Menu
Você está em: MundoDasTribos > Notícias > Saiba Como Consultar PIS PASEP Sem sair de Casa

Saiba todas as informações referentes ao PIS PASEP 2016, inclusive como realizar a consulta e o calendário PIS do benefício PIS PASEP.

Saiba como consultar PIS PASEP e fique por dentro de todas as informações referentes ao benefício. O pagamento referente ao ano base 2015/2016 teve início no mês de julho e espera pagar o montante de R$ 17 bilhões aos trabalhadores brasileiros.

Como consultar Pis Pasep 2016

Separamos um guia completo para você saber mais sobre o PIS PASEP. Aprenda a consultar e siga nossas dicas.

De acordo com informações do Governo, estima-se que 23 milhões de trabalhadores receberão o abono salarial até junho de 2016. O valor continua o mesmo, ou seja, o de um salário mínimo federal. Vale lembrar, ainda, que o benefício só será pago aos cidadãos que estiverem de acordo com os pré-requisitos do programa.

Saiba como consultar PIS PASEP sem sair de casa

É importante que você saiba como consultar PIS PASEP sem sair de casa, pois assim tudo pode se resolver facilmente através do notebook, PC, tablet ou celular. O serviço online, disponibilizado pela Caixa Econômica Federal, permite verificar se o dinheiro já está disponível para saque e quais são os valores acumulados. Mas você sabe qual o seu número do PIS? Saiba como saber o número do PIS, clicando aqui.

A pessoa cadastrada no PIS não precisa ir até uma agência da Caixa para verificar se o benefício já está disponível, basta usar a internet como veículo das consultas. O acesso privado as informações permite conhecer o saldo para saque e também o calendário de pagamentos, que varia de acordo com as datas de nascimento.

A consulta pode ser realizada com comodidade através da internet (Foto: Divulgação)

Para saber se você tem direito ao abono salarial ou a sacar os rendimentos do PIS, assim como o calendário de pagamentos, basta acessar o site da Caixa Econômica Federal. Clique no item “Consulta de pagamento”. Na página, é necessário digitar o Número de Identificação Social – NIS (PIS/PASEP/NIT), sem pontos e sem hífen, além da sua senha de acesso ao site (não se trata da senha do Cartão Cidadão). Caso ainda não possua a senha, você deve informar o número do PIS/PASEP e clicar no botão “Cadastrar Senha”, para obter o código.

Saiba Como Consultar PISPASEP Sem sair de Casa e com todas as novidades atualizadas (Foto: Divulgação)

Com a senha em mãos, basta voltar à página e repetir os procedimentos, para ter acesso ao sistema online do PIS, onde estarão disponíveis todas as informações a respeito do benefício. Em caso de dúvidas, entre em contato com o Serviço de Atendimento ao Cliente da CAIXA, por meio do telefone 0800-726-0101 (opção 2).

A plataforma que permite consultar o PIS, os usuários também podem encontrar informações a respeito do seguro desemprego. No momento de usufruir dos serviços ao cidadão, verifique se o número de identificação social foi preenchido adequadamente. Acesse o site da Caixa e faça consultas do PIS pela internet.

Através de uma simples consulta pela internet, o trabalhador pode conhecer o seu saldo e conferir detalhes sobre a sua conta no PIS/PASEP. No site da Caixa Econômica Federal ou do Banco do Brasil, ele também encontra os calendários com os prazos de pagamento do benefício, considerando o exercício de 2014/2015.

A título de informação, o PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) é um programa semelhante ao PIS, porém destinado aos funcionários públicos civis e militares, também pago anualmente, através do Banco do Brasil.

Você ainda tem dúvidas com relação à consulta? Então assista ao passo a passo:

Calendário Pis Pasep 2016

O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) já divulgou o calendário do PIS Pasep 2016 referente ao exercício , cujo benefício começou a ser pago a partir do o dia 15 de julho de 2016. Ele poderá ser sacado até 30 de junho de 2016.

calendario pis 2016

Calendário PIS 2016 deve ser pago até julho (Foto: Divulgação)

 

Para receber o Pasep, compareça a qualquer agência do Banco do Brasil, a partir das datas citadas, levando o número de inscrição no Pasep e documento de identificação.

O que é PIS e PASEP?

Entenda mais sobre esse direito (Foto: Divulgação)

Quando falamos em PIS (Programa de Integração Social), muitos trabalhadores têm dúvidas sobre o que é e se tem direito de receber o benefício, que foi criado pelo Governo Federal com a finalidade de promover a integração dos empregados na vida social, através de uma melhor distribuição de renda.  O abono salarial é uma ótima alternativa para você aliviar, pelo menos em parte, as contas do mês, já que pode utilizá-lo da maneira que quiser, seja para pagar contas em atraso, fazer aquela compra no supermercado, passear, viajar ou comprar algum produto que você esteja necessitando. Será que tenho direito ao Pis?

