Menu

Brasil

Atualizado em 30 de julho de 2009, às 17:18 por Isabella Moretti
Você está em: MundoDasTribos > Notícias > Programa Baixa Renda

Esse projeto promove tarifa especial para família carentes na conta de eletricidade.

ProgramaBaixaRenda Programa Baixa Renda

O Programa Baixa Renda é um beneficio criado pelo Governo Federal com o propósito de reduzir o valor da equivalente a tarifa de energia elétrica. Para ter o direito ao desconto, é necessário comprovar renda inferior e se enquadrar nos critérios para validar o cadastro.

Confira também: Conta telefônica popular: como vai funcionar

 

27812 programa Programa Baixa RendaAs famílias de baixa renda podem usar os programas sociais para ter desconto na conta de eletricidade (Foto: Divulgação)

A energia elétrica é um serviço fundamental para a vida moderna, por isso é importante que os cidadãos contem com o trabalho de uma distribuidora e adotem um plano que esteja dentro do orçamento. Para participar, a média mensal de gasto da residência deve ser até 79 kWh, baseado no consumo de 1 ano. Quanto menos energia for gasta, maior é a quantidade de desconto obtida, o máximo é 66,35 %.

Como participar do Programa Baixa Renda?

Para participar do Programa Baixa Renda, é necessário preencher o cadastro e apresentá-lo a distribuidora de energia elétrica correspondente. Esse desconto na tarifa é mais um beneficio criado pelo Governo e que ajuda muitas famílias brasileiras.

Programa Baixa Renda: Cadastro Único

O primeiro passo para ter desconto da tarifa de eletricidade é fazer o cadastro junto a Prefeitura da sua cidade no Cadastrado Único, que é uma listagem do Governo Federal que relaciona as famílias de baixa renda que poderão participar de programas sociais como o Bolsa Família e o Baixa Renda.

27812 programa 02 Programa Baixa RendaO Bolsa Família é um dos programas sociais de mair sucesso (Foto: Divulgação)

Devem se inscrever no Cadastro Único as famílias com renda familiar mensal per capita de até meio salário mínimo e as que possuam renda familiar mensal de até três salários mínimos. Além disso, famílias com renda superior a três salários mínimos poderão ser incluídas no Cadastro Único, desde que sua inclusão esteja vinculada à seleção ou ao acompanhamento de programas sociais implementados por quaisquer dos três entes da Federação.

Saiba mais: Conta de Luz mais Barata ? Use a Tarifa Social de Energia

Sendo assim, as famílias com renda mensal total superior três salários mínimos só devem ser cadastradas por demanda para programas específicos, como os programas de habitação e saneamento que utilizem os registros do Cadastro Único para a seleção dos participantes.

Conteúdo avaliado com média: