Menu

Mulher

Atualizado em 17 de maio de 2012, às 9:07 por Analu
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Os principais contraceptivos não orais

Os anticoncepcionais orais e a camisinha são dois dos métodos contraceptivos mais conhecidos. Entretanto, o que muita gente não sabe é que existem inúmeras outras opções para evitar uma gestação.
448025 injecao anticoncepcional Os principais contraceptivos não oraisOs anticoncepcionais injetáveis são rápidos e eficientes

O método anticoncepcional, também chamado de contraceptivo, é o conjunto de fatores que envolvem atitudes, medicamentos e dispositivos intrauterinos usados para evitar uma gestação. É uma maneira muito eficiente de se tentar alcançar um nível adequado de planejamento familiar na população, minimizar problemas sociais e de saúde.

Veja também: Dicas sobre métodos anticoncepcionais

Os anticoncepcionais orais e a camisinha são dois dos métodos contraceptivos mais conhecidos. Entretanto, o que muita gente não sabe é que existem inúmeras outras opções para evitar uma gestação. Confira as principais:

Métodos comportamentais

Os principais representantes dessa categoria de métodos anticoncepcionais são a tabelinha, o método da temperatura basal, o método do muco cervical e o método sintotérmico, que nada mais são do que medidas comportamentais onde a mulher faz uma ideia dos dias em que estará fértil e evita manter relação sexual durante este período.

A eficácia dessas práticas não é totalmente segura, uma vez que os métodos não são sensíveis o suficiente para definir com total certeza a data exata da menstruação, bem como outros fatores podem facilmente influenciar a situação negativamente.

448025 adesivo anticoncepcional 20111020 size 598 Os principais contraceptivos não oraisOs adesivos transdérmicos são excelentes opções

O coito interrompido é uma prática comportamental bastante comum, especialmente entre o público jovem que opta pelo sexo desprotegido, e consiste em retirar o pênis de dentro da vagina nos segundos que antecedem a ejaculação. Essa prática merece um destaque especial uma vez que é pouquíssimo eficaz, apesar de contar com a confiança de um número cada vez crescente de pacientes.

Métodos de barreira

A camisinha masculina e feminina estão entre os métodos contraceptivos preferidos e mais indicados pela grande maioria dos médicos, uma vez que, além de prevenir uma gestação indesejada, ainda se mostra muito eficaz no combate de doenças sexualmente transmissíveis e que podem trazer sérias complicações para as mulheres.

Outros métodos de barreira, como o diafragma e o DIU de cobre, são bastante eficientes, porém não conferem proteção extra, como é no caso dos produtos anteriormente citados.

Métodos hormonais

Apesar do uso de anticoncepcionais orais ser o tratamento hormonal mais comum, existem outras formas de se fazer uso dos hormônios, que “congelam” o ciclo ovariano. Podem ser:

Veja também: Pílula anticoncepcional: restrições

  • Implante subdérmico, onde pequenas cápsulas ou hastes de plástico, capazes de liberar os hormônios progestógenos, e interromper o ciclo;
  • Adesivo transdérmico: consiste num fino e discreto adesivo, que é aplicado sobre a pele, onde libera os hormônios que influenciarão sobre a ovulação.
  • Anticoncepcionais injetáveis: com formulação muito semelhante aos contraceptivos orais, a vantagem desse método é não é necessário ter um cuidado diário com a medicação.

Veja também: Benefícios dos anticoncepcionais injetáveis

448025 Camisinha2 Os principais contraceptivos não oraisA camisinha é o método de barreira mais popular

Vale a pena ressaltar que a escolha do anticoncepcional deve ser uma decisão conjunta entre o médico e a paciente e qualquer dúvida que apareça, especialmente durante as primeiras menstruações (menarca), merece uma atenção especial e por isso é recomendado uma visita ao ginecologista.