Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Piercing na boca: modelos, dicas

Piercing na boca: modelos, dicas

Por Isah

O piercing é um indicador de estilo e faz sucesso principalmente entre os jovens. No entanto, é importante tomar cuidado com este acessório, pois ele pode causar problemas de saúde sérios.

Piercings no lábio inferior. (Foto:Divulgação)

Existem diferentes tipos de piercing de boca, que variam de acordo com local no qual é colocado. Este acessório normalmente enfeita a língua, mas também pode ser colocado nos lábios, nos dentes, no freio e nas bochechas. Antes de inserir um piercing na boca, o indivíduo deve estar ciente de que o procedimento envolve mais riscos do que um furo na orelha.

Saiba mais: Inflamação no piercing, como cuidar

Modelos de piercing na boca

Na hora de escolher um modelo de piercing, é importante prestar atenção no material de fabricação. A joia deve ser feita com ouro branco, titânio ou aço cirúrgico, caso contrário aumentam as chances de desenvolver infecção.

O formato do piercing varia com o local onde ele será colocado na boca, ou seja, se é na língua, no freio, na bochecha ou nos lábios. Os especialistas recomentam evitar as peças de aço revestido, que normalmente são coloridas. Estas joias podem descascar com o tempo e a tinta do material pode irritar o furo.

É importante que o piercing na boca seja feito com algum material cirúrgico. (Foto:Divulgação)

Os modelos de piercing de boca variam quanto ao design, mas normalmente possuem uma estrutura apropriada para perfurar a mucosa e transpassar, tanto a língua como os lábios. Somente o piercing dental não segue esta regra, afinal, ele é colado no dente.

Dicas para colocar piercing na boca

• Antes de colocar o piercing na boca, é importante verificar se o profissional escolhido tem qualificação para realizar o procedimento. O estúdio também precisa dispor de material esterilizado e de um ambiente que se enquadre nas normas da ANVISA;

• O piercing na língua e no freio (embaixo da língua) exigem cuidados redobrados. A pessoa precisa fazer uma limpeza adequada para o furo não infeccionar, sobretudo nos cinco dias depois da colocação;

• No período de cicatrização, é recomendado usar spray antisséptico no local do piercing e eliminar alguns alimentos fortes do cardápio, como ovo e carne de porco. O piercing na língua leva de quatro a seis semanas para cicatrizar, já o dos lábios demora de duas a seis semanas;

Piercing no freio do lábio. (Foto: Divulgação)

• Além de ser doloroso, o piercing oral pode resultar em uma série de problemas quando não é bem cuidado. Como a boca contém milhões de bactérias, o furo fica vulnerável às infecções. Dependendo da forma como o piercing é tratado, ele pode resultar em sangramento, mau hálito, cáries, inchaço, dentes danificados e ferimentos na gengiva;

• A higiene é quesito fundamental para quem tem piercing oral. Antes de mexer na joia com as mãos, é importante lavá-las com sabonete antisséptico. Para não traumatizar a mucosa, os especialistas recomendam não girar ou pressionar o piercing, principalmente no período de cicatrização.

Veja também: Piercing para língua – modelos, fotos

Piercing na boca: fotos

Confira fotos de piercing na boca:

Recomendado para você
Bem Estar

Top cropped: como fazer

Bem Estar

Cuidados ao se brincar de inimigo secreto

Bem Estar

Saiba quais são os tipos de autismo

Bem Estar

Simba Safari SP Localização, Horários, Preços

Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *