Você está em: MundoDasTribos > Notícias > Empregos > Perguntas feitas em entrevistas de emprego: cuidados

Perguntas feitas em entrevistas de emprego: cuidados

Por mais que o candidato seja bastante experiente e esteja muito confiante, na hora da entrevista de emprego, sempre rola ansiedade, medo, nervosismo e outras sensações ruins, que podem prejudicar seu bom desempenho e, consequentemente, sua contratação. Conheça aqui alguns cuidados com as perguntas em entrevistas de emprego e saia dela mais confiante de que você fez o melhor que pôde.

Evite ficar nervoso na hora da entrevista de emprego (Foto: divulgação)

Leia também: Entrevista de emprego: o que vestir.

Perguntas mais comuns em entrevistas de emprego

As perguntas mais comuns em entrevistas de emprego dizem respeito a como o profissional lida com pressões no trabalho, o porquê de ele ser contratado pela empresa, seus pontos fortes e fracos, seu objetivo na empresa, como ele se vê dentro de cinco ou 10 anos, como ele pode contribuir para o crescimento da empresa, e, suas contribuições e fracassos no último cargo exercido.

O mais importante ao responder a essas perguntas é manter a calma, olhar diretamente nos olhos do entrevistador, ser honesto e sincero, não mentir e, de preferência, dar exemplos para ilustrar as respostas, sem, no entanto, falar demais.

Olhe nos olhos do entrevistador e dê exemplos que ilustrem suas respostas (Foto: divulgação)

Veja também: Como se preparar para uma entrevista de emprego.

Perguntas em entrevistas de emprego: cuidados

Os cuidados necessários com as perguntas em entrevistas de emprego têm mais a ver com aquelas feitas justamente para desestabilizar a pessoa que está sendo entrevistada, por colocarem em cheque, muitas vezes, a real capacidade do candidato. Em algumas ocasiões, é perguntado por que ele se encontra há tanto tempo sem trabalhar, como ele tem se preparado para a vaga que está tentando alcançar, o que ele pensa a respeito do seu próprio entrevistador, etc.

Como, mais cedo ou mais tarde, as mentiras são descobertas, o melhor jeito é ser sempre verdadeiro e, desde já, buscar conhecer o funcionamento e a história das empresas para as quais você esteja pensando em se candidatar. Uma boa maneira de driblar o longo tempo sem trabalho é investir em cursos de qualificação profissional e de idiomas, os quais, além de tornarem você mais apto a conseguir sua colocação onde deseja, demonstram que você não está sem fazer nada enquanto segue em busca de emprego.

Faça cursos profissionalizantes e de idiomas para estar sempre atualizado no seu ramo de trabalho (Foto: divulgação)
Recomendado para você
Empregos

Lojas Americanas Trabalhe Conosco – Enviar Currículo

Empregos

Jornal Mais Empregos Curitiba

Empregos

Trabalhe Conosco Grupo JBS

Empregos

HSBC Trabalhe Conosco

Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *