Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Passeio de barco pelo Rio Amazonas

Passeio de barco pelo Rio Amazonas

Por Redacao

O dia a dia nas grandes cidades muitas vezes  torna-se estressante e monótono. Para sair um pouco da rotina um passeio de barco seria uma ótima escolha. No entanto, o passeio não seria em qualquer rio ou lagoa e sim no admirável e grandioso Rio Amazonas. Uma viagem para uma das maiores florestas do mundo para fazer um simples passeio de barco já é significado de aventura e conhecimento para muitos.

O Rio Amazonas traz grandes números, como por exemplo, ter o maior fluxo de água por vazão no mundo; ser o rio mais extenso do planeta com um comprimento de 6.992,02 Km e possuir mais de mil afluentes.

Uma viagem pelas correntezas dessas águas torna possível apreciar a biodiversidade do local,  proporcionando uma visão real da natureza e ao mesmo tempo bela. Conhecer um lugar com uma variedade enorme de peixes (mais de 2.100 espécies), com uma fauna e flora diversificada e exuberante é realmente um passeio impressionante e muito rico culturalmente.

Os passeios pelo maior rio do mundo se transformaram em visitas turísticas, existindo, hoje, variadas formas e estilos de se passear  pelo rio Amazonas. Existem tours de barco com cabina e em barco regional com acomodações em redes. Há também os cruzeiros que podem variar de preço de acordo com as acomodações e com as atividades oferecidas, como por exemplo: a pesca, passeio de canoa e visita a ilhas, entre outras atividades diferentes e muito exóticas.

As histórias regionais do folclore brasileiro fazem parte do  Rio Amazonas,como a Lenda do Boto Cor-de-rosa. De fato, o boto cor-de-rosa existe, mas dizem que nas noites de Festas Juninas um boto consegue se transformar em um lindo jovem vestido com roupas brancas e um chapéu branco para esconder o orifício em cima da cabeça. Durante a festa, o belo rapaz bebe e galanteia com as moças desacompanhadas, seduzindo e convencendo-as a fazer um passeio no fundo do rio, onde ele consegue engravidá-las. Depois o boto desaparece.

Essa lenda teve a produção de um filme no ano de 1987, sendo intitulado, “Ele, o Boto”. Existem muitas outras lendas que fazem parte do folclore brasileiro e que se encontram nas regiões ribeirinha amazonenses, quem fizer o passeio vai descobrir um pouco mais sobre elas.

Passear pelo rio Amazonas é, certamente, a oportunidade de apreciar a biodiversidade do local, com uma cultura riquíssima e histórias para deixar todos encantados, além de grandes aventuras e boas lembranças.

Recomendado para você
Bem Estar

Tratamento caseiro para gota

Bem Estar

Moda country feminina 2018

Bem Estar

Curso de Massoterapia RJ Preços, Escolas Técnicas

Bem Estar

Emagrecer com erva-mate

Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *