Menu
Você está em: MundoDasTribos > Notícias > O que pode bloquear o seguro desemprego

A recusa em participar de cursos gratuitos oferecidos pelo Ministério do Trabalho e a comprovação de fraudes para requerer o seguro-desemprego são alguns dos motivos que podem levar ao bloqueio do benefício.

O Seguro-Desemprego é um benefício concedido aos trabalhadores demitidos sem justa causa, com o objetivo de ajudá-los financeiramente, de forma temporária. Um dos mais importantes direitos dos trabalhadores de todo o Brasil, ele é pago de três a cinco parcelas, com os valores variando conforme o caso.

O Seguro-Desemprego é um direito de todo trabalhador demitido sem justa causa e que se encaixe em alguns pré-requisitos (Foto: Divulgação)

O Seguro-Desemprego é um direito de todo trabalhador demitido sem justa causa e que se encaixe em alguns pré-requisitos (Foto: Divulgação)

O que pode bloquear o seguro desemprego

Quem tem Direito ao Seguro Desemprego?

O benefício destina-se aos trabalhadores dispensados sem justa causa e que cumpram alguns requisitos, como estar desempregado no momento da solicitação; ter recebido salários consecutivos nos seis meses anteriores à data de demissão; e ter sido empregado de pessoa jurídica por pelo menos seis meses, nos últimos três anos, entre outros.

Em 2012, algumas mudanças foram implantadas nas regras para requerer o seguro-desemprego. A principal delas diz respeito à obrigação da matrícula em cursos de qualificação profissional gratuitos, do trabalhador que solicitar o benefício três vezes ou mais em um período de 10 anos.

Caso o trabalhador se recuse a fazer o curso ou não compareça às aulas, o benefício pode ter o pagamento suspenso ou bloqueado. Além desse, há também outros motivos que podem levar ao bloqueio do seguro-desemprego.

Conheça as Novas Regras para o seguro-desemprego – quais são

Os requerentes do benefício que se recusarem a participar dos cursos oferecidos pelo Ministério do Trabalho podem ter o seguro-desemprego bloqueado (Foto: Divulgação)

Os requerentes do benefício que se recusarem a participar dos cursos oferecidos pelo Ministério do Trabalho podem ter o seguro-desemprego bloqueado (Foto: Divulgação)

Motivos que podem levar ao bloqueio do seguro desemprego

– Recusar-se a participar dos cursos de formação profissional oferecidos pelo Ministério do Trabalho, exceto nos casos em que não haja curso na cidade de origem ou se a oportunidade não se adequar ao perfil e escolaridade do trabalhador;

– Não aceitar, sem justificativa, vaga de trabalho disponibilizada durante o requerimento do benefício, condizente com sua formação e faixa salarial, baseadas no emprego anterior;

– Comprovação de falsidade nas informações prestadas para solicitar o benefício;

– Comprovação de fraude, visando ao recebimento do seguro-desemprego;

– Morte do segurado;

– Falhas na digitação dos dados no sistema do Ministério do Trabalho.

Saiba mais: Seguro-desemprego – quem tem direito, parcelas, consulta

Os trabalhadores que tiverem o benefício bloqueado devem procurar o Ministério do Trabalho (Foto: Divulgação)

Os trabalhadores que tiverem o benefício bloqueado devem procurar o Ministério do Trabalho (Foto: Divulgação)

Como desbloquear o seguro desemprego

Caso o trabalhador tenha o pagamento do seu seguro-desemprego bloqueado, a primeira atitude que deve tomar é entrar em contato com o Ministério do Trabalho, para saber qual foi o motivo que levou ao bloqueio do benefício.

O contato com o órgão pode ser feito pessoalmente, através do site portal.mte.gov.br/portal-mte, clicando na seção de Seguro-Desemprego, ou por meio do telefone 0800-726-0207.

A partir do contato, todas as informações deverão ser prestadas para o trabalhador, incluindo os procedimentos para o desbloqueio do seguro-desemprego.


RECEBA OS ARTIGOS VIA EMAIL