Menu

Saúde

Atualizado em 11 de fevereiro de 2013, às 8:27 por Isabella Moretti
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Sintomas da doença do beijo

A doença do beijo é causada por um vírus da família do herpes e tem sintomas semelhantes ao da gripe.

A mononucleose, conhecida popularmente como doença do beijo, é muito frequente durante o Carnaval. Nesta época do ano, as pessoas estão dispostas a cair na folia, ou seja, elas querem dançar, cantar e beijar muito. Ao extravasar e trocar muitos beijos, o folião corre o risco de contrair a mononucleose.

579249 Sintomas da doença do beijo 2 Sintomas da doença do beijoA doença do beijo se pega especialmente no Carnaval. (Foto:Divulgação)

Saiba mais: Doenças transmissíveis no beijo, dicas, cuidados

Transmissão da doença do beijo

O vírus que causa a doença do beijo pertence à mesma família do herpes. A transmissão acontece pela troca de salivas. Depois de ter contato com o portador de mononucleose, o indivíduo leva um mês e meio para desenvolver os sintomas típicos.

A mononucleose é normalmente transmitida pelo beijo, mas em alguns casos, o indivíduo também pode ser contaminado se tiver contato oral com o copo ou talher de um portador do vírus.

Mesmo depois dos sintomas desaparecerem, a doença do beijo pode ser transmitida por até um ano e meio. A mononucleose costuma se manifestar apenas uma vez, pois o organismo passa a produzir anticorpos que combatem o vírus.

Sintomas típicos da doença do beijo

No início, os sintomas da doença do beijo são confundidos com uma gripe. O indivíduo que contraiu o vírus sente cansaço, náuseas, mal estar, dor de garganta, dor nas articulações, febre e dor de cabeça. Ele também pode desenvolver manchas de pele, ínguas no pescoço, tosse e inflamação no fígado.

579249 Sintomas da doença do beijo 1 Sintomas da doença do beijoA dor de garganta é um dos sintomas. (Foto:Divulgação)

A doença do beijo pode se agravar quando o indivíduo apresenta baixa imunidade, causando complicações como anemia e até mesmo meningite.

Outro sinal característico da mononucleose é o aumento do baço. Esta reação, chamada de esplenomegalia, obriga o paciente a manter repouso devido ao grande risco de ruptura do órgão. Dificilmente o baço se rompe, mas quando isto acontece, o indivíduo corre risco de morte devido à hemorragia.

O diagnóstico da doença do beijo é feito através da avaliação dos sintomas. Para confirmar a presença do vírus no organismo, o médico costuma pedir exame de sangue.

579249 Sintomas da doença do beijo Sintomas da doença do beijoO vírus da doença do beijo pertence a mesma família do herpes. (Foto:Divulgação)

Tratamento para a doença do beijo

Não há um tratamento para a doença do beijo, o médico apenas receita medicamentos para amenizar os sintomas. O próprio organismo combate o vírus e resolve o problema sozinho, mas o paciente precisa repousar e manter uma boa alimentação.

A principal forma de evitar a doença do beijo é através da prevenção. Por isso, é recomendado não ter contato com pessoas infectadas, higienizar sempre as mãos e evitar lugares com muitas pessoas. Durante o Carnaval, os foliões devem tomar cuidado com as bocas estranhas que beijam por aí.

Veja também: Doenças transmitidas pela saliva

A categoria Saúde do portal Mundodastribos.com é um espaço informativo de divulgação e educação sobre os temas relacionados à saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento, sem antes consultar um profissional de saúde.

RECEBA OS ARTIGOS VIA EMAIL

Ao subscrever nossa newsletter, passar receber nossos artigos por email e informações sobre os nossos passatempos. É gratuito e sem spam.