 

 

Receba esse dinheiro a mais dos PIS e PASEP (Foto: Divulgação)

Diferença entre PIS e PASEP

Estes dois programas foram criados no ano de 1970 pelo Governo Federal para poder integrar os trabalhadores na vida da empresa assim como no seu desenvolvimento, pois dessa maneira a viabilização da renda seria melhor distribuída por meio de benefícios como “Seguro Desemprego” e “Abono Salarial”. A diferença entre e o PIS e o PASEP (Programa de Formação de Patrimônio do Servidor) é a seguinte: o PIS é destinado ao trabalhadores que atuam no setor privado e o PASEP fica destinado aos servidores públicos e funcionários. O programa  foi criado com o intuito de melhorar a vida dos empregados que muitas vezes trabalhavam por anos em uma empresa e quando eram demitidos não tinham direito a nenhuma segurança até encontrar outro emprego.

Saiba qual a diferença entre um e outro (Foto: Divulgação)

O pagamento do abono do PIS ou PASEP é realizado uma vez ao ano, sendo que o ano base para a determinação do benefício é sempre o anterior ao ano vigente. Por exemplo, o beneficio que será pago em 2015 terá como base os salários recebidos em 2014. A pessoa que tiver direito de receber o PIS deve ficar atenta ao calendário de pagamento, que é determinado pela data de nascimento, ou seja, a pessoa receberá o beneficio de acordo com o mês em que nasceu.

Não deixe o Pis/Pasep sem resgatar (Foto: Divulgação)

Para que o cidadão receba o valor de um salário mínimo pago pelo PIS é preciso ir até uma das unidades da Caixa, na data de pagamento previsto pelo Governo Federal e efetuar o saque. É necessário levar documento original com foto e o cartão do PIS que fica junto a carteira de Trabalho. Outro meio de receber o beneficio é com o Cartão Cidadão, que possibilita também ao usuário a realização de saques em terminais eletrônicos da Caixa ou nas Casas Lotéricas. Já no caso do PASEP é preciso sacar no Banco do Brasil.

Entenda melhor sobre o assunto assistindo ao vídeo a seguir:

Como fazer o cadastro no PIS PASEP?

Para identificar o número da inscrição no PIS ou PASEP é muito simples, basta você abrir a sua CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social) e verificar logo na página onde está a sua foto o número que é composto por 11 dígitos. Caso sua Carteira de Trabalho ainda seja no modelo antigo, verifique um cartão que deve estar grampeado nas últimas páginas, ou na contracapa. Outra forma de descobrir o número do seu PIS é olhando no Cartão Cidadão, que é um cartão magnético fornecido pela Caixa Econômica para o saque de benefícios em terminais de auto atendimento.

Cadastro pode ser feito de forma rápida e simples (Foto: Divulgação)

Há alguns anos o cadastro do PIS ou PASEP era feito quando o empregado era admitido pela primeira vez em um emprego e sua carteira assinada. Nisso, cabia ao empregador cadastrar o empregado no PIS ou Pasep que por sua vez passava a ter benefícios. Hoje, com o novo modelo de CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social), o cadastro passou a ser feito pelo próprio órgão emissor do documento.

Para receber o abono do PIS, é preciso usar o cartão cidadão. (Foto: Divulgação)

Muitos trabalhadores estão inscritos no PIS, mas não sabem ao certo como funciona o benefício. Eles chegam a perder o pagamento do abono salarial porque desconhecem o número de inscrição no programa ou não conferiram os prazos no calendário. Saiba se você tem direito ao PIS

 

Quem tem direito ao PIS?

Uma vez por ano, o Programa de Integração Social (PIS) realiza o pagamento de um salário mínimo para uma parcela da população. Para receber o PIS é necessário ter trabalhado com carteira assinada pelo menos cinco anos. Além disso, a remuneração mensal deverá ser, no máximo, de dois salários mínimos, em média, durante o ano utilizado como base de cálculo do benefício. É fundamental também que o cidadão tenha exercido atividade remunerada pelo menos 30 dias no ano. Outro fator fundamental para o recebimento do PIS é que o empregador contribua com o Programa.

Deixe o seu cartão Cidadão sempre atualizado (Foto: Divulgação)

Onde receber o PIS?

Para você que tem direito ao PIS e deseja saber onde recebe-lo, veja os locais permitidos a pagar o seu abono salarial:

  1. Nas agências da CAIXA;
  2. Nos Correspondente CAIXA AQUI Lotéricos;
  3. Nos terminais de autoatendimento;
  4. Nos Correspondentes CAIXA Aqui;
  5. Por meio de folha de pagamento, se for formalizado convênio CAIXA PIS-Empresa;
  6. Através do crédito em conta corrente ou poupança, para clientes da CAIXA.

