Menu

Saúde

Atualizado em 27 de fevereiro de 2013, às 6:10 por Analu
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Sintomas de câncer infantil

O câncer infantil é uma realidade e necessita de atenção especial. Conheça os sintomas do câncer infantil.

O câncer infantil é uma realidade. Por isso os pais devem estar atentos a qualquer manifestação que a criança possa apresentar, de modo a prevenir qualquer futura consequência. Na maioria dos casos, as crianças apresentam manifestações comuns e que acabam passando despercebidas pelos pais. Algo que pode ser um grande erro! Tendo isso em vista, separamos alguns exemplos de sintomas de câncer infantil.

Saiba mais sobre as casas de apoio à criança com câncer.

585652 Saiba mais sobre os sintomas do câncer infantil. Foto divulgação Sintomas de câncer infantil Saiba mais sobre os sintomas do câncer infantil. (Foto: divulgação)

Câncer infantil – um problema que merece muita atenção

Os pais devem estar sempre alertas às manifestações que os filhos possam apresentar. Isso porque, é muito difícil uma criança inventar algum sintoma. Devido a isso, diante de qualquer anormalidade dos filhos, os pais devem buscar a orientação de um especialista para uma avaliação adequada. Vale ressaltar que alguns sinais e sintomas do câncer infantil, estão relacionados às doenças comuns na infância, justificando ainda mais o motivo de buscar a orientação de um especialista.

Saiba quando procurar ajuda médica 

Como foi mencionado anteriormente, a manifestação clínica dos tumores infantis pode não diferir de doenças benignas e que são comuns nessa faixa etária. Além disso, na maioria dos casos, a criança ou o jovem está em condições razoáveis de saúde, em especial, no início da doença. Por isso, é muito importante que diante de qualquer condição clínica duvidosa, os pais devem buscar a orientação de um especialista.

585652 Os pais devem ficar atentos aos sintomas das crianças. Foto divulgação Sintomas de câncer infantil Os pais devem ficar atentos aos sintomas das crianças. (Foto: divulgação)

Conhecendo mais sobre as manifestações do câncer infantil

Cada tipo de câncer infantil pode apresentar uma manifestação clínica na criança. Assim, é muito importante que os pais fiquem atentos às queixas que seus filhos possam apresentar e, diante delas, buscar a orientação de um especialista. Conheça abaixo quais são os sinais e sintomas alarmantes.

  • Leucemias – devido a invasão da medula óssea por células anormais, a criança se torna mais sujeita a infecções. Além disso, ela pode se tornar pálida, apresentar sangramentos e sentir dores ósseas;
  • Retinoblastoma – crianças com esse tipo de câncer podem apresentar o “reflexo do olho do gato” que é caracterizado pelo clareamento da pupila quando esta é exposta à luz. Além disso, seu filho pode se queixar de sensibilidade à luz, sentindo desconforto no momento em que é exposto à iluminação;
  • Tumor de Wills ou neuroblastoma – a criança começa a manifestar um aumento do volume abdominal, podendo vir associado ou não a dor local;
  • Osteossarcoma – esse tipo de câncer infantil pode apresentar uma formação de massa, podendo esta ser ou não visível, e causar dor nos membros do corpo;
  • Tumor do sistema nervoso central – a criança pode se queixar de dor de cabeça, vômitos, apresentar alterações do comportamento, assim como paralisia dos nervos.

    585652 Diante de qualquer sintoma infantil os pais devem buscar a orientação de um especialista. Foto divulgação Sintomas de câncer infantil Diante de qualquer sintoma mencionado, os pais devem buscar a orientação de um especialista. (Foto: divulgação)

O câncer infantil é uma doença que merece grande atenção. Isso porque, quando não devidamente tratada, pode ser fatal. Após conhecer alguns sinais e sintomas que são sugestivos de câncer infantil, é ideal buscar a orientação de um especialista, diante deles. A vida de seu filho, merece esse cuidado.

Saiba mais sobre o câncer de pele.

A categoria Saúde do portal Mundodastribos.com é um espaço informativo de divulgação e educação sobre os temas relacionados à saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento, sem antes consultar um profissional de saúde.