Menu

Comportamento

Atualizado em 20 de dezembro de 2011, às 8:20
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Saiba como lidar com o medo do parto

Os medos do parto são comuns, mas com o avanço da medicina, muitos deles podem ser amenizados.
353504 Saiba como lidar com o medo do parto 1 Saiba como lidar com o medo do partoO medo do parto é comum, mas saiba lidar com ele para ter uma gestação tranquila. (Foto: Divulgação)

Muitas mulheres tremem só de pensar nas dores das contrações que antecedem o parto. Em contrapartida, outras se fazem perguntas como: “Será que o meu bebê vai ser perfeito?”, “Será que eu vou morrer no parto?”, “Será que eu vou perder o meu bebê?” e assim por diante. São muitos os medos que circundam a gravidez, mas eles podem ser amenizados, principalmente com o avanço tecnológico da medicina. Por isso, saiba como lidar com o medo do parto.

Cerca de 80% das mulheres brasileiras preferem a cesariana por ter medo das dores do parto normal. No entanto, é sabido que o parto normal é muito melhor tanto para a mulher quanto para o bebê, que sofre menos ao sair do útero materno. Sendo assim, se você ainda não se decidiu pelo tipo de parto, saiba que, para ter um normal sem muitas dores, há técnicas de respiração, de relaxamento, de ioga, caminhadas e anestésicos que são usados para amenizar essas dores. Portanto, matricule-se já em um curso de gestante para aprender a controlar a respiração.

353504 Saiba como lidar com o medo do parto 3 Saiba como lidar com o medo do partoAs técnicas do ioga amenizam bastante as dores do parto. (Foto: Divulgação)

Outro medo frequente das futuras mamães é o de que o bebê nasça com malformações como anencefalia, síndrome de Down, hidroencefalia entre outras. Contudo, atualmente, existem muitos modos de saber se o bebê tem algum problema como o ultrassom e os exames de medicina fetal, que detectam precisamente se há alguma síndrome genética. Por isso, o acompanhamento pré-natal é tão importante.

Se você é muito ansiosa e será mãe pela primeira vez, é comum que tenha o medo de não saber se chegou a hora certa. Portanto, saiba reconhecer os sinais da possível chegada do seu bebê: a perda do tampão, que é uma mucosidade viscosa; as contrações uterinas, que deixam a barriga dura a cada cinco minutos e o rompimento da bolsa com a liberação do líquido amniótico, que é quente e tem cheiro de água sanitária. Então, para não se desesperar tanto nesse momento, deixe a maternidade escolhida de antemão e prepare a sua mala um mês antes do previsto para o nascimento da criança.

Hoje em dia, é muito difícil o bebê morrer no parto, principalmente por causa dos avanços da medicina. No entanto, mulheres fumantes, diabéticas, hipertensas ou com problemas cardíacos podem ter esses tipos de problemas no parto. Portanto, se você faz parte desse grupo de risco ou apresentar sangramento, dor de barriga e falta de movimentos do bebê por mais de 12 horas, vá imediatamente a um hospital para fazer o exame do líquido amniótico e o cardiotográfico, que avalia os batimentos cardíacos do seu filho.

353504 Saiba como lidar com o medo do parto 2 Saiba como lidar com o medo do partoNão tenha medo, pois em pouco tempo, você terá o seu bebê em suas mãos. (Foto: Divulgação)

Esses são alguns dos temores mais comuns das grávidas. Sendo assim, se você tem algum deles, converse bastante com o seu obstetra e siga as instruções acima para diminuir a sua ansiedade e se preocupar mais com a gestão tranquila do seu bebê.