Menu

Serviços

Atualizado em 10 de outubro de 2011, às 9:30 por Carol Vergel ()
Você está em: MundoDasTribos > Saiba o que fazer em casos de crimes na internet

Muitos crimes cometidos na internet ficam impunes por falta de informação, saiba aqui como se proteger e como fazer denúncias.

A internet ainda é um mundo a ser descoberto por muitos brasileiros. Muitos ainda não sabem utilizar essa ferramenta tão útil no dia-a-dia seja para o trabalho ou no entretenimento. Para se ter ideia, para muitas pessoas alguns tipos de procedimentos são tão complicados quanto aprender a digitar de forma rápida e correta. Assim também acontece quanto aos crimes cometidos na internet. A maior parte dos usuários (acostumados ou não a usar a internet) não sabe como proceder para denunciar alguns tipos de crimes. No entanto, todos os usuários deveriam ter pelo menos um conhecimento prévio para evitar os criminosos que estão por trás das telas dos computadores.

286297 3 300x300 Saiba o que fazer em casos de crimes na internet

A maior parte dos crimes cometidos na internet é contra a honra das pessoas como calúnia, difamação, injúria, exibição de imagens comprometedoras com conteúdo sexual, racismo, preconceito e discriminação. São procedimentos onde muitos se utilizam do anonimato para afetarem a vida de milhares de pessoas achando que podem cometer os crimes e ficarem ilesos quanto às punições.

Mas, para engano de quem assim procede, os crimes cometidos na internet podem sim serem descobertos! As penas podem chegar a mais de 10 anos de prisão. Já sabe como proceder para denunciar os mais variados tipos de crimes cometidos? A quem recorrer e como ajudar a polícia a prender os criminosos? Estas são as perguntas feitas por muita gente. Vamos às respostas.

Em primeiro lugar, após a constatação do crime através de uma queixa é preciso ir em uma delegacia para informar o fato à polícia. Para isto, é necessário ter as cópias de e-mails e o print-screen da tela (imagem que reproduz o que está na tela do computador). Isto é fundamental para ser feito o Boletim de Ocorrência. Depois, já munido de uma ordem judicial, os investigadores responsáveis pelo caso passam a ter acesso ao conteúdo dos sites e e-mails suspeitos.

Caro leitor, já em casos de calúnias e ofensas que foram enviadas por e-mails, eles não se configuram um crime, pois o conteúdo não foi disponibilizado a terceiros. Contudo, o crime só torna-se real quando o conteúdo for repassado para outras pessoas e elas tiverem acesso ao mesmo.

Infelizmente, tanto aqui no Brasil quanto em muitos países do mundo, os servidores que hospedam alguns tipos de conteúdos como os citados acabam não sendo criminalizados pelos conteúdos divulgados. No entanto, alguns tipos de processos na área cível podem ser abertos e julgados pelo poder público e mesmo assim já existem no congresso alguns projetos de lei para coibir estes crimes cometidos a partir da internet.

Mas, ainda há outro tipo de crime cometido (todos os dias) na internet e que costuma dar muitos prejuízos aos internautas. São os crimes de fraude envolvendo os cartões de crédito. Como isto ocorre? Quando alguém faz uma compra com cartão de crédito sem se certificar da segurança, credibilidade e qualidade dos serviços dos sites, alguns hackers acabam tendo acesso ao número do cartão assim como a senha pessoal. Sem os cuidados necessários para compras online, às informações podem correr o mundo de forma muito rápida, o que representa um prejuízo incalculável para muita gente.

Em casos de fraude, até mesmo a Polícia Federal poderá atuar caso o crime esteja configurado em formação de quadrilha. Para fazer a denúncia, o dono do cartão deverá entrar em contato com a polícia, mas antes, é preciso falar com a operadora do cartão a fim de que ela possa fornecer a documentação necessária para comprovar a fraude.