Menu
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Retenção de líquido – o que é, como tratar

A retenção de líquidos é um problema que atinge boa parte das mulheres, principalmente no período pré-menstrual.
 

O aparecimento repentino de uma gordurinha indesejada pode ter a ver com a retenção de líquido

De um dia para o outro e sem nenhum motivo aparente, algumas mulheres acabam tendo a sensação de que estão mais pesadas, com o rosto mais cheio, os pés inchados, a barriga estufada e os seios aumentados.

 

Antes de colocar a comida como a culpada pelo aparecimento desses sintomas, é bom saber que pode se tratar da retenção de líquido, problema que afeta boa parte das mulheres, principalmente no período pré-menstrual e também durante a gravidez, épocas em que o corpo passa por várias alterações metabólicas. Porém, também existem outras causas para o problema.

O que é

A retenção de líquidos acontece quando há um acúmulo excessivo de água entre as células do organismo, fazendo com que o peso do corpo aumente em 2 kg ou 3 kg, às vezes em um único dia, além do aparecimento de desconfortos como os citados anteriormente.

Além das causas ligadas à TPM, o problema pode estar relacionado ao consumo de sal em excesso, má alimentação, sedentarismo, insuficiência renal, alterações emocionais, insuficiência vascular, hipertensão arterial, processos inflamatórios e ao uso das pílulas anticoncepcionais.

As mulheres são mais propensas à retenção de líquido, o que não significa que os homens estejam livres deste problema.

Como detectar

Pé inchado é um dos sintomas da retenção de líquido

Uma forma mais simples de detectar a retenção de líquidos é observar as pernas, os pés, as mãos, a região do tornozelo e a barriga, verificando se eles ficam inchados por muito tempo, principalmente fora dos períodos de menstruação e gravidez. Outra forma é apertando uma das pernas com o dedo indicador, contar até cinco e soltar. Se a região que foi pressionada ficar esbranquiçada e demorar a voltar ao normal, pode ser um indicativo do problema.

Para confirmar realmente o problema, é necessário procurar um médico, que saberá informar se o que você tem é mesmo a retenção de líquidos.

Como tratar

Beber bastante água ajuda a diminuir os efeitos

Diagnosticado o problema, o médico poderá recomendar ao paciente a ingestão de bastante água, em uma média de oito copos por dia, para limpar o organismo e melhorar a circulação. A prática de exercícios físicos com regularidade também ajuda a diminuir os inchaços.

Uma visita ao nutricionista pode ser uma boa saída para lhe indicar um cardápio mais saudável e adequado.

Além disso, você também deve:

– Tomar chás com efeito diurético;

– Beber sucos naturais, sem adicionar açúcar ou adoçante;

– Diminuir o sal nas refeições;

– Dar preferência a alimentos mais saudáveis e que evitam a retenção (melancia, abacaxi, chuchu, pepino, alho, berinjela, côco e pêra, entre outros), além de folhas e aqueles ricos em fibra;

– Diminuir o uso de sapatos de salto e tênis apertados;

– Usar meias elásticas;

– Evitar alimentos que provocam gases (couve-flor, repolho, batata doce e leite);

– Fazer massagem.

 

RECEBA OS ARTIGOS VIA EMAIL