Só para ressaltar, quem é funcionário público não tem o PIS e sim o PASEP, porém, estes devem consultar seu benefício no Banco do Brasil.

Requisitos para receber o PIS

Como já mencionamos, para ter direito a receber o PIS o trabalhador deve estar cadastrado no PIS/PASEP há pelo menos cinco anos, ou seja, no caso do PIS referente a 2015, você deve ter se cadastrado em no mínimo 2010. Além disso, é necessário ter trabalhado pelo menos 30 dias no ano anterior, consecutivos ou não, com a carteira de trabalho assinada pela empresa.

Consultas do Pis e do Pasep (Foto: Divulgação)

Também é preciso que o trabalhador tenha recebido, em média, até dois salários mínimos por mês durante o ano-base, e que os dados tenham sido informados corretamente pelo empregador ao Ministério do Trabalho, por meio da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

Como sacar o benefício do PIS

Para sacar o abono do PIS, o trabalhador precisa ir às agências da Caixa Econômica Federal ou do Banco do Brasil (no caso do recebimento do Pasep) com um documento de identificação com foto original (carteira de motorista o RG) e número de cadastro no programa, que geralmente está na carteira de trabalho. Quem tem o Cartão Cidadão e senha cadastrada também é possível sacar o valor em caixas eletrônicos, lotéricas ou postos do Caixa Aqui. O número do seu PIS corresponde a numeração do seu Cartão Cidadão. Quem perdeu o número do PIS pode consulta-lo nas agências da Caixa.

Consultar é muito fácil (Foto: Divulgação)

Novidades para o benefício em 2016

As mudanças que estão valendo para o seguro-desemprego desde março de 2015, também estão valendo para o PIS. Sorte para os trabalhadores que precisavam e contavam com o dinheiro este ano, mas as novidades que já estão em vigor para o ano que vem são muitas e mudou o plano de muitas pessoas, certamente.

Uma das alterações mais importantes é que para ter o benefício, o trabalhador terá que comprovar que está cadastrado no programa há pelo menos 5 anos.

Confira outras mudanças importantes:

  1. Trabalhado com registro em carteira por 30 dias consecutivos ou não
  2. Ter recebido até dois salário mínimos no ano-base
  3. Ter seus dados relacionados na RAIS e enviados ao Ministério do Trabalho até 20 de março.

Esse dinheiro a mais pode te ajudar a ficar de bem com a vida (Foto: Divulgação)

Rapidinhas: Perguntas e respostas sobre o PIS

Tire as suas dúvidas sobre o benefício (Foto: Divulgação)

Quem tem direito ao PIS?

O PIS é um benefício concedido ao trabalhador do setor privado, com pelo menos cinco anos de inscrição no Programa. Para receber o abono, o empregado deve ter trabalhado com carteira assinada por pelo menos 30 dias do ano-base. Ele também deve receber até dois salários mínimos por mês.

Onde é feito o cadastramento do PIS?

Em uma agência da Caixa Econômica Federal.

Qual o valor do pagamento do PIS?

O abono salarial equivale o valor do salário mínimo, ou seja, em 2014 ele será de R$724.

Aposte nesse benefício (Foto: Divulgação)

O que é preciso para receber o dinheiro do PIS?

O trabalhador precisa portar o documento que comprova o seu cadastro no programa, ou seja, o cartão com o número do NIS.

O que o trabalhador deve fazer se perder o cartão do PIS?

Em caso de roubo ou perda do cartão do PIS, o trabalhador deve solicitar uma segunda via em uma das agências da Caixa. Para isso, é necessário apresentar a Carteira Profissional ou algum documento de identificação.

Tem segunda via?

Tem e para isso é preciso ir até a caixa econômica e pedir a segunda via. Caso seja furtado ou algo assim, é preciso levar o boletim de ocorrência e explicar para a atendente que fará tudo o que for preciso para que não seja feito o uso do cartão.

Consultar PISPASEP (Foto: Divulgação)

Como é feito o pagamento do PIS?

O pagamento do PIS segue a ordem de um calendário, que leva em consideração o mês de nascimento do trabalhador. No exercício de 2014/2015, o dinheiro pode ser sacado até 30 de junho de 2015.

O abono salarial fica disponível o ano inteiro?

Não. O pagamento do PIS começa em julho de um ano e termina em junho do ano seguinte. Se o saque do dinheiro não for efetuado dentro do prazo, o trabalhador perde o benefício daquele ano.

Fique atento com os prazos

Para não perder o direito, o trabalhador tem que ficar esperto com os prazos. Como fazer isso? Acompanhe  sempre o noticiário, principalmente nessas condições econômicas, pois as mudanças são muitas, principalmente para o trabalhador.

Contatos PIS/PASEP

Entre em contato com um atendente da Caixa Econômica Federal. Você também pode telefonar para o número é 4004-0001 (capitais e regiões metropolitanas) ou 0800 729 0001 (demais regiões).

