Menu

Curiosidades

Atualizado em 26 de março de 2012, às 19:55 por Analu
Você está em: MundoDasTribos > Notícias > Síndrome do bebê sacudido: o que é?

A síndrome do bebê sacudido é muito comum em nosso meio. Conheça um pouco mais sobre essa grave enfermidade que, por vezes, pode ser fatal.

A falta de paciência diante o choro da criança, pode levar os pais a praticar uma ação que, por vezes, pode ser fatal. Em muitos casos, os pais sacodem a criança, com tanta agressividade que acabam lesando o cérebro do bebê. A esse episódio denominamos síndrome do bebê sacudido. Saiba mais sobre essa enfermidade tão grave e, infelizmente, tão comum.

416109 Image 3 Síndrome do bebê sacudido: o que é?Essa síndrome pode ser fatal

Definição

A síndrome do bebê sacudido é o nome dado a uma série de manifestações clínicas que ocorrem após o bebê ser submetido a uma “sacudida” manual rigorosa. Como resultado, o cérebro do bebê sofre forças de aceleração e desaceleração dentro do arcabouço ósseo (crânio), podendo originar graves lesões. O tipo e a gravidade das lesões dependerão da quantidade, da duração e da força aplicada durante a ação.

Manifestações clínicas

A criança que sofreu a agressão poderá apresentar, após o episódio algumas manifestações, como por exemplo:

  • Irritabilidade;
  • Letargia;
  • Tremores;
  • Vômitos;
  • Convulsões;
  • Coma;
  • Estupor;
  • Nos casos mais graves, morte.

Todas as crianças que apresentarem qualquer manifestação anteriormente citada, deverá receber assistência médica imediata. Pois, esse trauma leva, em muitos casos, a hemorragia e lesão cerebral, o que pode levar a morte em instantes.

416109 Image 2 Síndrome do bebê sacudido: o que é?Geralmente o choro é o gatilho para a perda de paciência

Fatores de risco

Crianças que vivem em meios já conhecidos à violência como por exmplo, pais usuários de drogas ou álcool, situação de estresse, pais com baixa idade, ou portadoras de deficiência, estão entre as que mais estão sujeitas a esse tipo de agressão. Vale lembrar que o choro costuma ser o “gatilho” para a ocorrência da síndrome.

Fatores relacionados

Em muitos casos, infelizmente, a síndrome do bebê sacudido passa despercebida nos serviços de atendimento a crianças. Por isso, é importante ficar atento à algumas situações, em que é necessário dar uma maior atenção aos casos.

  • Geralmente, o pai biológico é o agressor mais comum;
  • Os namorados das mães encontram-se em segundo lugar;
  • É preciso ter uma maior atenção, também entre as babás;
  • Por último, as mães são as responsáveis.
416109 Image Síndrome do bebê sacudido: o que é?É um problema grave que pode ser prevenido

É possível prevenir!

Para que a síndrome do bebê sacudido se torne cada vez menos comum, é importante que especialistas orientem os pais e os cuidadores, quanto ao risco. Ou seja, é preciso orientá-los que em nenhum momento, o bebê deve ser sacudido. Além disso, é preciso informá-los sobre as manifestações que a síndrome poderá trazer aos pequenos, sendo uma outra forma de socorrermos e evitarmos um episódio fatal!