Saúde

Rinite Alérgica: Como Tratar?

Por Redacao

Muitas pessoas sofrem com diversas alergias e até com rinites. Hoje nós vamos falar da Rinite Alérgica, o que ela é, quais os seus sintomas, os fatores de risco, como tratar e também como prevenir. Essa é uma doença que afeta milhares de pessoas e as crianças são as que mais sofrem.

Rinite alérgica um problema que incomoda muito (Foto: Divulgação)
Rinite alérgica um problema que incomoda muito (Foto: Divulgação)

O que é rinite alérgica

A rinite alérgica aparece como uma resposta do corpo quando inalamos algumas substâncias consideradas estranhas, como os alérgenos. Aquele que for alérgico vai ter uma reação ao alérgeno e o sistema imunológico vai agir de forma intensa para proteger o organismo dessas substâncias estranhas. A chance de você desenvolver uma rinite alérgica pode ter relação com seus pais, se ambos tiveram, a chance de você desenvolver aumenta em 50%.

A rinite alérgica provoca inúmeros espirros ininterruptos (Foto: Divulgação)
A rinite alérgica provoca inúmeros espirros ininterruptos (Foto: Divulgação)

Quais são as causas da Rinite Alérgica

Diversas substâncias presentes no meio ambiente são alergênicas, mas as principais são a poeira, o pólen e alguns alimentos. A poeira doméstica é a principal causa de rinite em todo o país, pois ela possui diversos componentes: resto de pelos de animais, descamação da pele de humanos, insetos e animais, bactérias, fungos e ácaros.

O ácaro também pode ser encontrado em colchões e estofado, pelo fato de ele se alimentar de material orgânico da pele do homem e de animais, além dos fungos. As proteínas presentes nos ácaros são alergênicas e podem causar rinite em diversas pessoas. Ter um contato com o pólen também pode causar a rinite, principalmente na primavera e no outono, pois é quando o pólen está sendo transportado pelo ar em maior quantidade.

O nariz fica entupido ou saindo uma coriza constante (Foto: Divulgação)
O nariz fica entupido ou saindo uma coriza constante (Foto: Divulgação)

Fatores de Risco da Rinite Alérgica

Aquelas pessoas que sofrem com asma, eczema e conjuntivite alérgica são mais propensas a desenvolverem uma rinite de origem alérgica. Além disso, há outros fatores de risco, como a poluição do ar, os locais mal ensolarados e ventilados, e histórico familiar de alergias.

As crianças também podem sofrer com rinite alérgica (Foto: Divulgação)
As crianças também podem sofrer com rinite alérgica (Foto: Divulgação)

Conheça os sintomas da Rinite Alérgica

Os principais sintomas da rinite alérgica podem aparecer logo depois do indivíduo ter tido contato com o alérgeno e eles se caracterizam por irritação no nariz, boca, olhos, garganta ou em qualquer outra região, problemas com odores, coriza, espirros e lacrimejamento dos olhos.

Algumas horas depois do contato outros sintomas podem acabar surgindo como congestão nasal, tosse, dor de garganta, olheiras, olhos inchados, fadiga e irritabilidade.

Existem inúmeros tratamentos para rinite alérgica (Foto: Divulgação)
Existem inúmeros tratamentos para rinite alérgica (Foto: Divulgação)

Como tratar a Rinite Alérgica

O tratamento dos pacientes diagnosticados com a rinite alérgica é composto de três passos, sendo eles a higiene ambiental, os medicamentos e a imunoterapia. Na higiene ambiental o paciente terá que evitar contato com a substância que provoca a crise de rinite, deixando os ambientes da casa bem limpos e ventilados e evitando uso de produtos de limpeza, tintas, perfumes e fumaça do cigarro.

Existem alguns medicamentos que podem ser usados para tratar a rinite alérgica como os antialérgicos, descongestionantes nasais e os corticosteróides. Os medicamentos com corticosteróides aplicados no nariz são para tratamentos de longo prazo e servem para melhorar a respiração e evitar possíveis crises. A imunoterapia pode ser feita com vacinas antialérgicas e deve ser usada como última opção.

Existem plantas medicinais que ajudam a combater a rinite alérgica (Foto: Divulgação)
Existem plantas medicinais que ajudam a combater a rinite alérgica (Foto: Divulgação)

Alguns medicamentos para Rinite Alérgica

São muitos os medicamentos que podem ser usados para tratar a rinite alérgica, entre eles estão: allegra, betatrinta, celestone, celestamine, claritin, decongex, diprospan, fluviral, multigrip, prednisona, entre outros.  A melhor forma de tratar a rinite alérgica é ficando longe de tudo que da alergia, mas caso isso não seja possível você deve procurar um médico para tratar a doença.

Bichos de pelúcia os maiores acumuladores de ácaros (Foto: Divulgação)
Bichos de pelúcia os maiores acumuladores de ácaros (Foto: Divulgação)

Bichos de pelúcia

Os bichos de pelúcia, cortinas e tapetes peludos são os grandes acumuladores de ácaros que promovem as alergias. Nos casos mais graves pode levar as pessoas a terem que ser internadas para um tratamento mais intensivo. Caso você tenha rinite alérgica ou alguém em sua casa tenha, não use tapetes, nem cortinas e evite chegar perto de bichos de pelúcia. Mesmo que hoje em dia já tenham tecidos e brinquedos com material antialérgico é melhor não arriscar.

O inverno e a rinite alérgica

As baixas temperaturas tendem a deixar as pessoas que tem rinite alérgica com crises mais intensas. Em alguns casos pode levar a uma infecção de ouvidos de garganta e nariz entupido. Quando a estação está chegando é melhor se prevenir para não ser pego desprevenido e acabar adoecendo. Os cuidados são importantes, principalmente os tratamentos preventivos. Hoje existem inúmeros tratamentos naturais que ajudam a amenizar os sintomas da rinite alérgica. Procure o melhor tratamento, ou seja, aquele que oferece melhor resultado para o seu tipo de rinite.

Como viver bem com rinite alérgica

Depois que você sabe do que tem maior alergia, fica mais fácil evitar esses produtos para manter a alergia bem longe. Com o tempo as pessoas alérgicas passam a conhecer melhor o seu corpo e de certa forma passam a ter menos alergias aumentando a imunidade do organismo.  Ter boa alimentação ajuda a estar saudável e viver longe das doenças de inverno.

Recomendado para você
Saúde

Alimentos que Contém Ferro para Anemia

Saúde

Tratamento Gratuito para Pessoas com Obesidade

Saúde

Benefícios do maxixe para saúde

Bem Estar

Novas regras para cirurgia bariátrica no SUS

Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *