Menu
Você está em: MundoDasTribos > Notícias > Páscoa judaica: como é comemorada

Conheça os costumes, as tradições e os alimentos típicos da Páscoa Judaica para entender melhor o significado do Pessach.

Saiba tudo sobre a Páscoa judaica: como é comemorada. Nessa matéria, iremos explicar a origem da data para o povo judeu, qual o seu significado dentro do judaísmo e os costumes que estão relacionados à comemoração. A Páscoa Judaica não tem nada haver com a Páscoa Cristã.

Páscoa judaica: como é comemorada (Foto Divulgação: Pixabay)

Páscoa judaica: como é comemorada (Foto Divulgação: Pixabay)

Páscoa judaica: como é comemorada

A Páscoa Judaica, também conhecida como Pessach, é uma data que simboliza a liberdade do povo judeu. Diferente do cristianismo, ela não vai celebrar a ressurreição de Jesus Cristo, mas sim, comemorar o fim de um período de escravidão, no qual os israelenses ficaram a mercê dos egípcios. Veja aqui a Páscoa judaica: como é comemorada e o que envolve o ritual.

Veja também: Almoço de Páscoa: sugestões, dicas

A Páscoa judaica é comemorada em família (Foto Divulgação: Pixabay)

A Páscoa judaica é comemorada em família (Foto Divulgação: Pixabay)

Por que é comemorada a Páscoa judaica?

A primeira celebração da Páscoa Judaica ocorreu há 3500 anos, quando Deus enviou dez pragas para devastar o povo do Egito. Desta forma os hebreus comemoraram a libertação e o Faraó sofreu com os castigos divinos. O termo Pessach na verdade vem do hebraico e significa ‘passagem’, se referindo ao anjo da morte que puniu os egípcios e colocou ponto final no sofrimento dos judeus.

A Torah, livro sagrado do judaísmo, conta a história da libertação do povo judeu com mais detalhes e mostra a importância do Pessach para os adeptos a esta a esta religião. É importante ressaltar ainda que a páscoa judaica serviu de referência para que os cristãos criassem uma data comemorativa muito parecida, só que com outro significado e outros costumes.

A Páscoa Judaica é comemorada uma vez por ano entre os 15º e 23º dias de Nissan, equivalente a março ou abril no calendário tradicional (Foto Divulgação: Pixabay)

A Páscoa Judaica é comemorada uma vez por ano entre os 15º e 23º dias de Nissan, equivalente a março ou abril no calendário tradicional (Foto Divulgação: Pixabay)

Como comemorar a Páscoa Judaica?

A Páscoa Judaica é comemorada uma vez por ano entre os 15º e 23º dias de Nissan, equivalente a março ou abril no calendário tradicional. A data simboliza o renascimento do povo judeu e adquire um significado puramente religioso.

O Pessach é uma festa que envolve toda a família e sugere alguns costumes que ao longo do tempo foram assumindo contornos mais estáveis. Para comemorar a Páscoa, a casa precisa estar limpa e bem arrumada, além do que os familiares devem jejuar para relembrar as maldições do Egito que salvaram os hebreus.

Leia mais: Pratos típicos da Páscoa

Torah, livro sagrado do judaísmo (Foto Divulgação: Pixabay)

Torah, livro sagrado do judaísmo (Foto Divulgação: Pixabay)

Alimentos do Pessach

A noite da celebração é marcada por um cardápio típico, no qual cada alimento simboliza uma experiência que o povo judeu vivenciou no cativeiro dos egípcios. O item mais característico da ocasião é o Matzo, um tipo de pão que não possui fermento e representa a pressa da partida dos hebreus que foram escravizados. Durante o Pessach, é comum acontecer o consumo de pasta de amêndoa, cordeiro assado, grão de bico, ovos cozidos e erva marôr.

Com relação à sobremesa, os judeus costumam se servir de charôsset, um tipo de doce pastoso que tem como ingredientes nozes, amêndoas, tâmaras, canela e vinho. A celebração da Páscoa Judaica também requer um conjunto específico de talheres e outros utensílios para preparar a mesa do Seder de Pessach. Trata-se de um jantar cerimonial repleto de simbologia para comemorar a Páscoa.

É importante que você conheça a respeito da páscoa judaica: como é comemorada. Dessa forma, é possível perceber que diferentes povos celebram a data, mas nem sempre pelos mesmos motivos. As tradições também mudam de uma cultura para a outra

 


Recomendados para você:

RECEBA OS ARTIGOS VIA EMAIL