Menu
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Sangramento após relação sexual: o que pode ser?

Muitas mulheres apresentam alterações durante a relação sexual. Saiba o que pode ser o sangramento após o sexo.
Por Editorial MDT -

Muitas mulheres provavelmente já passaram pelo desconforto do sangramento após relação sexual. Apesar de ser bem comum, pode ser provocado por diferentes motivos, por isso, é importante que a mulher considere o sangramento um sinal de alerta, e busque atendimento médico especializado.

Sangramento após relação sexual o que pode ser (Foto: Divulgação)

Sangramento após relação sexual : entenda o que é (Foto: Divulgação)

Motivos para ter um sangramento durante o sexo

O sangramento após a relação sexual pode ser causado por diversos motivos. Realmente existem casos em que as razões são inofensivas, como o sexo muito intenso e o ressecamento da vagina. No entanto, as mulheres devem ficar atentas aos sinais, pois podem indicar também infecções e doenças graves.

Nesse sentido, é de extrema importância o acompanhamento com um ginecologista, somente o médico poderá avaliar o caso, e fazer o diagnóstico, descartando a hipótese de uma doença grave ou indicando o tratamento adequado para a paciente.

Sangramentos depois da relação sexual podem ser sinais de problemas (Foto: Divulgação)

Sangramentos depois da relação sexual podem ser sinais de problemas (Foto: Divulgação)

Quando devo me preocupar com o sangramento na relação sexual

Existem diversos tipos de sangramento, e a mulher deve prestar atenção principalmente nas características do sangue: o sangramento vermelho vivo em grande e em pequena quantidade, e o sangramento borra de café.

O sangramento vermelho vivo em grande quantidade pode ser sinal de um despedaçamento da parede vaginal. Não é muito comum, mas pode acontecer quando há formação de vácuo na penetração ou caso seja muito violenta. A mulher deverá ir ao Pronto Socorro caso o sangramento não pare.  Já o sangramento vermelho vivo em pequena quantidade pode ser sinal de lesão no colo do útero, região em que o pênis entra em contato durante a relação. E por isso, pode acontecer de machucar. Normalmente é benigno, mas somente um especialista pode avaliar e dar o diagnóstico.

E por último, o sangramento borra de café, que vem de dentro do útero. Na maioria das vezes acontece quando a mulher toma pílula e tem uma predisposição a ter escapes. Nesse caso, a relação causa a contração do útero, e caso tenha algum sangue acumulado, poderá sair.

O sangramento pode causar dor após relação sexual (Foto: Divulgação)

O sangramento pode causar dor após relação sexual (Foto: Divulgação)

Doenças que um sangramento durante o sexo pode indicar?

O sangramento durante e após a relação sexual pode indicar infecções e doenças graves, que podem causar sérias consequências à saúde da mulher, e até mesmo com riscos de infertilidade. Algumas prováveis doenças são a endometriose, doenças sexualmente transmissíveis (DST), a vaginite, câncer de colo de útero, doença inflamatória pélvica, cervicite, entre outras.

Existem duas doenças DST muito comuns, que podem causar o sangramento, a gonorreia e a clamídia. Ambas causam irritação no canal vaginal e além de sensação de ardência ao urinar. Nesse caso, o tratamento é feito com antibióticos.

O câncer de colo de útero conhecido também por câncer cervical é uma doença que afeta, na maioria das vezes, mulheres acima dos 25 anos. Os principais sintomas são o sangramento especialmente após a relação e o corrimento de cor escura e com odor. É importante que o diagnóstico seja feito rapidamente para o início imediato do tratamento.

A endometriose é uma doença que atinge, hoje, cerca de seis milhões de brasileiras, e é diagnosticada pela presença do endométrio, tecido que reveste o útero, fora do mesmo. Os principais sintomas são o sangramento, além de dores intensas como cólicas menstruais, dor pré-menstrual, e dor durante a relação sexual. O diagnóstico é feito através de exames específicos por um médico especialista. É de extrema importância que o diagnóstico seja feito rapidamente para a orientação de tratamento adequado, já que essa doença pode causar infertilidade.

Por isso, é muito importante que a mulher conheça o próprio corpo e busque atendimento especializado, somente um médico ginecologista poderá avaliar a paciente e orientá-la para um tratamento adequado.

Segundo especialistas, o sangramento que surge após a prática da relação sexual possui uma variedade de etiologias (causas). Entre todas elas, podemos citar:

  • Alterações do próprio organismo;
  • Lesões no colo do útero;
  • pólipos uterinos;
  • gravidez ectópica;
  • dor pélvica crônica;
  • Pílula anticoncepcional com dosagem hormonal  fraca;
  • Infecção uterina;
  • Endometriose;
  • Câncer de colo de útero, etc.

Além do sangramento, a mulher pode apresentar dor durante o ato sexual. Este sintoma costuma deixá-las  preocupadas, fazendo com que busquem a orientação de um especialista.

Diante de sangramento após a relação, é necessário buscar atendimento clínico. (Foto: divulgação)

Mulheres mais velhas devem ter atenção redobrada

Pequenas feridas ou alguma lesão no colo do útero podem levar ao sangramento após a relação sexual. Além disso, uma infecção ou um mioma pode ser o responsável pelo aparecimento do problema. No entanto, quando a mulher apresenta uma idade mais avançada, a atenção dada ao sangramento pós coito deve ser maior. Isto se deve ao risco de câncer de útero, que é mais prevalente em mulheres que estão na menopausa.

Entenda mais sobre sangramentos após relação sexual (Foto: Divulgação)

Entenda mais sobre sangramentos após relação sexual (Foto: Divulgação)

Buscando atendimento médico

Diante de um quadro de sangramento pós coito, é essencial que a mulher busque a orientação de um médico especialista. Através da avaliação desse médico, é possível conhecer todos os dados clínicos, incluindo a frequência do sangramento e chegar a possível causa do problema. Além disso, o ginecologista poderá solicitar alguns exames complementares, assim como realizará o exame prevenção.

A dor geralmente está associada ao sangramento pós relação sexual. (Foto: divulgação)

O sangramento que aparece após a relação sexual é um sinal que deixa muitas mulheres preocupadas. Quando esse sinal aparece, é muito importante buscar a orientação de um médico especialista. Através de uma avaliação especializada, é possível realizar uma história completa, seguida de exame físico ideal e que, em conjunto, são essenciais para a verificação da causa do problema.

 


RECEBA OS ARTIGOS VIA EMAIL