Bizarro

Robôs que Parecem Pessoas Podem Assustar

Por Redacao

Quem diria que um dia poderíamos nos deparar com robôs que parecem pessoas, verdadeiramente aqueles filmes futuristas estão se tornando realidade e em um futuro não tão distante poderemos nos deparar facilmente com um robô realizando as mais diferentes tarefas para a nossa comodidade ou não. Por mais insano que possa parecer, os robôs que parece pessoas podem assustar, este é algo que os pesquisadores da Universidade da Califórnia tenta explicar, isto é, responder a pergunta: ‘por que os seres humanos se assustam com robôs que possuem características humanas?’. De acordo com estes pesquisadores e alguns especialistas, a explicação é simples, ocorre um lapso de tempo entre o momento em que nós esperamos que os robôs se movam e o tempo em que o movimento é feito, assim cria-se um conflito na região de nosso cérebro que administra a coordenação motora. Para certificar-se e comprovar tal conceito obtido, os cientistas apresentaram para aproximadamente 20 pessoas com idades variadas entre 30 a 36 anos, o robô japonês chamado de Repliee Q2, o qual é mais conhecido e considerado o andróide mais realista do mundo, pois trata-se de um robô com feições muito semelhantes a de um ser humano, detalhes perfeitos e até mesmo, movimentos articulados. Para a realização desta comprovação foram também utilizados seres humanos realizando os mesmos movimentos e ações de um robô, ou seja, aquelas imitações conhecidas e que todos acham interessante.

Foi realizada a apresentação para as 20 pessoas pesquisadas usando ressonância magnética, e todos tiveram atividades no córtex parietal ao longo desta experiência. Para quem não sabe, o córtex parietal é a região do cérebro que tem como função principal comunicar o processamento dos movimentos de nosso corpo. Contudo, de acordo com o chefe de tal pesquisa realizada, Ayse Pinar Saygin, este conflito causado no córtex parietal é resultado do não reconhecimento do movimento o robô como algo normal ou convencional, desta forma, cria-se a sensação de susto, de desconforto e em alguns casos, até mesmo medo. Assim, a pesquisa mostrou que a população verdadeiramente não está pronta para se relacionar com os robôs que estão por vir, mas ressalta que a nova geração provavelmente será diferente, ou seja, estará acostumada e familiarizada com robôs que parecem pessoas e consequentemente não se assustarão ou levam pequenos sustos.

E você, o que acha da notícia? Acredita que também se assustaria em um primeiro contato com um robô que tenha grandes semelhanças com nós, seres humanos? Saiba que é bom você ir se acostumando, pois no Japão já existem robôs que dão aulas para crianças e assim não vai demorar muito para que estes robóticos passem a ter maior contato com os humanos, já que o desejo de muitos japoneses é fazer com que os robôs realizem determinadas tarefas para o conforto próprio, como por exemplo, tarefas domésticas. E aí, será que você teria um destes em casa enquanto você ficava na mordomia? Contudo, há quem contrarie tal novidade e finalidade do robô e diz que estes objetos mecânicos um dia possam prejudicar os humanos, como tomando o seu lugar em diversas áreas de atuação profissional devido a sua rapidez e taxa de erros, algo que todo empregador procura. Quer saber mais a respeito? Saiba que estas e outras notícias foram publicadas pelo tablóide e site britânico Daily Mail, o www.daily.co.uk, o qual faz grandes matérias relacionadas à tecnologia e também em outros assuntos pra lá de interessantes, enfim, assemelha-se com a Globo.com. Desta forma, se pintar uma curiosidade, acesse o site divirta-se!

Recomendado para você
Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *