Menu

Saúde

Atualizado em 9 de março de 2008, às 13:33
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > O que Fazer Quando a Criança está com Febre

crianca com febre O que Fazer Quando a Criança está com Febre

A febre tem duas funções importantes: avisar que algo não vai bem e contribuir para a dinâmica do sistema imunológico, porque ativa os anticorpos na defesa do organismo.

Mas, esse sinal de alerta é interpretado pelos pais na maioria das vezes como inimigo e não aliado no restabelecimento da saúde. A idéia de que atacando a febre controla-se o problema, além do medo da convulsão, fazem com que os pais ajam de maneira errada com o sintoma. Contribuindo para o atraso do diagnóstico.

A febre é um sintoma que pode acompanhar tanto doenças que não são muito graves como aquelas que são. “Entre as doenças virais que podem se manifestar com a febre estão: o resfriado comum, a gripe e as diarréias. São manifestações de curta duração e pequena gravidade se abordadas adequadamente. A maioria de cura espontânea”, segundo o diretor médico do Prontobaby – Hospital da Criança, o pediatra Guilherme Sargentelli, do Rio de Janeiro. Outras, como a meningite, que são graves exigem diagnóstico e tratamento urgentes, pois ,podem deixar seqüela, finaliza.

Segundo o médico citado acima, atitudes como deixar a criança muito tempo no sol, ou agasalhar demais o bebê, pode resultar em um estado febril. “Nestes casos, basta tirar o excesso de roupa da criança e deixá-la abrigada do sol para que se restabeleça a temperatura normal”, orienta.

Convulsão febril

Coordenadora da emergência do Prontobaby – Hospital da Criança, a pediatra Carla Reis Lucas diz que o medo de convulsão causada pela febre alta é exagerado. “Ao contrário do que os pais pensam, a causa não é apenas temperatura alta, mas sim a velocidade com que ela se eleva”, diz a médica.

Segundo o pediatra Guilherme Sargentelli, a convulsão febril acomete apenas de 2% a 5% das crianças de 5 meses a 5 anos de idades. “É uma doença benigna, que não deixa seqüela”, tranqüiliza.

O que fazer no caso de febre

  • São indicados para baixar a febre banhos com água na temperatura ambiente. Pois, facilitam a troca de calor contribuindo para a queda da temperatura. Deixe a criança na banheira por cerca de 10 minutos;
  • As compressas de água fria, aplicadas na cabeça, axilas e virilha também pode ser de grande ajuda;
  • Procure deixar o ambiente arejado, evitando-se, a exposição desnecessária ao frio;
  • Qualquer medicamento deve ser utilizado com orientação médica;
  • Procure fazer a criança se alimentar, mas não a force, pois pode resultar em vômitos e mal-estar;
  • Preste atenção à hidratação, ela é fundamental visto que a febre provoca a perda de liquido pela transpiração;
  • Quando a criança está com febre não devem ser encaminhadas aos berçários, creches e escolas. Isto evitará a transmissão de doença contagiosa ainda não diagnosticada e é um sinal de respeito ao próximo.

O que fazer durante a convulsão febril

  • É necessário que se tenha calma para que se possa ajudar;
  • Deixar a criança é a deitada é importante, pois ajuda e evitar quedas e traumas;
  • Mantenha os braços e pernas da crianças livres;
  • Afrouxe as roupas apertadas e proteja a cabeça da criança com a mão, roupa ou travesseiro;
  • Esteja atento a todos os detalhes durante a crise, para que possa relatá-los ao médico;
  • Procure um médico de imediato para investigação das possíveis causas da convulsão;
  • Não dê banho nem use compressas com álcool para tentar baixar a febre durante a convulsão;
  • Não tente medicar a criança neste momento, o que poderá resultar em engasgos ou ferimentos.
Conteúdo avaliado com média:
A categoria Saúde do portal Mundodastribos.com é um espaço informativo de divulgação e educação sobre os temas relacionados à saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento, sem antes consultar um profissional de saúde.