Menu

Notícias

Atualizado em 25 de janeiro de 2012, às 20:55 por Marília F. Silva
Você está em: MundoDasTribos > Notícias > Os países mais empreendedores do mundo

Economias em desenvolvimento se enfatizam em levantamento do Global Entrepreneurship Monitor; pesquisa avaliou o nível de novos negócios.

Quatrocentos milhões de indivíduos em 54 nações trabalham como empreendedores, de acordo com um última publicação do balanço do Global Entrepreneurship Monitor, preparado pela Babson College. O levantamento aponta que após vários anos de queda o empreendedorismo voltou novamente a crescer e mais pessoas tem aberto empresas.

Chile, Argentina e China apresentaram  um desenvolvimento muito acima da média na porcentagem de atividade empreendedora iniciante. Nos países desenvolvidos, a porcentagem de startups cresceu 22% no ano passado, em particular na Austrália e nos EUA. O estudo entrevistou 140 mil pessoas em 54 países.

Dos 400 milhões de empreendedores, 35% almeja criar cinco novos empregos nos próximos cinco anos. O levantamento mostrou que a finalidade de abrir uma empresa é maior nos países desenvolvidos, onde as pessoas possuem mais disposição de notar oportunidades e confiam no próprio potencial. Brasil, China e Chile aparecem com níveis mais altos nesse ponto. Em nações emergentes, mais de 50% das empresas cerradas foi devido à falta de lucro e de investimento.

Entre todos os empreendedores, 163 milhões são mulheres, 165 milhões possuem entre 18 e 25 anos, 69 milhões são avaliados como inovadores e 18 milhões já realizam transações internacionais. Nações pouco populosas e com regiões muito amplas tendem a internacionalizar menos, como é o caso da Argentina, Brasil, China e Rússia.

Negócios destinados ao mercado consumidor e indústria são maioria entre os emergentes. Dinamarca, Peru, Chile, África e Polônia possuem as maiores porcentagens de empreendedores inovadores.

Confira abaixo o ranking dos países mais empreendedores:

RECEBA OS ARTIGOS VIA EMAIL

Ao subscrever nossa newsletter, passar receber nossos artigos por email e informações sobre os nossos passatempos. É gratuito e sem spam.