina a cursos profissionalizantes e técnicos. No restante dos processos e trâmites para ingressar em instituições de ensino é bastante parecido.

 

O Sisu conta apenas com uma única etapa de inscrição. Ao realizar a inscrição, o candidato pode escolher, seguindo critérios de sua preferência, até duas modalidades de cursos na lista de vagas oferecidas pelas instituições que participam do programa. O aluno ainda pode definir se quer participar das vagas de vasta concorrência ou das opções de vagas reservadas segundo a política da Lei de Cotas ou às vagas que se destinam a outras políticas afirmativas das instituições de ensino, assim como no Sisutec.

 

Na fase de inscrições do Sisu, o aluno tem a chance de mudar suas opções de cursos para o qual se inscreveu, assim como é permitido no Sisutec, pois será dada como válida a última alteração feita na hora da inscrição confirmada.

 

No fim da etapa de inscrição, o sistema escolhe de maneira automática, assim como no Sisutec, os alunos inscritos mais bem colocados na classificação de cada curso, isso seguindo suas notas obtidas no ENEM e em demais pesos direcionados às notas ou bônus.

 

Serão tidos como estudantes classificados apenas os que se encaixarem dentro dos critérios e  número de vagas disponibilizadas pelo SiSU em cada curso, seja por modalidade de concorrência. Assim como o Sisutec, se a nota do estudante inscrito permitir sua classificação nas duas opções de vaga que ele escolheu, ele será selecionado apenas para primeira opção de estudo que deixou em sua ficha de inscrição. Duas chamadas sucessivas serão realizadas e a  cada chamada, os estudantes aprovados e selecionados contarão com prazo para efetivar a matrícula na instituição de ensino que se cadastraram, confirmando assim a devida ocupação da vaga.

 

No caso de estudantes escolhidos para a primeira opção do curso que se inscreveram, eles não participarão da chamada subsequente, independentemente de terem feito ou não a matrícula na instituição de ensino superior para a qual foi aprovado como selecionado.É por conta disso que o candidato deve ficar de olho nos prazos.

 

 

Depois de feitas as chamadas regulares pertencentes ao processo seletivo, o SiSU liberará às instituições de ensino participantes a Lista de Espera para serem usadas de forma prioritária no preenchimento das vagas que eventualmente ainda não foram ocupadas.

 

O candidato que tiver interesse em participar da Lista de Espera do SiSU, deve acessar o próprio boletim online, que fica disponível no site do sistema e clicar na opção de manifestar o interesse para o curso, isso é claro dentro do prazo especificado no cronograma.

 

Somente os candidatos que não foram selecionados em nenhuma de suas opções registradas nas chamadas regulares é que podem participar da lista de espera,  assim como os candidatos escolhidos em sua segunda opção, independente de terem feito a matrícula nessa vaga ou não.

 

A participação na lista de espera será apenas possível de ser realizada na primeira opção de vaga do candidato. Havendo vaga disponível, os candidatos devem ser convocados pela instituição de ensino para a realização das matrículas nos cursos de seu interesse.O SiSU e o Sisutec tem todos os procedimentos e métodos de inscrição online, no site de cada programa.

Agora você já sabe tudo sobre o Sisutec 2016 Inscrições, vagas, cursos. Acompanhe as novidades sobre o programa através do site sisutec.mec.gov.br. Em breve o Ministério da Educação vai divulgar um calendário com as datas do próximo processo seletivo. Leia mais sobre esse e outros assuntos navegando pelo Mundo das Tribos.


Recomendados para você:

RECEBA OS ARTIGOS VIA EMAIL