Benefícios sofreram ajustes

Para dar a chamada pedalada fiscal, o governo federal fez alguns ajustes em diversos benefícios sociais e um deles é justamente o Pis/Pasep. Toda a mudança projetada, ainda que pena, tem como objetivo aliviar as contas do governo para que o mesmo não feche o mês em vermelho. É como funciona em casa, é necessário realizar alguns cortes para que tudo caiba dentro do orçamento.

O que mudou exatamente?

Não deve ter mudanças neste ano de 2016 (Foto: Exame/Abril)

Não deve ter mudanças neste ano de 2016 (Foto: Exame/Abril)

O primeiro ponto é que o pagamento que viria do benefício entre julho a outubro deste ano, teve um prazo extendido. Ou seja, em vez de receber esse terceiro salário ainda este ano, o trabalhador receberá o valor apenas em 2016, até julho.

Importante lembrar que apenas para 2016 houve essa mudança, para o ano que vem, o calendário permanece o mesmo de acordo com fontes do governo.

Pagamento do PIS/PASEP 2016

No dia 22 de julho de 2015 começaram os pagamentos do abono salarial do PIS/Pasep para as pessoas que não são correntista da Caixa Econômica Federal ou do Banco do Brasil. São contemplados nesse mês de abono as pessoas que nasceram no mês de julho.

Estão aptos a receber o pagamento do PIS/Pasep as pessoas que tenham exercido atividades remuneradas durante 30 dias seguidos no ano de 2014. O Governo Federal queria mudar essa regra e dar o benefício somente para quem trabalhou seis meses seguidos em 2015. Porém essa proposta foi derrubada pelo Congresso Nacional e permanece a regra dos 30 dias de trabalho.

Como receber o PIS/Pasep em 2016

Fique atento ao seu direito (Foto: Exame/Abril)

Fique atento ao seu direito (Foto: Exame/Abril)

Se você estiver entre as pessoas inscritas no Programa de Integração Social (PIS) vai receber o abono salarial nas agências da Caixa Econômica Federal. Se a pessoa for correntista da Caixa vai receber o valor do abono direto em conta. Os inscritos no PIS/Pasep que possuírem o Cartão do Cidadão com uma senha cadastrada também poderá fazer o saque em casas lotéricas, caixas de autoatendimento e postos do Caixa Aqui. As pessoas inscritas precisam apresentar um documento de identificação e o número do PIS para receber o valor do benefício.

Metade dos benefícios serão pagos somente em 2016

No começo desse mês, o Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) determinou que metade dos benefícios do abono do PIS/Pasep só serão pagos em 2016 (os benefícios deveriam ser pagos em 2015). Essas mudanças fazem parte do ajuste fiscal.

Acompanha a programação de pagamentos (Foto: Exame/Abril)

Acompanha a programação de pagamentos (Foto: Exame/Abril)

Segundo o Codefat, a primeira parte dos benefícios será paga mensalmente, de julho a dezembro deste ano. O restante será concedido de janeiro a março de 2016. Desta forma, o governo irá economizar R$ 10 bilhões neste ano. Antes, a previsão era que todos os benefícios fossem pagos até outubro de 2015. Os pagamentos feitos em 2016 já levarão em conta o salário mínimo aprovado para o próximo ano.

Saiba quais os requisitos para ter este benefício (Foto: Exame/Abril)

Saiba quais os requisitos para ter este benefício (Foto: Exame/Abril)

Ainda não há modificações confirmadas para o programa neste ano de 2016. Quem tem direito ao benefício não deve deixar de receber esse abono salarial, que equivale a um salário mínimo e o pagamento é feito conforme calendário anual. Para conseguir isso, é preciso que o trabalhador tenha cadastro no PIS há pelo menos cinco anos, receber/ter recebido remuneração mensal média de até dois salários mínimos durante um ano-base, exercido atividade remunerada para Pessoa Jurídica durante pelo menos 30 dias, consecutivos ou não, no mesmo ano de apuração.

Pis/ Pasep 2016/2017

É importante reforçar que os dados do trabalhador deverão ser informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS). Vale lembrar que a tabela de pagamento de 2016 ainda não foi divulgada pelo órgão responsável, mas já sabe mais ou menos os meses de recebimento com base nas tabelas de anos anteriores. Então, fique atento e não perca esse direito.

Saiba Como Consultar PIS/PASEP Sem sair de Casa (Foto: Divulgação)

Quer mais dicas sobre seus direitos do PIS PASEP? Temos aqui vários artigos explicando sobre diversos benefícios e se você tiver dúvidas, pode e deve conferir as informações que preparamos especialmente pra você. Fique bem informado aqui no Mundo das Tribos!

RECEBA OS ARTIGOS VIA EMAIL